29 de setembro de 2011

INSÔNIA

                                                           

                                Olho através da janela aberta,
                                Desperta
                                Meus pensamentos voam,
                                Sem festa
                                Procuro as flores
                                Totalmente desconexa,
                                A escuridão da noite
                                Esconde a primavera


                               O céu é breu
                               Procuro o azul...  sumiu
                               Estrelas? No sono da madrugada,
                               Escondidas
                               Algumas luzes ao longe,
                               Vida?
                               Ou a insônia temida?


                                                              

                                Não há ruído de vozes
                                Agora, não seriam algozes.
                                Há pássaros conversando,
                                Onde estarão?
                                Seus segredos são juras de amor?
                                Ou seria o beija-flor, na angústia,
                                Por não poder divisar, na noite,
                                A sua amada flor?


                                                  

                                 Canta o galo, fora de hora
                                 Ainda não se apresenta a aurora
                                 Até as sombras se foram,
                                 Também descansam


                                 E enquanto dorme a esperança
                                 Na noite de solidão
                                 Tenho como companhia
                                 As batidas do coração


                                                                 (Marilene)

Imagens tiradas da internet . Se, inadvetidamente, estiver ferindo direitos, gentileza comunicar, para imediata correção.
 
Não sei o que está acontecendo. Estou com dificuldades para deixar comentários em alguns blogs. Quando clico em postar, o texto some.

31 comentários:

  1. Marilene, querida.
    Muito bom, fizeste uma poema sobre minha velha conhecida, senhora Insônia, mulher que acorda à noite, para espreitar as estrelas e vê-las dormir, dependuradas no Céu.
    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia querida!Que maneira poética e linda tivestes para descrever momentos fragmentados da insônia!Só este teu coração de poeta para exprimir o sentimento da solidão noturna com palavras tão belas.
    "E enquanto dorme a esperança
    Na noite de solidão
    Tenho como companhia
    as batidas do coração."
    Não digo que somos loucos sonhadores?Mas vamos continuar a nossa loucura literária e ser felizes.Amei! Bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
  3. Noite de insónia, quando a lua e as estrelas são as companheiras de nossos pensamentos.

    Quantas vezes...
    beijos amiga
    oa.s

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Marilene!
    ontem eu ardi os olhos nos livros, precisava estudar para uma prova daqui a pouco.
    Mas precisava vir agradecer tuas palavras, elas ricamente tão cheias de carinho.

    Diante de teu poema me ponho encantada!
    Tens o manejo belo com as palavras, elas se encaixam lindamente.

    Um beijinho com carinho.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Great site and nice design. Such interesting sites are really worth comment. Definitely following! :)

    Many times Photographers have to wait hours to just take that perfect photo shot and only once in a while they get lucky enough to get there right shot ...
    Take a look here Photos taken at right

    ResponderExcluir
  7. Durante a insonia tantos pensamentos surgem, tantos versos nascem, tanta coisa fervilha no coração....beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  8. Olá Marilene, graças a Deus não tenho insônia...mas durmo tarde e acordo cedinho...5 horas de sono intenso para mim é suficiente!!

    Amei seu texto!!!
    P.S: O Blogger anda cheio de probleminhas..aff...vamos ver este vento passar...

    Beijinhos Querida!!
    Muita Luz!!!

    ResponderExcluir
  9. ...dias de insônias e solidão que arrazam o coração é uma espera do sono chegar e ele não vem...sei bem como é isso...adorei postagem, bjs querida e tenha um bom dia!!!

    ResponderExcluir
  10. Eh,Marilene,um poeta mesmo na solidão e na maioria das vezes é nela que encontra a sua inspiração,bela poesia,abraço carinhoso!!!

    ResponderExcluir
  11. Teu coraçáo eterno companheiro...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  12. Amiga Marilene, benditos poetas, que extraem limonadas dos limões!
    Eu não posso falar muito de insônia por falta de conhecimento de causa. Tive dificuldade com a falta de sono em raríssimas ocasiões.
    Um grande abraço. Tenhas uma linda tarde.

