24 de setembro de 2011

PALAVRAS


                                                            

                              Ligo o som e jogo as letras
                              Que a dançar formam palavras,
                              Observo as desconexas
                              E monto o quebra-cabeças
                              Até que juntas me falem
                              Sobre sonhos, sobre a vida
                              Sobre a alma e sobre o amor


                              Nessa dança de beleza
                              A esperança do papel
                              Encontra finalidade
                              Deixa o nada, o branco inútil,
                              E se sente poderoso
                              Perdendo sua ansiedade


                                                          

                               Mudo o rítmo e vejo rimas
                               A se formar
                               Tal qual pares a buscar
                               Sonoridade afetiva
                               Tal qual braços ao encontro,
                               Do toque que faz tremer...
                               São palavras, a viver


                               De um lado, encontro estações
                               Do tempo
                               De outro, vejo estações
                               Da vida
                               Mas todas querem ser lidas
                               Como verdade
                               Ainda que mostrem lembranças
                               E saudade


                                                       
                                
                              Palavras,
                              Permitam que eu entre na dança,
                              Com vocês, ganho esperança
                              Com vocês, faço presentes
                              Com vocês, eu ganho a vida
                              Prazerosa e definida
                              Na junção que ousarem ter,
                              Qualquer que seja o traçado
                              Que possam me oferecer


                                                                  (Marilene)


Imagens tiradas da internet . Se, inadvetidamente, estiver ferindo direitos, gentileza comunicar, para imediata correção.

32 comentários:

  1. Boa noite desta linda madrugada de sábado amiga querida. Grata por nos presentear com palavras sempre peculiares ao seu talento. Abraço com muita ternura da amiga e seguidora Lou Moonrise.

    ResponderExcluir
  2. "...e nas tuas palavras desconexas, formei meus versos desconexos e tudo terminou em uma grande festa, dança e canto das palavras no papel em branco"...me empolguei...rsrsrs...bjin

    ResponderExcluir
  3. Marilene

    Os teus belos poemas sempre a fazer sentido! É facto, que o presente tem algo a dar razão ao meu pensamento: a poesia, como arte literária, é jogo das palavras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Tuas palavras sempre nos encantam...Lindo fds e primavera!beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Srta Marilene, que linda dança a sua. Sabe, perante a arte, eu só posso calar! abraços

    ResponderExcluir
  6. Lindo Marilene!
    Você é ótima! :)
    Aqui as palavras bailam, não perdem o compasso e dão sentido a dança da vida.
    Sempre te leio.
    Tenho algo pra voce, passa depois pra pegar.
    Faz parte de um texto do outro blog. (andei te lendo por lá e você encanta com as palavras sábias)
    http://kantinhodenil.blogspot.com/p/cartao-para-amigos.html
    Beijokass

    Um fim de semana feliz pra você kerida!

    ResponderExcluir
  7. há palavras que matam, bem o sabemos. curiosamente, é também com e por elas que alguns homens tocam a eternidade. afinal, nada é absoluto.
    beijinho, querida amiga!
    p.s. mário cesariny tem um poema sobre a força das palavras que é do mais genial que li. chama-se "you are welcome to elsinore". se puderes e não conheceres, espreita, que, verás, vale bem a pena.

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema. Estou ainda a dançar.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  9. Linda essa minha amiga!
    Quando escreve fica mais linda ainda!
    adoro viajar nas tuas palavras...danço,danço e volto a dançar...
    Bjssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  10. Palavras puras que em versos expressam a leveza do sonhar....beijos de bom sábado.

    ResponderExcluir
  11. LINDO, Marilene!
    Acompanhei esta encantadora dança das palavras, cujo ritmo fez brotar um poema criativo e belo.
    Você é sensacional com as palavras.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. lindo texto.
    as palvras são o recurso mais belo que temos.
    bom fim de semana

    ResponderExcluir
  13. Marilene, as letras já cá estão dentro. Desconexas, à espera de uma existência, esperando uma oportunidade de reencontro, como as suas palavras, que se formam, ganhando vida! Bjs.

