6 de novembro de 2011

SE ...




                           Se suas mãos me segurassem com afeto
                           Sem questionar o que é errado ou certo
                           Eu poderia deixar que passeassem
                           Por todo o espaço que lhes conviessem
                           Distantes do universo
                           Voltadas para o perto
                           Em fusão que da ilusão vem
                           Mas que sempre nos convém


                           Se esses olhos  seguissem os meus
                           Com passos silenciosos
                           Mesmo na escuridão do mundo, tão preciosos,
                           Eu poderia deixar que vissem muito além
                           Saboreando formas e sentindo aromas
                           Tão conhecidos e que , outra vez, vividos,
                           Só nos fariam bem


                                                   
                            Se esses lábios os meus buscassem
                            E se entregassem a beijos loucos,
                            Afoitos, na ânsia de saciar o desejo,
                            Já não teria medo
                            De deixar fora um mundo de segredos
                            Que escondem os enganos de  opções
                            Das quais só restam cacos de emoções


                                                                
                                                     
                           E nesse "se",  eu alimento a fantasia
                           De reviver o que tanto queria
                           Sabendo que, contrariado,
                           Em outros braços deixa seu corpo enlaçado
                           Escondendo os olhos que trazem a verdade,
                           Ocultando-os com as mãos 
                           Que também têm saudade
                           Da realidade de um amor, que sabe,
                           Só encontrará , mais uma vez,
                           Na vertigem que lhe deu origem


                                                                       (Marilene)


( A Emiliana, do blog   http://historiasdeemilia.blogspot.com /onde trata de temas de grande relevância, me honrou ao me convidar para o ping-pong desse final de semana. Convido os que não conhecem seu espaço, para fazer uma visita. Ela merece muitos créditos pelas discussões que propicia.)

43 comentários:

  1. Tuas poesia são sempre lindas!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Ola´eu acho que não são só as *poesias lindas, é o conjunto...* *imagens em harmonia com a simplicidade de poesias encantadoras. Uma perfeição*, um delírio*) )
    Amei todas!
    Beijussss

    ResponderExcluir
  3. Uma entrega total não tem julgamentos, não tem certo ou errado, mas existe o SE que atrapalha, não é? Uma ótima semana, bjs

    ResponderExcluir
  4. Boa noite querida!
    Estive no ping pong e deixei meu comentário lá.
    Como sempre vc arraza com seus poemas tão cheios de palavras sentidas,avassaladoras que se torna fortes...
    bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  5. Você sabe falar de amor! Um tema tão abordado mas difícilmente bem resolvido. Acho que o seu segredo é deixar fluir a emoção.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  6. Essa é a verdade do como seria se não fosse a realidade, que é outra. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  7. Ah, esses 'desencontros', tão amplamente vividos nessa mínima partícula "se".
    Quanto descompasso ela exprime, quantos suspiros ela causa. Quanta memória e saudade....

    Beijos, Marilene!

    ResponderExcluir
  8. \Eu que fiquei honrada e feliz com vc por lá,Marilene.
    Obrigada.
    Vc é uma mulher e tanto.
    Boa semana,bjka

    ResponderExcluir
  9. Marilene,
    o "se" de hipótese, afinal..., quase tudo na vida é hipotético, pois criamos a intenção e nem sempre, ou quase nunca, temos a certeza de que aconteça realmente.
    Muito bonito!
    Neste teu poema não ficou nenhuma hipótese para mim...(se eu gostei..., por exemplo), porque eu gostei!

    Beijinhos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  10. Marilene perfeito seu poema...
    e... "se" é onde tudo muda...

    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  11. The first picture is really very nice... i love your blog.

    warm hugs, Joop

    ResponderExcluir
  12. Mais uma linda poesia! Parabens Mary, você é uma das melhores poetizas da blogosfera!

    ResponderExcluir
  13. MARILENE amiga "se" você estivesse ausente muito tempo, eu ficaria muito trite!
    Sua poesia encanta-me!
    Um beijo amiga

    ResponderExcluir
  14. Belos versos,,,cheios de sentimentos e um "se" pode mudar todo o rumo de uma história...beijos de boa semana pra ti.

    ResponderExcluir
  15. Que o "se" se torne efectivo e alimente corações onde o amor escreve poesias envolventes.

