15 de agosto de 2011

ASAS DA VIDA


                                                          

                                     Meus pés não têm asas
                                     E não precisam delas
                                     Seguem, simplesmente,
                                     Ora, rápidos,
                                     Ora, lentamente.
                                     Que importância representa
                                     A forma de andar? Nenhuma!
                                     O importante é chegar,
                                     Sabendo que, em algum momento,
                                     Haverá a necessidade de descansar,
                                     Parada passageira
                                     Para quem tem muito a caminhar


                                                     

                              Minhas mãos também não têm asas
                              Mas sua dança é constante,
                              Ora fazem carinhos e constroem ninhos
                              Ora se movem devagar, sem gosto,
                              Para sinalizar um adeus.

                              Bordam a vida, remendam as despedidas,
                              Apoiam quem tropeça
                              E se unem na prece
                              Quando na jornada
                              Nada mais parece florescer.


                                                  
                                  E aí plantam, replantam
                                  Tiram ervas daninhas e deixam os espinhos
                                  Pois fazem parte de todos os caminhos
                                  E não os devemos temer


                                  Meu espírito, ah, meu espírito!
                                  Este, sim, não tem asas mas precisa voar .
                                  Vai aos mundos distantes
                                  Às pessoas ausentes, ou carentes,
                                  Aos lugares marcados
                                  Muitas vezes sonhados,
                                  Sem pedir licença ou autorização,
                                  Pois segue, tão somente, 
                                  O coração.


                                                         

                                 Voa como as borboletas
                                 Ninfetas da natureza
                                 Segue pássaros em revoada
                                 Sobre mares e montanhas
                                 Sempre em busca do desconhecido
                                 E sem se sentir perdido


                                 Não há muros que o possam deter
                                 Nem armas que o possam ferir
                                 É companheiro indispensável no viver
                                 E sem ele não há como existir


                                        

                                 Voa, espírito meu,
                                 Com as invisíveis asas que Deus lhe deu!


                                                             (Marilene)


Imagens tiradas da internet . Se, inadvetidamente, estiver ferindo direitos, gentileza comunicar, para imediata correção.

40 comentários:

  1. Cheguei primeiro pra ler essa linda e tão legal poesia!beijos,chica e ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Marilene, que perfeito essa tua poesia! Pés que trilham o caminho sereno com seus descansos e pressas. Mãos que ora acenam adeus e outras oram a Deus. E u espírito livre e solto, onde a alma tem refrigério.
    Beijokas doces!

    ResponderExcluir
  3. Boa noite preciosa amiga! Vim conferir suas pérolas de publicações e lhe desejar uma semana serena de amor e paz. Abraço com carinho. Lou Moonrise.

    ResponderExcluir
  4. Marilene,
    A Marly expressou os focos marcantes de seu belo poema.
    Se asas tivessem nosso espírito, seriam as asas
    da liberdade plena. As asas que nos transportam para o mundo dos sonhos e que nos levam onde nosso coração deseja e pede.
    Lindo demais!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi minha flor passando pra desejar uma ótima semana, dias lindos de sol, doces como tu, beijos meus, muita luz e paz sempre...

    Lindo lindo todo por aqui como sempre

    ResponderExcluir
  6. Mariiiiii que lindo... Essas asas dos sonhos é que nos eleva o espírito...
    Bjs amiga e uma linda semana pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Mas eu gosto das tuas asas poéticas...
    Querida amiga Marilene, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Lindo lindo!
    Asas ao espírito e um vôo à imaginação.
    Quem não sabe voar, que fique ao chão.rs
    Gostei muito!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  9. .


    Insista, criança. Não desista de comentar
    na minha página. Eu preciso sabê-la bem
    perto.

    Beijos,

    silvioafonso














    .

    ResponderExcluir
  10. Ei Marilene!
    Meus pés tb não tem asas, mas já a minha alma....
    Que sua semana seja de paz.
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  11. Lindas poesias...lugar mágico!!!
    Li também sua poesia com o título, Alma Cigana, adoreiiii...PARABÉNS!!!