    ResponderExcluir
  14. OI MARILENE,

    um dia eu lhe garanto que ainda escreverei poemas como este.

    Enquanto vou treinando, resolví abrir um consultório sentimental lá no meu blog :COMO ERA FÁCIL FAZER SEXO! (RS).

    É isso, Marilene, cada um contribui como pode, para a felicidade do semelhante.

    Quer dizer...espero!!!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  15. Sempre belos poemas, artistica maneira de jogar com as palavras!
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Mari querida, e foi através da dança de suas palavras que enxerguei tua alma e me cativou o coração. Elas são todas suas amigas!

    bjokitas com imenso carinho pra vc :)

    ResponderExcluir
  17. A vida é magia e encanto.. é preciso preservar a beleza dos nossos corações.
    Saber olhar com pureza de alma respirar como se nascêssemos a cada instante!
    A felicidade e a Magia é algo, que entra em nossas vidas, com total explêndor.
    Um feliz e abençoado final de semana.
    Bjs com eterno carinho.
    Evanir

    ResponderExcluir
  18. Minha querida

    Há palavras que amam...palavras que doiem...palavras que ferem e há palavras ternura que tocam o profundo da alma.

    E as tuas adorei ler e deixo um beijinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  19. Com as palavras podemos criar mundos do tamanho de nossas imaginações, Marilene.
    Belíssimo poema.
    Até mais.

    ResponderExcluir
  20. Minha amiga, Belissimo! Essa dança, esse compasso. Viajei nesse sonho de leveza e suavidade! Bjos mil! òtimo domingo de paz e flores pra vc.. Obrigada pelo carinho sempre!!

    ResponderExcluir
  21. Marilene

    O teu Poema é uma aula de Poesia; juntar e fazer bailar as palavras em rimas é fenomenal.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  22. Uma bela semana pra ti minha amiga querida, recheada de poesia e muito carinho, beijo e beijos.

    ResponderExcluir
  23. Olá Marilene!
    Chego através do blog lado avesso pra conhecer o seu e aqui me encanto com tanta sensiblidade percebída neste e em alguns dos posts precedentes que andei lendo.Por isso passo a seguir também daqui seus registros mesmo não sendo poeta,mas apreciando por demais essa arte de quem sabe fazer!

    ResponderExcluir
  24. Marilene nessa dança de beleza fiquei encantada. Lindos!
    Beijos e ótimo começo de semana!


    smareis

    ResponderExcluir
  25. As palavras chegam a ter vida própria...
    Belo poema, gostei imenso.
    Querida amiga Marilene, tem um bom resto de domingo e boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Marilene..e nessa dança de letras quem sempre sai ganhando somos nós. Seus leitores com os lindos poemas que vc cria.

    Um beijo..bom final de domingo a vc!!

    ResponderExcluir
  27. É Mari... Dançar, jogar o corpo no nada enquanto a alma nos fecha os olhos e apenas bailamos. Sem ritmo, so bailando.

    Bjs na alma

    ResponderExcluir
  28. marilene, que sigas bailando letras para construir danzas para quienes te leemos. saludos

    ResponderExcluir
  29. Lindas palavras que quando dançam, ganham vida e se organizam formando um belissimo poema!
    Parabens!

    Beijos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  30. Oi Marilene, adorei a foto nova e a visita...=)
    Esse texto tem muito a ver com o meu, me identifiquei...=) Muito show!
    Boa semana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  31. Marilene,
    com as tuas palavras... eu danço, eu voo!
    Lindo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  32. Marilene, as palavras são tão importantes e carregam um peso imenso, pois se soubéssemos que mudaríamos muitas coisas para pior, não diríamos com tanta ênfase.
    Concordo que devemos nos deixar levar pelas palavras quando escrevemos, pois somos instrumentos da nossa alma.
    Beijo, e fique com Deus!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...