16 de novembro de 2011

MUDANÇA DE DIREÇÃO




                                                                         
                           Não o quero ferir, mas,
                           Do caminho que faz eu me desviei
                           Outras vozes me chamam
                           E a elas atenta, em silêncio, fiquei
                           Pude ouvir que há passagens
                           Onde não transitei
                           Que na bela loucura
                           Ainda não adentrei,
                           E meus passos, vagarosos,
                           Adotados pra ficar como os seus
                           Já não temem o adeus


                                                        
                            
                             Não o quero magoar
                             Mas prefiro a distância
                             A essa mórbida constância
                             Que você adotou,
                             Como se primazia
                             Como se alegria,
                             Sem espaço para a dança e o novo
                             Que fiquei a esperar,
                             Acalentando sonhos
                             Que não se vão realizar


                             Não o quero ferir
                             Mas partir é seleta opção
                             Não sou mais primaveril
                             Já não tenho ilusões juvenis
                             Não me adorno com artifícios
                             Tenho gostos e vícios
                             Mas não perdi a inventividade
                             E cansei de hibernar



                                          
                             Sendo, assim, meu querido,
                             Fique com as boas lembranças.
                             Esse seu jeito, em desuso,
                             Requer muitas mudanças
                             Que não me disponho a injetar.
                             Nessa fase, já maturada,
                             Vou para a vida voltar,
                             Sem o medo de avançar


                                                           (Marilene)


(Imagens retiradas da internet . Se, inadvertidamente, estiver a ferir direitos, solicito seja avisada, para imediata regularização)

44 comentários:

  1. Uma decisão que a todos contagia! Nunca é tarde pra recomeçar. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Marilene,
    Me desculpe voltar, mas é que gostei muito do seu comentário sobre meu poema. Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Húhúhú!!!Que canto heróico!Que ode libertária! Que poema épico, Mari!
    Espanou a poeira velha, lixou a pintura desbotada e fez pátina virada e luminosa na casa do coração.
    Bravooo!!
    Isto é um hino p/todas as mulheres.
    Bjosss,
    Calu

    ResponderExcluir
  4. Olá Marilene. Adorei essa mudança de direção... há momentos que é preciso mudar a direção da nossa vida. Maravilha menina! Mulher de atitude. Bjos querida!

    ResponderExcluir
  5. Por vezes há que mudar de direcção, seguindo a nossa própria direcção, aquela que nos faz feliz.
    Magnifico, como sempre.
    beijinhos
    oa.s

    ResponderExcluir
  6. Belíssimo Marilene,às vezes precisamos mudar de direção, olhar outras situações a nosso favor, crescer, viver, sem depender de outras artimanhas existentes e viciosas.

    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  7. Palavras desenhando um novo começo.
    Belo!
    Bjs, Marilene.
    Em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  8. Boa noite amada.
    Estava aqui pensando em quanto te lia.
    O sentimento é tão amplo em nós.Mesmo quando ha profundidade grande neles.

    Recomeçar é uma palavra cheia de brilho.
    Amei teu poema moça linda.

    Beijinho Marilene

    ResponderExcluir
  9. Os ciclos inevitáveis...Assim é a vida.

    =*

    ResponderExcluir
  10. Oie lindona.

    Recomeçar sempre quando se faz necessário, mudar o olhar, o foco, tudo pra ir ao encontro da felicidade e do amor.


    beijos querida

    ResponderExcluir
  11. A vida é assim, um eterno recomeço! Lindo poema Mary!

    ResponderExcluir
  12. Só colocaria a canção: uma saideira e muita saudade e a leve impressão de que ja vai tarde.Lindissimo amiga.Um Show de construção.
    Carinhoso abraço. Bju.

    ResponderExcluir
  13. Chega um momento em que a nossa companhia nos basta, diante de tantas exigencias e pedidos de mudanças, não é mesmo? Se ainda houvesse a contra-partida...rs

    Bacana o novo layout.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  14. Marilene,
    depois que a árvore já deu todos os frutos que poderia, e se mantém bem como está; é hora de começar tudo de novo: semente, terra e água. Vida nova, nova vida despontando!

    Marilene, eu que agradeço tua gentileza, estou sim de curtas férias, mas sigo com as visitas nos blogs que gosto muito, o teu, por exemplo!
    Grande abraço e ótimos dias :)

    ResponderExcluir
  15. um gole no teu poema
    embriaguei-me de sentidos

    lindo por demais!

    beijos,
    do menino


    fique com Deus!

    ResponderExcluir
  16. Belo alvorecer minha querida !
    Nossaaaaaaaaaaa !
    Hj vc superou na beleza desse intenso poema.Falar de mudanças nos traz a semente para plantar e ver a evoluçao...
    Bjss

    ResponderExcluir
  17. Bijzonder mooi werk op jou blog Marilene, jij verdient een groot compliment !!!

    Lieve groetjes, Joop

    ResponderExcluir
  18. Marilene

    Também acho melhor assim... Maturidade!
    Seria muito pior o abandono sem explicações e ignorar alguém com sentimentos... A verdade, doa a quem doer!
    Uma bela despedida em forma de poema, ou um belo poema em forma de despedida...

