1 de outubro de 2011

VIDA - VIVER



                                                                         

                           Agarre todos os sorrisos que puder
                           As estórias não têm fim
                           Mas recomeços
                           No  "foram felizes para sempre"
                           Leia-se : e reiniciaram a caminhada
                           Quando a noite se fizer tormento
                           Use um daqueles sorrisos guardados
                           Na certeza de que o novo dia nasce
                           Independente dos seus sofrimentos


 
                          Quando as lágrimas insistirem em cair
                           Deixe que  inundem
                           Faça com que levem o cansaço 
                           Da desesperança, da mágoa,  da desilusão
                           Há muitos corações pulsando
                           Em ritmos diversificados
                           E em um deles encontrará a paz
                           Que os momentâneos sentimentos
                           Carregam sem condescendência



                                                


                           Em sua caixinha de lembranças
                           Não guarde apenas as alegrias
                           Pois é das quedas que vem o aprendizado
                           E recordá-las só nos fará saber
                           Que a vida tem buracos
                           Dos quais não podemos fugir
                           E onde não devemos nos esconder


                           Nas retas, todo cuidado é necessário
                           Distraem e dão tranquilidade
                           Mas tiram a atenção, indispensável,
                           Para as curvas que surgirão, implacáveis,
                           Mostrando abismos que chamam,
                           Com ilusões,
                           Abocanhando incautos
                           A dirigir a vida sem cautela
                           Como se fossem donos dela


                                                       


                           No mundo de desassossegos, há pausas
                           Para corpos cansados e mentes em desarmonia
                           É a hora em que se faz necessária a fantasia
                           Oásis para se ausentar das tramas
                           Do dia a dia
                           É a hora de desmanchar os pontos equivocados
                           E dar início ao novo bordado
                           De retas e curvas, de planícies e morros
                           Pois há altos e baixos, há transtornos,
                           Mas há recomeços mornos
                           Que levam ao calor do sol

                                                        (Marilene)




Imagens tiradas da internet . Se, inadvetidamente, estiver ferindo direitos, gentileza comunicar, para imediata correção.

47 comentários:

  1. Que lindo,Marilene! Sempre inspirações lindas ! beijos e ótimo fds,chica

    ResponderExcluir
  2. Não vou comentar o linda é maravilhoso poema, mas sim como me considero próximo e amigo, o que que há?, que não me visita nem vem dizer que sou chato ou me xingar, me cativa e some, o que que há, tenha um gostoso e harmonioso fds, beijos !

    ResponderExcluir
  3. Que lindo Mari... valiosas palavras para quem deseja recomeçar ou simplesmente seguir... A vida seria mais fácil assim!

    * Devido a um problema de vírus no meu blog WWW.BARRACODEVIDRO.BLOGSPOT.COM tire que exportar para outro endereço que é WWW.LUIZADEFRANÇA.BLOGSPOT.COM, continua me seguindo por lá.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. A vida é um eterno recomeçar! Os felizes para sempre somente em conto de fadas, mas como disse, recomeçamos, todos os dias e talvez para sempre.As pausas da vida, nao são desistências, mas descanso para recomeçar. E sempre recomeçamos com novas esperanças, novos ânimos.
    Lindo, lindo e lindo Marilene.
    Beijokas doces e paz na sua vida continuamente, mesmo que as vezes, recomece depois de uma guerra.

    ResponderExcluir
  5. Marilene,
    além de belos, os seus versos tem conteúdo, falam de um modo elevado, são o reflexo dos seus bons sentimentos!
    Parabéns

    ResponderExcluir
  6. E isso é viver...
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  7. Ânimo para recomeçar, ainda bem que temos "esperança" que devemos plantar sempre, dentro de nós, como uma sementinha, e que pode dar bons frutos...Esperança não pode faltar em minha vida, sofrida.
    Pra que desanimar diante das aflições, elas fazem a gente dar mais valor à vida, pois passam e aprendemos mais*
    bjussss
    Mery*

    ResponderExcluir
  8. Olá MANA,
    LINDO E LINDO!
    Como é bom ter consciência dessa renovação! Como é bom poder recomeçar e fazer diferente! E com esses recomeços sempre surgem novas esperanças, novas expectativas e novo sentido
    para a vida.
    Seu poema é um estímulo, um toque de otimismo
    a brindar a vida.
    Continue assim, sempre maravilhosamente inspirada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Boa noite, linda e maravilhosa, vim te carinhar , eu posso?


    Novas esquinas

    Vim te agarrar, teu sorriso se puder
    Que esse aqui perene sabe amar
    Então sem confusão vamos caminhar
    E não haverá tormenta no luar
    Pois agora primavera reina a velar
    Não quero, tuas lagrimas e ninguém
    Merece tal fato dos teus olhos
    Mas sim a sincera lembrança
    De que você esbanje felicidade
    Pois já passamos da idade
    De adolescente rasante e existencial
    Agora somos, muito da essência
    E carregamos a carga do saber
    Quando entremos muito bem
    E demos cabeçadas nas quinas
    E agora sabemos virar as esquinas
    Sem que precisemos estar em par
    Nossa busca é para celebrar a vida
    Como existência impar

    Ulisses Reis®
    01/10/2011

    Para MARILENE

    ResponderExcluir
  10. Ma..que poema!! Forte! Um dos mais lindos!!!