    Boa semana Marilene, beijinho
    oa.s

    ResponderExcluir
  16. "Se" é uma palavrinha tão pequena, para acalentar tantos desejos, sonhos e fantasias!
    Mas o seu "se" conseguiu transbordar um lindo poema!
    Beijokas doces minha querida Marilene, que tenhas uma semana abençoada.

    ResponderExcluir
  17. Maravilhoso poema querida... fascinante...o "se" é um caso sério mesmo amiga... sempre nos intrigando, fazendo nossa cabeça voar...beijinhos e feliz semana...
    Valéria

    ResponderExcluir
  18. Marilene, parabéns pelo belo blog, vc sabe expressar muito bem seu lado poético.

    Bj

    ResponderExcluir
  19. Marilene,um primor a sua arte de poetar...Para ver e sentir essa delicadeza, temos, que possuí-la. E foi o que demonstrou e demostra sempre nos seus versos. És grande poeta!
    Parabéns! Beijos e ótimo começo de semana.

    ResponderExcluir
  20. Que seria da esperança
    Onde a certeza fluísse?
    Qual o valor da confiança
    Se o "talvez" fosse crendice?
    Não haveria o amor,
    Pois seria uma tolice
    O coração se expor
    Se o "se" não existisse...

    Um beijo sem "se"... mas com uma pitada de "talvez", só pra dar sabor.

    ResponderExcluir
  21. Linda e maravilhosa, amei e estou com saudades de ti, mas o post é lindo tenha um bela semana, beijos !!!

    ResponderExcluir
  22. Poema bonito e profundo. A teoria é excelente, colocá-la em prática é mais valiosa... ;-)

    bjs

    ResponderExcluir
  23. -----\\\\|//-------
    ------( @@)-------
    ---ooO--(_)--Ooo—

    Uma passadinha rápida para deixar...

    ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
    (¸.•´ (¸.•` ** ...um beijo no seu...

    ___00000___00000________
    __0000000_0000000_______
    __00♥*Beijinhos*♥00______
    ___0000000000000________
    ____00000000000_________
    ______0000000___________
    ________000_____________

    ResponderExcluir
  24. PARABÉNS
    PELO MARAVILHOSO TEXTO.
    VIM TE FAZER UMA VISITA. ANDEI AFASTADA POIS MINHA FILHA ESTAVA COM A PERNA ENGESSA. MAIS AGORA ESTOU RETORNANDO AOS POUCOS.
    cada amigo que conquistamos,
    é uma flor no jardim da nossa vida,
    porque amizade se conquista
    aos poucos ao dia a dia.
    Essa flor é pra lembrar a você que estou
    presente sempre...
    Mesmo distante.
    E mostrar pra você,
    que sua amizade é importante pra mim!!!
    Uma flor para
    ............. / .\. \.....Alegrar o seu dia,
    ........... / . . \ ..\ ..Para perfumar
    ......... / . . . `\ ..\ A tua alma
    ........ |. . . . . |. ..|Encher o
    ......... \ . . . ./ . ./.Teu coração
    ........... `=(\ /.=´.De Amor...
    ............. `-;`.-' ...Para te alegrar...
    ................ || _.-'| .Uma flor para
    ............. ,_|| \_,/ ..Te mostrar o mundo
    ........ , .... \|| .' ....Pleno de Amor,
    ...... |\ |\ ,. ||/ ......Felicidade,
    ....,.\` | /|.,|Y\, ....Amizade,
    .....'-...'-._..\||/ ....Carinho
    ......... >_.-`Y| .....E Paz!
    .............. ,_|| ......Uma flor para
    ................ \||.......Te desejar
    ................. || ......Tudo de bom

    ResponderExcluir
  25. Mais um lindo e maravilhoso texto! Poetar é uma arte,só acessivel a alguns, aqui sempre a encontro!
    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Passei pra te desejar um maravilhoso mês de Novembro e para agradecer todas as vezes que você carinhosamente esteve visitando meu blog.
    Espero que volte em breve...

    Beijos
    Ani

    http://cristalssp.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Marilene

    Poema bonito, onde os "se" podem representar questões importantes, ser sentida as devida altura... "SE".
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Olá MANA,
    E SE você não tivesse feito este poema nós perderíamos a oportunidade de ler e apreciar
    tamanha preciosidade.
    Muito lindo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  29. É sempre tão importante que exista uma entrega com segurança, liberdade e... claro: amor.

