29 de outubro de 2011

ABANDONO



                                                          
                              Sai sempre com a lua
                              E só brilha na noite.
                              Nos olhos o engodo
                              E as dores do açoite
                              Que usa sem dó,
                              No amor concedido
                              E feito de nós
                              Nem sempre rompidos,
                              Já que escondidos
                              Nos beijos profanos
                              Dos muitos enganos
                              Que a vida lhe trouxe


                                             
                               Não dá esperanças
                               Perdeu-as na infância
                               Se foram com as tranças
                               Que outrora usou
                               Com os laços de fita
                               Que o mundo amarrou
                               E que, sem piedade,
                               Um dia arrancou


                                                   

                               Quem vê seu sorriso
                               Se sente envolvido
                               Em conto de fadas.
                               Mas essa princesa
                               Não traz paraíso
                               E só quer diversão.
                               Seus sonhos roubados
                               Ficaram marcados
                               A ferro, em seu peito
                               E hoje desfila
                               Na noite seu brilho
                               Que esconde a verdade.
                               Em seu abandono
                               Jogou fora os planos
                               De felicidade


                                                                       (Marilene)


(Imagens retiradas da internet. Na hipótese de, inadvertidamente, estar ferindo direitos, gentileza avisar, para imediata regularização)

49 comentários:

  1. FABULOUS.....have nothing more to say Marilene.

    hugs, Joop

    have a lovely weekend.

    ResponderExcluir
  2. Excelente minha querida, consegues tocar e sensibilizar através da poesia, beijos e abraços carinhosos

    ResponderExcluir
  3. Olá Marilene.Passando para agradecer e desejar um belo fim de semana pra vc...È muita emoção sempre estar aqui.È maravilhosa essa sua sensibilidade que toca a todos nós! Bjos e todo meu carinho.

    ResponderExcluir
  4. As vezes nos perdemos pelos caminhos da vida,,,e desperdiçamos os melhores momentos...beijos de bom sábado.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Marilene...
    Procurei Ortega Y Gasset e vim parar aqui.
    Li a matéria, da "queda", dei um "passeio",
    nos Momentos Fragmentados...chegando cá,
    nesse belo poema ABANDONO...Gostei, muito!
    Pois bem, já me instalei e vou voltar <<<

    Um abraço,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  6. Tá faltando o príncipe certo pra acordar essa princesa dorminhoca de seu pesadelo... não sei se com um beijo de amor ou com um tabefe de raiva.
    Sei que, pra escrever essa belezura, você deve estar bem acordada, mas mando-lhe um beijo mesmo assim.

    ResponderExcluir
  7. Olá MANA,
    Como diz o Barcellos, está faltando a pessoa certa para despertar esta princesa dos pesadelos que a fizeram construir barreiras à sua própria felicidade.
    Parabéns por mais este lindo poema!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema Marilene como seu coração! :)
    Amei..(ri com o que o Barcelos falou, mas deve ser melhor despertar com um beijo, né?) rs

    Tenha um fds encantador kerida,
    como voce que nos encanta com seus versos.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Um poema duro, cheio de verdades construídas com muitos desenganos ao longo da vida.
    Sabemos que o/a poeta, nem sempre escreve na primeira pessoa, mas isso não o distancia dos escritos, sempre se conta um pouco de si...
    E de cá fico pensando nos tantos desencontros que causaram as feridas, roubaram os sonhos e arrancaram as tranças dessa menina.

    Quanto às fotos, fiquei especialmente tocada pela rosa pisoteada. Dois totens tão femininos (longe de mim ser machista e não o sou), salto fino e rosa, e ambos ali entrelaçados na desilusão... No chão tristeza, da solidão....

    Um beijo grande, querida!

    ;)

    ResponderExcluir
  11. Querida Marilene,

    Ficam as marcas das desilusões na alma mas os sonhos de menina apenas ficaram guardados num canto escuro do passado sob as chaves do silêncio até que um dia ocorra o desencanto e a vida volte a florescer.


    Um beijo carinhoso no seu coração e desejo que seu final de semana seja abençoado

    Deus seja contigo

    ResponderExcluir
  12. Passando nesse cantinho lindo para lhe desejar um ótimo fim de semana! beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  13. É maravilhoso o dom que possui em nos encantar com suas poesias Marilene!

    Beijo grande em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  14. Por que te confundes e te agitas diante dos problemas da vida?
    Deixe que eu cuide de todas as tuas coisas e tudo será melhor.
    Quando você se entregar a mim,
    tudo se resolverá com tranqüilidade segundo meus designos.
    Não te desespere, não me dirija uma oração agitada,
    como se quisesse exigir o cumprimento dos teus desejos.
    Feche os olhos da alma e diga-me com calma:

    Jesus, eu confio em ti.