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde, Marilene.Esses momentos insones nos fazem pensar em tantas coisas, tantos segundos a nos rodear, a nos entristecer, esperando que os nossos olhos encontrem o calor do sono, da paz, sem receios.
    Seu coração poderá viver momentos assim,de solidão, mas você o completa com a sua arte que ofusca toda a tristeza que teima em existrir!
    Um beijo grande, e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  14. Olá,Marilene!!

    Só assim para a insonia ficar linda!!
    Belíssima poesia!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  15. Um lindo Poema para definir as noites de insónia !É muitas vezes nas noites de insónia que os poetas encontram fonte de inspiração para a sua Poesia!

    ResponderExcluir
  16. Muito bonito, como sempre nos surpreendedo com suas lindas poesias, beijos

    ResponderExcluir
  17. Querida Amiga
    Abraço amigo de muito boa tarde!
    Hoje vim agradecer a sua carinhosa presença lá no meu cantinho através de seus carinhosos comentários!
    Pois;
    Amizade é um laço fraterno que vai se conquistando pouco a pouco.
    Amizade é um elo de Amor que vai se fortalecendo dia apôs dia.
    Amizade requer uma sabedoria toda própria, para que ela cresça e amadureça.
    Amizade é um sentimento de Amor que é perseverante nela mesma.
    O que seria de nós sem este elo de Amor!
    A amizade
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  18. MARILENE,
    Você traduziu com encantamento uma noite de insônia.
    Como uma noite tão triste pode ficar tão bela em versos?

    Marcou-me o último verso:

    " E enquanto dorme a esperança
    Na noite de solidão
    Tenho como companhia
    As batidas do coração"

    Muito belo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. As flores não dormem, vigiam os canteiros... Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Fazer da noite companhia, berço de poesia fluida que ressalta seu caminhar da luz à escuridão e dela ao clarear;isso é façanha tua Mari-poeta do luar!
    Bjos mil,
    Calu

    ResponderExcluir
  21. Olá amada!
    Vim te deixar um beijinho.
    Saiu tudo bem na prova, obrigada!

    Beijinho linda.

    ResponderExcluir
  22. Sempre gostei de sua forma de postar. Sua poesia tem uma beleza que me encanta. Sim a INSÔNIA, chega sem avisar, com elas vem pensamentos conflitantes e sempre o medo a nos rondar. Quando o dia vem a raiar, com sua beleza a encantar os pavores vão embora junto com a insônia seu par. Bjos, amei.

    ResponderExcluir
  23. Lindo Mari. A insônia me pega se eu deixar os problemas me dominarem, faz tempo que não faço isso. Optei por ser feliz e ponto! rsrs
    Vc é incrível amiga.
    bjokitas recheadas de afeto :)

    ResponderExcluir
  24. Oi minha linda!
    Vc trouxe um tema atual que quase todo mundo hj está vivenciando...
    Muito me encanta seus temas do qual me deixa sempre a pensar...
    bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir
  25. Momento em que aproveitas para o pleno exercício da criação, Marilene!
    Apesar da demora da passagem do tempo, sempre se aprende e se apreende algo nessa madrugada cúmplice da sua poesia!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  26. Belíssimo poema querida! Preço alto da poetiza, mas...Bendita isônia a produzir pérolas. Agradeço suas visita e suas palavras, sim, as peças são minhas. Beijos mil! A.

    ResponderExcluir
  27. Oi, Marilene. Que belo versos! A insônia que é o pavor das noites,ficou mais leve, linda. Muito me encanta seus belos versos! Obrigada pelo seu carinho e generosidade sempre. Bjos com carinho!!

    ResponderExcluir
  28. Marilene

    Seja como for, a noite é boa conselheira. A insónia pode levar a imaginar um bonito poema como o presente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Terrivel momento em que as coisas perdem os sentidos e se desencontram,zumbis povoam a noite e deixa a alma perto do aflito.Mas aqui ela inspira um lindo poema para todos os desencontros com arte e elegancia e fica até bom viver nesta insonia.
    Um abraço terno amiga.
    Bju.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...