    Muita Luz!!!

    ResponderExcluir
  12. Ah! Marilene, caminhei com teus passos, me envolvi com tuas mãos e voei com teu espírito.Foi lindo! escreves maravilhosamente.Pura sensibilidade.Adorei.Bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
  13. Boa noite, os pés e as mãos, partes especiais do corpo que devemos cuidar com carinho e atenção...belo adorei..bjin

    ResponderExcluir
  14. Lindo poema.
    Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  15. Mari do Céu, donde sai tanta coisa linda? Nossa, to emocionada com essa "insustentável leveza do ser".

    Poseia pura, digna, clara, límpida, brilhante e acolhedora.

    P E R F E I T A!!!

    Bjs bjs e bjs

    Obg por nos agraciar com tão linda poesia

    ResponderExcluir
  16. Marilene, nós não temos asas, porém voamos alto e livre por meio dos sonhos e das asas da imaginação.
    Penso que se fôssemos alados, voar perderia a graça.

    Nossos pés tem um ritmo muito mais constante do que muitos voos, mas foram feitos para ficarem no chão. Veja o caso de Ícaro, que colou asas nos pés, todavia acabou em tragédia.

    Você têm razão quando assevera que não precisamos de asas, pois precisamos manter os pés no chão.

    Seu poema foi engendrado com grande maestria.

    Parabéns pelo alumbramento e pelo grande talento!

    Abraço do novo amigo!

    ResponderExcluir
  17. Borboletas espirituais e sensíveis, versos e visões, meditações... Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  18. Que lindo! Me deu vontade de voar. Beijos. Au revoir.

    ResponderExcluir
  19. Mari do meu core, nosso espírito tem asas que nos levam a lugares que nem nós conhecemos, ando desconfiada que vc tem asas no coração que nos fazem voar com suas palavras pra um lugar diferente a cada post!!!

    As irmãs lindoninhas estão brincando de trocar de fotos pra deixar a gente babando aqui?? Adoro olhar as fotos das pessoas queridas da blogosfera, me pego imaginando como é a voz das pessoas e o jeito de andar!!!


    *Amanhã vou lá no seu Diário Feminino, pois minha cabecinha tá doendo de sono já, to meio atrasada hj pq o dia foi complicado aqui, cheio de pepinos pra descascar, mas todos bem descascados, graças a Deus! :)

    bjokitas com master carinho meu!!

    ResponderExcluir
  20. Show de bola,belas ftos,palavras e o design esta maravilhoso.vlwlw!

    ResponderExcluir
  21. OLá! Vim retribuir a agradecer a visita. Volto depois para conhecer seus blogs e comentar posts.
    Não vi opção de seguir seu outro blog.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  22. Sao essas mesmas asas que nos levam junto nesses voos poéticos e magistrais, em que nos transporta pra vários cenários.
    Suas poesias sao assim, sempre me fazem levitar.
    Lindo, Mari!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Bom dia,Marilene!!!

    Que maravilhosa sensibilidade!!!Uma poesia repleta de espiritualidade!!!Adorei cada verso!!!
    Que nossas asas possam sempre nos levar para bons caminho!!!
    Beijos pra ti!!
    Tenha um lindo dia!!

    ResponderExcluir
  24. Boa tarde! Mar+ilene.
    Nunca duvidei da ausência de asas em teus pés, pois tua sensibilidade posta em versos voa pousada nas sensações, sentimentos e pensamentos.
    Acho tão lindo esse teu poetizar espontâneo.
    Uma terça de muita paz para você!

    ResponderExcluir
  25. Mari
    Indescritíveis surpresas a gente vai tendo a cada verso que vai lendo, ficando sem fôlego ao chegar na apoteose que é o vôo do seu espírito, somente com as asas invisíveis que Deus lhe deu! Belíiiiiissmo poema! Excelente mesmo foi voar nas asas dessa sua poesia tão magicamente linda.
    Bjkas no seu core!Amo seus poemas, nos fazem literalmente levitar!!