    Evite preocupações e as angústias
    e os pensamentos sobre o que pode acontecer depois.
    Não bagunce os meus planos, querendo impor suas idéias.
    Deixa-me ser Deus e atuar com liberdade.
    Se abandone confiadamente em mim.
    Repouse em mim e deixe em minhas mãos o teu futuro.
    Diga-me freqüentemente:

    Jesus, eu confio em ti.

    O que mais danos te causa são sua razões,
    sua próprias idéias e você querer resolver as coisas a tua maneira.
    Quando me disser:
    Jesus, eu confio em ti,
    não seja como o paciente que pede ao médico que o cure,
    porque lhe sugere o modo de fazer.
    Deixe se levar em meus braços divinos, não tenha medo,

    EU TE AMO.

    Se acreditar que as coisas pioram
    ou se complicam apesar de tua oração, siga confiando.
    Feche os olhos da alma e confia.
    Continue dizendo a toda hora:

    Jesus, eu confio em ti.

    Necessito das mãos livres para fazer a minha obra.
    Mesmo que a dor seja tão forte,
    a ponto de derramar lágrimas dos seus olhos.
    Estarei com você e com a sua família em todos os momentos.
    Diga:

    Jesus, eu confio em ti.

    Confia só em mim, abandona-se em mim,
    jogue todas as suas angústias e durma tranqüilo.
    Diga-me sempre:

    Jesus, eu confio em ti,

    e verás acontecer grandes milagres.
    Eu te prometo por meu amor.
    Pois, sempre confiarei em você, meu filho...
    _________________________________________


    http://www.youtube.com/watch?v=kxE2WXm5QoY



    Desejamos-lhe dias de paz!


    Blog Yehi Or!
    http://hajalluz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Bellos y románticos versos. Muy buen blog. Un placer visitarte y seguirte. Saludos cordiales de la Sociewdad Argentina de Escritores Filial Villa María Córdoba_ Argentina.

    ResponderExcluir
  16. Lindo poema, com a marca do talento e da emoção!

    ResponderExcluir
  17. Mari, minha linda e querida, vc me emocionou muiiito ontem com suas palavras de poetisa no meu niver. Se eu pudesse pintava um pedaço de azul só pra encher seu coração de paz todos os dias :) pq amo vc!

    Belíssima poesia. E há pessoas que abandonam a si próprias depois que outros a abandonaram, desistem de ser feliz e vivem de amargura. Eu penso que todos nós já tivemos sofrimento em nossa vida, só não podemos nos tornar eternamente vítimas dele.

    bjokitas estaladas na bochecha :)

    ResponderExcluir
  18. Suas inspirações são belas e parecem realmente vir do coração! Bela postagem minha amiga! Parabens!

    ResponderExcluir
  19. Linda poesia,Marilene.Gostei muito , isso nem é novidade aqui! beijos,chica

    ResponderExcluir
  20. Mari,
    a dor duma alma ferida se transfigurou nos versos dessa linda e pungente poesia, mostrando em suas linhas toda a mágoa e medo de uma nova desilusão.
    Triste verdade. Belo poema!
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  21. Marilene,
    Há caminhos que nos roubam a vida, as esperanças e a felicidade. Troca-se o duradouro pelo efêmero e nunca a alegria toca fundo na alma.
    Um poema com verdades duras e cruas, mas com sutilezas e poesias que o tornam encantador.
    Beijokas doces querida, e um domingo de muita paz!

    ResponderExcluir
  22. Boa noite, querida amiga Marilene.

    Menina...
    Seu poema até parece resposta ao meu atual post.

    Tenha uma linda semana de paz e alegrias.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Hermoso poema, muy bonitas tus letras.
    te invito a mis espacios,
    feliz fin de semana.
    un abrazo.

    ResponderExcluir
  24. Olá lindona.

    Lindooo

    As vezes construimos muralhas que só precisam que alguém chegue pra as derrubar.

    beijos lindona.
    meu carinho

    ResponderExcluir
  25. Às lantejoulas verdes, desconhecidas lantejoulas verdes. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  26. Marilene, tudo bem?
    Uma felicidade/ilusão, um sonho despedaçado por uma dura realidade, que assombra qualquer conto de fadas: o fim da magia.

    Marilene, um ótimo domingo para ti e família!
    Muito obrigada por tudo, amiga de sempre!

