19 de outubro de 2011

DECISÕES INTRANSFERÍVEIS




                                                    
                                Não importa o tamanho do mundo
                                Mas os espaços que vai percorrer
                                De nada valem tantos caminhos na vida
                                Só releve o que vai escolher

                                Entre estradas, atalhos e trilhas
                                Haverá que passar
                                Se em silêncio, cantando ou orando,
                                Se com choro, com riso ou encanto,
                                Se abraçando, se dando e amando,
                                Só você poderá decidir


                                                     
                                E o fará ...
                                Quando der o primeiro dos passos
                                Quando definir específicos horizontes
                                E souber que já deve partir


                                Não se ligue na voz dos conselhos
                                De quem outros caminhos escolheu
                                Pra você, um único basta ,
                                O seu!
                                Como suas serão as glórias e as dores
                                E todos os louvores pelas lutas vencidas,
                                Como suas serão as lágrimas derramadas
                                Pelas quedas sofridas na jornada


                                                               
                                No espelho da vida
                                Muitos reflexos encontrará
                                Busque aqueles que trazem a verdade
                                Pra que sejam a sua realidade
                                Só com eles vencerá o temor
                                E participará dos festejos do amor


                                                 (Marilene)


(Imagens retiradas da internet. Na hipótese de, inadvertidamente, estar ferindo direitos, gentileza comunicar, para imediata regularização)

34 comentários:

  1. Belíssimo texto, tem um poema de Albert Camus que diz: "A vida é uma soma de todas as suas escolhas"
    somos livres para escolher e determinar nossa jornada, deixaremos rastros e reflexos...se venceremos vai depender de como usamos nossas escolhas, o que vai demonstrar quem realmente somos e as bençãos que vamos colher...
    um ótimo texto para reflexão.

    Abraços e tenha um lindo dia
    Giovanna

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Quem poderá viver a vida de outrem? Apenas a si cabe essa determinação! Cada um sabe porquê escolhe os caminhos, 'somos as nossas circunstâncias', e dentro do espaço exíguo que podemos caminhar, escolhemos aquele, aquilo que no momento nos é possível.
    Esse poema é quase um talismã para a vida, Marilene. Até porque como bem disseste, a vida é intransferível!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Marilene,
    muito bom! Bela mensagem!
    Temos que buscar os nossos próprios reflexos e não os dos outros que caem sobre nós.

    Beijos e ótimos dias :)
    Espero que esteja tudo bem!

    ResponderExcluir
  5. It's again very very nice Marilene, compliments for your work.

    greetings and a big hug, Joop

    ResponderExcluir
  6. É na nossa força interior e no conforto de Deus que devemos seguir, se possivel rodeada daqueles que vierem por bem, nunca esquecendo que o silencio e o retiro nos engrandece.

    Seus poemas sempre nos inspiram
    beijinho
    oa.s

    ResponderExcluir
  7. OI Ma..
    Lindo seu poema.
    Na vida encontramos tantos caminhos seguir, tantos atalhos, tantos buracos..

    Cabe a nos escolher a melhor alternativa.

    Um beijo..amo te ler!! Poetiza Linda!!

    ResponderExcluir
  8. Bom dia querida!
    Como sempre,vc nos dando razões para te ler e nos trazendo razões para voltarmos sempre,pq aqui os reflexos se refletem no nosso viver.
    Fico tão feliz quano abro meu cantinho e sou recepcionada com amigas queridas como vc...me dar mais razões para vir te visitar e agradecer...
    bjs minha flor!

    ResponderExcluir
  9. Bom dia, querida Marilene!
    Adorei seu poema! Adoro seu espaço repleto de poeticidade.
    Abraço,
    Jasanf.
    www.lectandome.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Temos sempre que acreditar nos melhores caminhos, escolher as mais perfeitas trilhas pra poder encontrar a paz que tanto buscamos em felicidades...beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  11. Por muito difíceis que sejam as escolhas/decisões, elas têm que partir de nós mesmos. Isso faz parte do nosso crescimento pessoal e espiritual.
    Muito lindo que isso tenha sido posto de uma forma "tão poeticamente poeta!".
    beijos e um lindo dia para você

    ResponderExcluir
  12. O tamanho do teu mundo é medido pelo número de teus passos. Caminhar é preciso.
    Belíssimo, Marilene. Belíssimo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Querida a vida é feita de escolhas.A nossa história será composta por opções.O desafio da caminhada a nós pertence.Este é o encanto e a surpresa de cada esquina.Lindo poema!Fizestes-me refletir na singularidade e na complexidade dos nossos passos.Escreves divinamente! Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  14. Amiga Marilene, gostei muito do lirismo do teu poema e também do conteúdo, donde se extrai a mensagem, de que nós somos responsáveis pelo nosso destino.

    ResponderExcluir
  15. Olá,Marilene!!

    Belíssima poesia!!Instigante,cativante, FASCINANTE!!! E as imagem...um arraso!!
    Sou sua fã poetisa!
    Beijos!
    Tudo de bom!!

