18 de setembro de 2011

O PÁSSARO E A FLOR

                                                             


                              Diz a flor:
                              Devo minha vida a momentos de dor.
                              E o pássaro que a rodeava,
                              Aos beijos, conhecendo sua natural função,
                              Nada conseguia entender,
                              Sabia que a sementinha  germinaria
                              Sabia que o solo a receberia com carinho,
                              Para a reprodução


                             Repete a flor:
                             Devo minha vida a momentos de dor.
                             E aquela cena encantada
                             Para os olhos de quem passava
                             Era uma confissão inaudível
                             Aos ouvidos humanos,
                             Trazia a verdade,
                             O reconhecimento sempre mudo
                             De que ela um dia nasceu
                             Só porque alguém sofreu


                                            

                             Diz, então , ao beija-flor:
                             A terra árida não me queria acolher,
                             Enquanto semente,
                             Não era a estação apropriada.
                             Eu vi que estava condenada
                             Perdia a chance da vida
                             Por falta de água e de amor.


                             Mas para esconder sua dor, ele chegou
                             Ajoelhou-se no solo frio e chorou...
                             Dia após dia, a cena se repetiu
                             Até que um dia, partiu.


                                                                

                             Nem imaginou que suas sentidas lágrimas,
                             Pelo solo absorvidas com sofreguidão
                             Deixaram-no preparado para a minha chegada
                             E me deram a vida,
                             Tão amada !


                                                (Marilene)


Imagens tiradas da internet . Se, inadvetidamente, estiver ferindo direitos, gentileza comunicar, para imediata correção.

33 comentários:

  1. Super inspirada amiga!
    Belíssimo!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  2. Marilene, a veces nos toca ser flores, y otras, somos pájaros o abejas que vuelan y revolotean.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  3. Um lindo poema, Um momento de tristeza que salvou o encanto da flor.Beijos

    ResponderExcluir
  4. No momento exacto a Flor encontra o Pássaro!

    ResponderExcluir
  5. Um poema complexo, para se entender de pássaros e flores é preciso algum romantismo pela terra. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  6. Amiga Marilene, ainda que haja um pouco de tristeza no teu belo poema, a flor e o pássaro surge num momento muito apropriado, ou seja, à entrada da primavera.
    Um grande abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
  7. Bom domingo amiga querida!
    Suas escritas nos eleva tanto que ficamos inspiradas com o desejo de ler mais do que nos apresenta...
    Seu poetar é de uma sensibilidade impar...poema cheio de mistérios...a flor...o pássaro...
    bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir
  8. Querida, Marilene. Só posso dizer! Belissimo poema! Quanta beleza e inspiração. São versos que emociona! Bjos com carinho e obrigada sempre.

    ResponderExcluir
  9. Mari, minha querida, saudades de tu!!!
    A flor sempre nasce depois das lágrimas.
    Eu tenho fascínio por flor, e um poema escrito por ti com flor me deixa toda encantada.

    Como eu adoro vc!!!!

    Linda semana pra ti, bjokitas mil :)

    ResponderExcluir
  10. Vim ler suas palavras com merecidos elogios porque de tão criativas nos faz sentir viajando na sua imaginação. Votos de uma semana cheia de alegria, paz e amor. Abraço com carinho de sua seguidora e amiga Lou Moonrise.

    ResponderExcluir
  11. Aplausos!!!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Cristina, não consegui localizar seu endereço, para manter contato.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Marilene

    Digamos que o pássaro a flor estabelecem uma amizade de amor e beleza. Instituem o amor pelo permanente equilíbrio da natureza.
    O poema é bem conseguido e tem esse aspecto ecológico.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Bom dia,Marilene!!

    Que poesia sensível e delicada!!E quantas reflexões nos instiga! Mesmo nos momentos de dor, e tristeza, o amor pode sempre brotar e nascer...
    Belíssimo querida!!
    Beijos pra ti!Bom início de semana!
    **Que bom que sua mãe já esta bem!!

    ResponderExcluir
  15. Poesia linda...amo as flores e os pássaros, em especial, o beija-flor!!!ADOREI!!!
    Parabéns!!!

    Tenha uma Semana Iluminada!!!
    Paz e Luz!!!

    ResponderExcluir
  16. Olá MANA,
    Belo poema! Também vi nele, como disse o Daniel,
    um aspecto ecológico, de onde ressalta a necessidade do amor para o equilíbrio da natureza.
    Mas, por outro lado, também exalta o contraditório da vida, onde a dor e o amor entrelaçam-se em nossas vidas, gerando renascimento.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Marilene,
    a imagem de tua poesia anuncia a dor que se transforma em vida através da doação.Uma ode aos acasos tão possíveis.
    Beleza e sentimentos se mesclam em versos pungentes. Um alento p/ quem lê!Lindo!!
    Agradeço tuas carinhosas palavras e presença lá no Fractais.Vim retribuir a visita e aqui vou seguindo certa de futuras maravilhas diárias.
    Obrigada e seja muito bem-vinda.
    Bjos e uma boa noite.
    Calu

    ResponderExcluir
  18. Que lindo Marilene.Pura sensibilidade! Só pessoas com um coração cheio de amor e poesia como você são capazes de colocar em palavras a pureza da vida e da dor.Amei!Querida, tenha uma semana doce e feliz.bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
  19. Marilene, tudo bem?
    Lindo!
    A harmonia do pássaro e a flor, numa negociação natural pela vida!
    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  20. Bom dia,Marilene!!

    Tenha um ótimo dia!!
    Beijos pra ti!

    ResponderExcluir
  21. Marilene

    As lágrimas sofridas, sempre humedecem a sementinha de cada ser; são lágrimas produtivas de muito Amor.

    Beijos

    SOL

    ResponderExcluir
  22. Lindo Marilene, lágrimas que regam a flor...boa tarde pra ti!

    ResponderExcluir
  23. Seu poema..parece uma fabula!! Lindo!!!

    um beijo....

    ResponderExcluir
  24. Ki Lindo Marilene!:)
    Muito bom o conto.
    Tudo na vida tem um propósito, nada é por acaso.
    As vezes é perdendo que se ganha.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  25. Olá, gostei das imagens e do poema...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  26. Boa tarde, querida amiga Marilene.

    Que maravilha de poema... Parabéns!!

    (Muito obrigada pela sua atenção e pelas lindas palavras de conforto).
    Quanta saudade...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  27. Marilene tudo bem? lindo poema...triste,,mas se notarmos o encontro no passaro e da flor se dá na primavera...mostra a necessidade do amor ..
    beijos e boa semana para você..
    titi

    ResponderExcluir
  28. Marilene, você consegue agarrar os mais pequenos e belos pormenores e dai construir poemas tão lindos e profundos..mas este parece-me um pouco triste.

    Mas pessoas boas não ficam tristes, por isso você não pode ficar triste *.*

    ResponderExcluir
  29. Boa noite minha linda amiga,passando mais uma vez para beber das tuas escritas...
    bjsssssssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  30. Que sensibilidade a sua, hein, Marilene?

    Texto muito bonito, como de costume!
    Gostei, em especial, da última estrofe.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  31. Lindo Marilene... Lindo mesmo teu poema! Parabéns!

    ResponderExcluir
  32. quase uma parábola este texto, querida amiga!
    é esse um dos mistérios mais insondáveis do ser: quantas vezes o coração germina com a água dos olhos?
    beijinho com carinho imenso!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...