    Ah..gostei muito do peoma presente que vc ganhou!!

    Um beijo...gosto muito de vc!!!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Marilene!
    Passei aqui para agradecer a visita no clube dos Novos Autores e convidá-la para conhecer um blog diferente: http://melissaliebe.blogspot.com
    Bjos.

    ResponderExcluir
  12. bjs linda pela ajuda la no blog... acho que agora está resolvido!

    ResponderExcluir
  13. Poetiza do meu coração de melão, vivemos nesse eterno recomeço que é uma benção de Deus. Renovamos a vida, nos renovamos e nossas relações tbm. E a vida só se abra pra quem tbm se abre pra vida!

    bjokitas recheadas de carinho :)

    ResponderExcluir
  14. Uma pausa para prosseguir, é necessário, senão, como continuar?
    Sorrisos como combustível para os dias em que a tristeza se fizer presente (e esta, sempre se faz); os afetos possíveis - família e amigos -, e a certeza de que a vida é transitória.

    Beijo e um ótimo domingo, Marilene!

    ;)

    ResponderExcluir
  15. Oi Marilene. Só posso dizer belissimo! Forte! Exemplo de vida que nos ensina a enfrentar os desafios, seguir em frente. Obrigada amiga pela força e otimismo nesses belos versos! Bjos mil e lindo domingo!!!

    ResponderExcluir
  16. Beleza, Marilene! Visão realística da vida, temperada com a dose certa de otimismo, sob o véu diáfano de uma finíssima e delicada poesia.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  17. ola, como estão as coisas.
    EU passei um tempo sem postar só vivendo do ócio de refletindo, mas a gora to de volta. Dê lá uma passada no meu espeço, vou ficar lisongeado com a sua presença.
    http://otaviomsilva.blogspot.com/
    Forte abraço, F. Otávio M. SIlva

    ResponderExcluir
  18. Marilene

    Poema muito certeiro, a vida tem de ser vista, como as nuances que poetizaste.
    E... adorei o ritmo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Tu tens um talento precioso para a poesia,sua escrita fala das nuances do coração e alma humanas lindamente,gostei de sua escrita artística. Beijos poéticos e obrigado pela visita ao meu blog.

    ResponderExcluir
  20. só admitindo o desalinho da passagem dos dias conseguimos bordar o tecido da completude. ainda que com mãos breves e de pele frágil.
    belo, marilene!
    beijinho!

    ResponderExcluir
  21. Marilena comecei meu dia agarrada nas palavras e no amor contido neste poema lindo que nos presenteastes.Recomeços são frutos da esperança , da garra e das fantasias como dizes.Mas sempre valerão a pena porque é o alento da caminhada e prenuncio de futuro.
    Linda amiga poetisa, tenha uma domingo de puro encantamento.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
    Segue lá também..

    http://estanteseletiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Palavras que aquecem o coração e o abraçam com aquele sentimento que julgo um dos mais bonitos, até mesmo a partir da palavra que o identifica: "esperança"!...

    Lindo poema, Marilene!

    Um beijo e meu carinho!

    ResponderExcluir
  24. Marilene

    Todos os dias e em todas as horas estamos a recomeçar algo.
    Assim, o teu Poema engrandece o recomeço sem desfalecimentos nem desânimos.
    Tropeços? Quem os não tem?


    Beijo

    SOL

    ResponderExcluir
  25. Lindissima sua reflexão sobre a vida e seus intervalos,na realidade uma bela receita de esperança, fé e sabedoria no recomeçar eterno desta nossa vida.
    Muito bom vir aqui Marilene.
    Um terno abraço com minha admiração.
    Bju de luz nos seus dias.
    Bom domingo!

    ResponderExcluir
  26. Ao vir lhe visitar é a certeza sempre de depararmos com belíssimos poemas!

    Um beijo grande em seu coração Marilene!

    Verinha

    ResponderExcluir
  27. Querida MARI...
    Muito obrigado mais uma vez por sua visita.
    é impressionante como escreve bem
    e como tem acrescentado em minhas publicações.
    Embora não tenha muito tempo pra ser um comentarista assíduo, o que é uma pena.

    com relação a sua.