    ResponderExcluir
  30. Querida amiga, este "Se" nos leva para bem longe da realidade que o alimenta.
    Se pudéssemos levar nossa fantasia para bem perto dos sentimentos e neles encontrar reciprocidade, com certeza ali moraria a felicidade, mas
    nada nos impede de sonhar e de alçar grandes voos.
    Tenhas uma semana incrível e feliz.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  31. Olá,Marilene!!

    Transformaste o "se" em versos belíssimos!!!(já briguei muito com o "se"rsrsr)
    Uma poesia plena de intensidade e sensibilidade!!!
    E as imagens..ah!!!Escolha perfeita!!
    Beijos pra ti querida!!!Tudo de bom!!

    ResponderExcluir
  32. Oi Marilene!
    Vim agradecer sua visita e gostei muito de seus blogs! Lindo poema! O "se" é sempre um quê a se considerar, complica muito.rsss
    Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  33. Um belo dia pra ti minha amiga, muito carinho e muita poesia pra alimentar a alma..beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  34. Belo poema que fala da possibilidade que escapou.
    Bjs, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  35. Olá Marilene!
    Bom.. primeiro vamos falar de coisas bonitas e agradáveis :) .. como este lindo poema seu, que como sempre lhe disse, tem um dom magnífico em fazer o uso das palavras.. dando origem a versos encantadores!
    Agora.. em relação ao blog.. ixiiii.. acho que ele queimou o pé comigo rsrsrsr.. de nada adiantou.. tudo continua muito estranho... os sites que sigo, não aparecem e as atualizações dos mesmos tbém não... os seguidores do nada somem.. não tem como localizar.. tem que ficar clicando em atualizar até que apareça alguma coisa.. não sei se esses problemas só acontecem lá no meu ou se tbém em outros tem ocorrido esses probleminhas.. enfim.. desisto... vai ficar do jeito que está.. quem sabe um dia ele não faz as pazes comigo né? rsrsrsr

    Beijão imenso em seu coração Marilene!
    Verinha

    ResponderExcluir
  36. Sabe, amiga,

    o if é sempre uma vertigem!

    Bjsss

    ResponderExcluir
  37. Meninaaaaa...lindo demais seu poema!!
    Adorei tudo as palavras, as imagens...

    Parabéns!!Parabéns!!
    Beijinhos Iluminados!!

    ResponderExcluir
  38. Boa tarde, Marilene. Mais um poema maravilhoso, entregue, sensível, e verdadeiro.
    "SE" é uma condição que muitas vezes aprisiona as nossas vidas, vivemos pensando o que teria acontecido se fizéssemos ou ou não determinadas coisas, e acabamos não vivendo o presente.
    O "SE", muitas vezes vem com dores e angústias que nos fazem muito mal.
    Passe no meu cantinho, pois a postagem em questão,é uma homenagem aos amigos, que não consegui falar com todos, ainda bem que eles apareceram, rs.
    Você é uma(pelo menos eu considero)!
    Te espero.Um beijo grande, e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  39. Porque somos cheios de nós demais, porque continuamos não cedendo, porque parece que nunca vamos entender que se doar completamente, conjeturar menos é o que deve ser feito, porque achamos que amamos mais do que somos amados, como se estivéssemos numa competição e ainda criamos pequenos fantasmas para atormentar um relacionamento que poderia ser maravilhoso, por isso.

    muito reflexivo o que vc escreveu. adorei

    ResponderExcluir
  40. Olá,Marilene!!

    Tenha um ótima noite poetisa!!Que seja de belos sonhos e muita inspiração!!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  41. "Um abraço reconfortante a um coração inquietante"
    Eu que já amei, sofri e por muitas vezes chorei
    Tenho aqui em sua casa o resplendor do renascer
    Escreves com maestria de eterna amante
    Descarta-se o suplício liberta os corações em rompantes!
    Marilene, que suas palavras jamais cessem
    Que este amor mesmo por vezes incompreendido, viva eternamente nestes seus escritos...

    Beijos de muito admiração.

    H²K

    ResponderExcluir
  42. O "Se" deve ser usado com sabedoria e cuidado, como tudo na vida, Marilene.
    Li tua entrevista no site da Emiliana, sua história de vida é realmente admirável.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...