    ResponderExcluir
  26. Oi querida Marilene

    Meu espirito também tem asas e voa sempre pra esse cantinho tão especial que é seu blog.

    Obrigada pelas palavras de carinho deixadas no meu.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  27. Boa tarde.Passeando por aí, conheco o teu blog que simplesmente é maravilhoso, e tua poesia magnífica.
    O nosso espírito de fato tem de voar, conhecer outras almas que precisem da nossa ajuda, aprender com outras experiências, e respirar!
    Você foi absolutamente completa na sua poesia que muito me agradou.
    Tenha uma semana abençoada e feliz!
    Um beijo grande, e tudo de bom!Parabéns!!

    ResponderExcluir
  28. OI MARILENE!!!
    O ESPIRITO, É COMO O PENSAMENTO, LIVRE. NÃO HÁ PRISÕES, CELAS, PARA O ESPIRITO. EXCELENTE POEMA.VOEI COM TEUSD ESCRITOS. TEM UM RESTO DE DIA, BOM.BEIJOS, DESTE LADO DO MAR...

    ResponderExcluir
  29. não precisa asas para voar se a alma as ganha ao pulsar de um coração que se alimenta de uma mente aberta e sã?
    - eu voei, fui... sem tirar o pé do chão!
    gostei e muito.
    demorei a chegar e agradecer a tua simpática visita, mas cá estou para desejar que a "pena" acompanhe na escrita, a nascente desse espírito cristalino.

    kandandos e Ubunto em todos vós.

    ResponderExcluir
  30. Mesmo sem asas, o espírito tem a força da luz e do pensamento para voar até aos confins da eternidade...
    Gostei muito do teu poema.

    Abraço

    Runa

    ResponderExcluir
  31. Pra que asas se podemos voar com nosso espirito???

    Seu poema é de um litismo impressionate.
    Vc escreve com a alma..transparece em cada frase
    colocada..

    Um bj

    Ma

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. Basta-me um pequeno gesto,
    feito de longe e de leve,
    para que venhas comigo
    e eu para sempre te leve...

    Cecília Meireles

    Beijos poéticos......M@ria

    ResponderExcluir
  34. M ergulhei em tuas asas
    A vida delas alçava voos
    R imados de poesia
    I nspirada em tua alma
    L enitiva de sentimentos
    E ntre estrofes pousava tuas asas
    N a plenitude do teu
    E xistir!... Regilene

    ResponderExcluir
  35. Que Deus nos de a sabedoria para descobrir o correto, a vontade para elegê-lo e a força para fazer que seja duradouro.
    Continue assim lindaaa
    bj

    ResponderExcluir
  36. Oi..Marilene, boa noite!
    ...como comentou do meu card...(fiz um pra voce e outro pra Marly) Apenas com parte do seu texto...quase uma frase, não daria todo ele. (mas foi com carinho e tb aproveitei que estou aprendendo e decidi presenteá-las) Prefiro assim sem precisar responder nada. Então fiz, é um cartão viu! Beijos
    aki está o endereço no blog:
    Fica lá em presentes:
    http://kantinhodenil.blogspot.com/p/cartao-para-amigos.html

    ResponderExcluir
  37. Como diz Saramago o mais belo é nascer sem asas e faze-las crescer, e você as fez Mari.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  38. não ter asas nos pés mas todas as portas por-alcançar. assim se faz o caminho; assim se faz o próprio homem.
    beijos, querida amiga!

    ResponderExcluir
  39. Menina linda!
    Mudou o visual...ficou mais bonita...cheia de encantos mil...e na escrita arraza,nos deixa delirando cada frase escrita...vc é divina...
    Bjssssssssssssss

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...