    ResponderExcluir
  16. Oi Marilene!
    Uma coisa eh certa: só nós mesmos eh que sabemos qual eh o nosso caminho, a nossa direção... devemos nos guiar por nós mesmo, sempre.
    Adorei!!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  17. OLÁ MANA,
    Uma reflexão poeticamente e lindamente colocada.
    As escolhas da jornada competem unicamente a nós.
    Os louros ou dissabores que colhermos serão resultado delas. Ninguém poderá viver nossa vida por nós. Na dúvida acerca da estrada a seguir convém que nos apoiemos na fé, em busca da luz divina.
    Beijos, recheados de ternura.

    ResponderExcluir
  18. Bah,é o que eu estava precisando ler nesse momento.Me caiu como uma luva...buscar meus próprios caminhos...sem interferência de caminhos alheios...
    Lindo texto,Mari! Parabéns!
    Obrigada por escrever coisas lindas que me faz sentir mais coisas lindas ainda.
    Bjka

    ResponderExcluir
  19. É sempre bom ver uma figurinha nova neste nosso mundinho de avatarezinhos...Como já disse antes, não sou um bom leitor de poesias, mas costumo ser um bom leitor de gente...
    Aos poucos virei me aproximando para conhece-la, mas virei...
    Por enquanto vou só colocá-la como favoritos, prá me lembrar do caminho da volta...

    Um beijo

    Edson

    ResponderExcluir
  20. lleno de sentido... y de sensibilidad
    saludos blogueros

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde, Marilene. Perfeito!Eu quero um livro seu(nem sei se tem)RS!
    Num poema só, você conseguiu agregar vários fatos da vida.É verdade, a vida é de cada um, as decisões também. As vezes nos sentimos perdidos, sem saber o que fazer, e fragilizados acabamos por ouvir conselhos que na realidade não são para nós.
    Ouvir é fundamental, porém a decisão final, as escolhas, caberão somente à nós.Isso não é ingratidão ao que nos foi dito, e sim uma tomada de decisão, que ninguém poderá fazer por nós, uma vez que a história é nossa, única e intransferível, tal qual a impressão digital, ou um cartão de crédito!
    Alegrias e dores farão parte da existência sempre! Engana-se quem pensa que não há tristeza no nosso caminhar.
    Eu choro, lavo a minha alma, pois entendo que faz parte. Na minha opinião, o triste é belo também, pois é inerente ao ser humano, a sua essência, portanto, caminhemos com mais força, garra, e quando não der, subamos um degrau de cada vez, pois quem sabe dos nossos limites, somos nós!
    Um beijo grande.
    É sempre um prazer te ler, e fico sempre na expectativa do que virá ao meu encontro!
    Belíssimo!
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  22. Em nossa vida, estamos sempre escolhendo o caminho a seguir. Ás vezes erramos, mas, é preciso ousar. Beijo, Marilene!

    ResponderExcluir
  23. Mari, perfeito!
    Só nós é que podemos escolher o que fazer da nossa vida. Cada escolha nesse caminho só depende de nós e de mais ninguém.

    bjokitas com carinho master ;)

    ResponderExcluir
  24. Amiga,

    Nessa vida temos que escolher nossos caminhos, nunca devemos seguir caminhos que os outros escolhem para nós.

    Quando escolhemos nossos caminhos, conhecemos as trilhas.

    um beijo de luz no seu coração.

    É sempre um prazer vir aqui.

    ResponderExcluir
  25. Marlene

    É isso... saber ser-se independente na procura dos caminhos que devem conduzir à verdade. Sem excluirmos companhia com os mesmos fins.
    Explícito o interessante poema.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Um belo dia pra ti minha amiga querida, muita poesia e muita paz pra alimentar a alma...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  27. Oi, amiga, gostei muito do poema.
    Como sempre sabes escolher bem as palavras e compor os versos ...
    É a forma de expressão mais perfeita e maravilhosa* que conheço.
    "Se às vezes caímos, que esse tombo não nos faça perder o equilíbrio e, que da queda venha a vontade de acertar e seguir com mais determinação o caminho que escolhemos.
    Beijo e bom dia pra ti.
    Mery*

    ResponderExcluir
  28. Bom dia,Marilene!!

    Tenha um ótimo dia, cheio de amor e poesias!!!
    Beijos!!
    Tudo de bom!
    **As crianças são terríveis...rsrsr
    O que faz pra um...o outro também pede...rsrsr
    mesmo que não precise!!

    ResponderExcluir
  29. Oiê Marilene!

    Tão verdadeiro e tão profundo!
    As escolhas são nossas, as consequências dela tb.
    Sabedoria pra escolher o reflexo da verdade, só mesmo com ajuda de Deus...que nos guie no caminho certo.

    Beijos e adoru seus escritos! :)

    ResponderExcluir
  30. A você que nos presenteia com lindos poemas,
    hoje dia 20 de Outubro, vim desejar um Feliz dia do Poeta!!

    Parabéns querida!!
    Beijinhos Iluminados!!!

    ResponderExcluir
  31. Vencer os temores e viver os festejos do amor, muito bonito. Um beijo grande!
    Ivana - Reserva de Emoções

    ResponderExcluir
  32. Que maravilha de poema Marilene...que lucidez minha querida...definitivamente cada qual tem que escolher seu caminho, não porque foi trilhado por muitos... mas, por seu coração ter o escolhido...
    Beijinhos amiga...
    Valéria

    ResponderExcluir
  33. cada passo e toda a estrada são a certeza de não mais morrer.
    beijo grande!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...