    Eu tento escrever coisas através de minhas experiência tentando possivelmente ajudar quem possa estar num momento, digamos difícil, acho que isso é o principal foco.

    mas aqui em seu espaço eu vejo claramente um jogo de palavras de quem possui uma visão realista. este entre tantos outros que você escreve.
    - Existe mensagem positiva;
    - e poesia em suas palavras.
    E inclusive me ajudou em especial esta publicação,


    E ohhhh como escreve bem.

    bjos.
    Bom domingo

    ResponderExcluir
  28. A vida tem que ser vivida intensamente,,com sorrisos e lágrimas,,,beijos de boa semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  29. Belíssimo textos... cheio de vida e reflexões... e o bom é saber que o tempo não para... há sempre um novo dia a nos sorrir! Beijos amiga

    ResponderExcluir
  30. Uma construção poética perfeita do que é a vida e seus caminhos, toda atenção é sempre bem vinda!
    Respondi teu coment lá no VSE rsss
    Boa semana pra ti, bjs

    ResponderExcluir
  31. Muito linda e instigante sua forma de poetar...deixa um desejo de querer ler sempre mais...
    bjs de dia de domingo prá ti!

    ResponderExcluir
  32. QUERIDA
    MARLENE
    TEMOS QUE COMEÇAR A SEMANA VIVENDO ESTE AMOR.AMIGA QUE DOM LINDO QUE DEUS TE DEU.VC ARRASA, FELIZ DOMINGO.Tudo é possivel para quem tem fé.
    Jamais diga:
    "Não posso!, Naõ consigo, Naõ sou capaz!"
    Em seu interior, existe uma
    grande força que pode concretizar todos os
    desejos, desde que os propósitos
    sejam usados para o bem.
    Procure sempre ter presente este princípio:
    com a graça de Deus,vou conseguir,
    e tudo dará certo.
    Aos poucos, perceberá que sua vida
    vai mudar para melhor.
    BJ NO TEU CORAÇÃO
    BRISA

    ResponderExcluir
  33. Amiga, saudaaade!
    Engracado que justo hoje venho aqui e leio sobre recomeco, nesse momento em que volto e recomeco minhas páginas blogueiras :)
    Que nunca falte otimismo pra continuarmos vivendo, porque enquanto houver vida, temos que preenchê-la de vida vivida, e nao apenas existir...

    Tuas inspiracoes continuam perfeitas,

    grande beijo!

    ResponderExcluir
  34. Que lindo,amiga!

    Um lindo poema sim mas muito mais uma injeção de animo!
    Com ficar sem te ler!?Nao da!

    Beijos e otima semaninha!

    ResponderExcluir
  35. aunas belleza y conocimiento en tus poesias. saludos

    ResponderExcluir
  36. Mari,
    me vi em 3ª e 5ª passagem, relendo nos versos tão claros, momentos sabidos e guardados.Vc tem o dom de na poesia evocar os sentimentos que vão n'alma humana.Que benção!
    Mais uma linda pág da tua arte nos encanta.
    Boa semana,
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  37. Mari, amor... Agradeço de coração suas visitas e comentários sempre gentis. Mas não posso deixar passar que ainda pouco lendo seu comentário vi que você faz menção ao texto como se fosse eu quem tivesse escrito... risos. Gostaria que depois fosse lá e desse uma olhada, pois deixei um comentário na postagem pra vc. Ok!

    Quanto ao seu texto maravilhoso! Gosto da maneira como escreves. Parabéns!

    Querida, tenha uma boa semana. Beijos!!


    ps.: vc tem facebook? Se quiser pode me add

    ResponderExcluir
  38. Oi minha linda amiga, fiz um selinho para todos os meus amigos, fiz com todo carinho e amor! Ficarei feliz se aceitar, beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  39. E que enfadonho seria se não houvessem essas curvas e morros, não?

    Beijos Mari!

    ResponderExcluir
  40. Marilene é no desassossego da noite que leio com muito agrado as suas linhas de Vida-Viver. Correndo o risco de lhe acelerar o metabolismo, a passagemnotempo tem lá uma cafeteira cheia de café…Bjs

    ResponderExcluir
  41. Mari, também não consegui te encontrar... risos, faz assim: no final do meu blog, tem o link que já leva direto a minha página no facebook, clica lá que fica mais fácil querida, pra mim e pra vc!! hehe

    ResponderExcluir
  42. É nos dias de chuva que aprendemos adar valor aos dias de Sol, Marilene.
    Parabéns por mais um belíssimo texto.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  43. Oi Marilene!
    Texto muito lindo!
    Gostei de teu blog, estou te seguindo, venha ao meu também.http://zilanicelia.blogspot.com/
    Abrçs

    ResponderExcluir
  44. Oi, Marilene, seu poema além de conter sabedoria, tem poesia e motivação conforme estamos precisando sobremaneira hoje.

    Fernando Pessoa disse:
    "E a minha alma alegra-se com seu sorriso, um sorriso amplo e humano, como o aplauso de uma multidão".

    Parabéns pela maestria!

    Abraços do amigo de sempre!

    ResponderExcluir
  45. Olá Marilene, muitíssimo grata por suas preciosidades sempre compartilhada com carinho aos seus leitores. Amiga quero lhe desejar uma semana linda. Grata também por suas palavras sempre inteligentes em comentários seus quando passas em meu canto hermenêutico complementando e assim nos ensinando nesta trilha de caminhadas e alegrias. Meu abraço com ternura. Luciana Goyaz.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...