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  19. Love this post, Marilene. Beautiful, just very beautiful.

    ResponderExcluir
  20. oi marilene
    lindo texto, um belo dia minha amiga bjs

    ResponderExcluir
  21. Magoar,,,ferir,,,se perder, se encontrar,,,muitas vezes temos que tomar essa decisão de mudar o rumo do caminho,,,e outras o adeus é questão de tempo...beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  22. Marilene

    Poema de reflexão! "não quero magoar"... "sem medo de avançar".
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Bom dia,Marilene!!!

    Querida poetisa, quanta sensibilidade nestes versos!Quanta serenidade e emoção!!!!
    É preciso saber reconhecer a hora de seguir em frente,nem sempre fácil...
    Teus versos de uma beleza que encanta e enleva!!!AMEI A POESIA!!!!
    Beijos pra ti!!!

    ResponderExcluir
  24. Se queres manter acesa
    A chama viva do amar
    É preciso, com presteza,
    Outra tocha inflamar
    Quando vires - que tristeza! -
    Que a primeira, com certeza
    Vai em breve se apagar.


    Beijos, menina inconstante...

    ResponderExcluir
  25. OI MARILENE!
    DECLARAÇÕES DE UMA MULHER MADURA E QUE SABE O QUE QUER DA VIDA E DA PESSOA COM A QUAL ESTIVER DIVIDINDO O AMOR.
    MUITO BONITA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. OLÁ MANA,
    Estava aqui rindo sozinha de seus encantadores versos, pois se enquadraram por demais em determinado caso (ABAFA!).

    Coisas da vida, né? O importante é ter coragem
    para recomeçar. Afinal, amar e ser feliz é o sonho de todos.

    ADOREI SEU POEMA!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  27. Linda poesia.

    Expressa sentimentos ocultos e inacabados

    ResponderExcluir
  28. Oi Marilene!
    Ter a coragem para reverter a situação e recomeçar é certamente um grande amor por si mesmo.Belíssima poesia!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  29. Olá, te encontrei no blog da Fernanda e vir conferir o teu espaço. Parabéns, os poemas são lindos e intensos. Local agradável para passar horas pensando, pensando e...pensando!

    Bjo grande e abraço na alma.
    Diva L.

    ResponderExcluir
  30. Marilene querida amiga, identifiquei-me de imediato com teu belíssimo poema.Mudar de Direção nem sempre é escolha nossa, mas sempre uma opção necessária. A vida há de florir outra vez!
    Saio daqui encantada e fortalecida para enfrentar as minhas dores emocionais e recomeçar outra vez.Bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
  31. Oi moça querida!
    Vim sentir tua poesia, ela é sabedoria.
    Gosto de presenciar conteúdos e aprender com eles.

    Deixo um beijinho Marilene

    ResponderExcluir
  32. Olá, Marilene

    Este seu poema tem um toque que contagia, a decisão de mudar de direcção, de começar de novo é um belíssimo projecto...é muito bom concluirmos que já não dá continuar a viver determinada situação...

    Querida, agradeço a sua visita, gostei muito.Vou segui-la... :)

    Beijos

    Olinda

    ResponderExcluir
  33. Muito boa decisão!. Nunca é tarde demais para começar de novo ...

    beijos

    ResponderExcluir
  34. Um excelente final de semana pra ti minha amiga cheio de flores e versos...beijos e beijos..

    ResponderExcluir
  35. Muy buenops dibujos y fotografias...seguimos..un beso desde Murcia...

    ResponderExcluir
  36. Hola,preciosas letras van desnudando lentamente la pura y genuina belleza de este blog, si te gusta la palabra elegida, la poesía, te invito al mio,será un palcer,es,
    http://ligerodeequipaje1875.blogspot.com/
    gracias, buen día, besos solventes...

    ResponderExcluir
  37. oi amiga
    um maravilhoso final de semana,bjs

    ResponderExcluir
  38. Marilene

    Um Poema de alto senso!
    Tudo é feito serenamente para reparar uma harmonia que não dá.
    Um Poema com cabeça, tronco e membros. Um Poema inteiro.

    Beijos


    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  39. Tu poema,, al leerlo, he sentido que has tenido dolor con el Amor.
    Y nunca es tarde para cambiar si es necesario.
    Te felicito, es bonito poema.
    Un Saludo de manolo. desde SEVILLA, ESPAÑA

    Mi blog: marinosinbarco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Seu poema me toca a alma e enfeita o espírito. Suas postagens têm um alta grau de sabedoria divino. Beijos e bom final de semana.

    http://tendadaspalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  41. Olá,Marilene!!!

    Tenha um ótimo final de semana poetisa!!
    Que seja de muita inspiração e alegrias!
    Beijos!!!!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  42. Oi Marilene! Uma linda e inspiradora poesia!!! Um beijo e ótimo final de semana!!!! Lu...

    ResponderExcluir
  43. metamorfose: precisa-se. quanto de nós é renovação?
    (que a mudança, por mais justa e necessária que seja, jamais perca a memória, sob pena de se perder a si mesma).
    beijinho, querida marlene!

    ResponderExcluir
  44. Se estamos ao lado de alguém que impede que caminhemos em frente, então a separação é o melhor caminho, Marilene.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...