    ResponderExcluir
  27. Marilene

    Gostei do poema "ABANDONO". Pode ser tomado esse em vários sentidos. Para não fugir ao sentido de beleza que soubeste imprimir, atribuiu-lhe uma interpretação menos atraente, mas muito sentida.
    É assim a vida!
    Marilene, Olavo, como o seu TOP SECRET, passou por Belo Horizonte, postou e convida a uma passagem ao post.
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. realidad bastante generalizada, y como siempre, muy bien versificada.saludos

    ResponderExcluir
  29. Querida nem sempre acertamos, mas sempre são nossas as escolhas.Lindo poema, lindas imagens ilustrativas.Teu blog, como sempre traduz a tua sensibilidade.Saio encantada daqui.
    Que o teu domingo seja de luz.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  30. Buenos dias pase a visitarte y fue todo un honor el quedarme en tu blog.
    Tus letras hunden a fondo el sentimiento que expresan..

    lujo de lujo es leerteee..!!
    Desde Jaen un abrazo y feliz fin de semana

    ResponderExcluir
  31. Marilene

    Um belo Poema/Reflexão que destaca a artificialidade do brilho efémero que conduz á solidão.


    Beijos

    SOL

    ResponderExcluir
  32. Há amores abandonados, mas há também os amores que se abandonam...
    Belo poema, gostei.
    Beijos, querida amiga Marilene.

    ResponderExcluir
  33. Um domingo de paz e uma semana repleta de poesia pra ti amiga...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  34. É com “Palavras” que pintarei sonhos
    Navegarei mares, voarei sobre o azul do Mar
    Aqui virei com elas pintadas de ternura
    Aqui deixarei um pouco do meu sonhar

    Foi um gosto aqui passar


    Terno beijo

    ResponderExcluir
  35. Passei para deixar um Beijinho! António

    ResponderExcluir
  36. Um dia tudo reluz, e a princesa verá a luz!
    Marilene, na plenitude do poema fico encantada.
    Na preciosidade da poetisa, tiro a flor do cabelo. PS: Não uso chapéu rsrsrs.
    Amei querida.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  37. Belo poema. A própria vida é o conto de fadas mais maravilhoso ... :-)

    beijo

    ResponderExcluir
  38. A vida é magia e encanto.. é preciso preservar a beleza dos nossos corações.
    Saber olhar com pureza de alma respirar como se nascêssemos a cada instante!
    A felicidade e a Magia é algo, que entra em nossas vidas, com total explêndor.
    Hoje sinto que renasci novamente estou muito feliz por isso
    estou aqui .
    Carinhosamente convido você a ler a postagem do meu blog.
    Aquilo que pode parecer pouco para muitos
    para mim é tudo de bom que poderia acontecer nessa fase
    da minha vida.
    Gostaria muito de ler seu comentário no meu blog.
    Uma linda semana beijos.
    Evanir(EVA)

    ResponderExcluir
  39. Olá, Marilene!

    Belos versos! Quem sabe em breve a sua/nossa Princesa possa encontrar seu caminho, que não necessariamente o encontro com o belo Príncipe, mas pode ser até mesmo...quer ver? retomar os estudos, participar de uma academia, arranjar um bom emprego, engajar-se em uma ONG...
    Assim, tenho certeza, ela volta a desejar ser FELIZ!rs

    Lindo demais.

    Um beij\O/ enorme pra você, poeta.

    ResponderExcluir
  40. Uma semana cheia de carinho e muitas alegrias pra ti minha amiga querida...beijos e beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  41. Bom dia,Marilene!!

    Lindos versos!!!Tristes, mas por vezes a realidade rouba um pouco dos sonhos, das ilusões...só nos resta abastecer a fé e continuar!Vou torcer, para que a princesa possa voltar a almejar a felicidade!!!
    beijos querida!

    ResponderExcluir
  42. Versos lindos, onde se sente a realidade da vida, com suas perdas e desilusões..., apesar disso muito lindo!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  43. As decepções da vida trazem um gostinho amargo, porém, quando cantadas em versos... tornam-se adocicada deviido à beleza de seu expressar! Parabéns!

    ResponderExcluir
  44. A sua poesia é magnifica, escreve vida, realidade, sonho, fantasia, amor, paixão, sentimentos que nos tocam a todos.

    boa semana
    abraço amiga
    oa.s

    ResponderExcluir
  45. Muita sensibilidade nas palavras com bordados de sentimentos vindo do coração. Espetacular seus versos .Parabéns!
    Ótimo começo de semana.
    Beijos Grande!

    ResponderExcluir
  46. Muitas partem para um triste caminho quando tem seus sonhos roubados. A realidade está sempre presente nos seus versos, muito bonitos. Uma ótima tarde, bjs
    Ivana - Reserva de Emoções

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...