3 de dezembro de 2011

INSTANTES

   
                                                                          
                            Faça em silêncio todas as promessas
                            Deixe-as seladas pelo nosso olhar
                            Como os murmúrios dessa nossa noite quente
                            Serão levadas , logo ao despertar

                            Use caminhos pra dizer que ama
                            Beije meus lábios pra acender a chama
                            Feche os ouvidos para o que lá fora
                            Possa mostrar que é hora de ir embora


                                                     
                               Não obedeça  apelos da razão
                               Enquanto existe nossa comunhão 
                               Eis que a paixão, presente,  
                               Nos sorri sem medo
                               Tornando audível a voz do coração

                               É nesse instante que se faz contente
                               Uma loucura que não chamo insana
                               É esse instante de procura e entrega
                               Que impele a mente a admitir que ama


                                                                            (Marilene)


(Imagens retiradas da internet. Se, inadvertidamente, estiver a ferir direitos, solicito seja avisada, para imediata regularização)

36 comentários:

  1. Excellent work..... you are surprising me everytime again....... compliments too you.

    hugs and warm greetings, Joop

    ResponderExcluir
  2. deixar a mente insana...adorei beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  3. O poema deixou em mim a sensação de que o universo todo vive o aqui e agora, viver o amor na plenitude desse momento, e depois, depois, a "resposta está no vento, só o tempo dirá"...

    Beijos, Marilene!

    ;)

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Ah, o amor!... Por ele morremos, mas por insana loucura, ainda continuamos a viver. Delícia de amor!

    Lindo poema, Marilene! Perfeito!

    Beijos,

    Nel
    3 de dezembro de 2011 16:19

    ResponderExcluir
  6. Olá Marilene,
    gosto do seu jeito especial de escrever, há uma entrega aos versos, Há um ardor! Afinal, falas de amor.
    Parabéns e um bom final de semana

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema minha doce Mari, estava com saudades, sabia?! Minha poetisa tão querida seus versos me encantam...vou lá ver textos pq tô com saudades de lá tbm.

    Minha amiga, mesmo longe vc me faz um super bem e eu agradeço a Deus por vc existir :)

    Mari, vcs têm uma irmã que é a cara da Vera ou é impressão minha? Tem umas fotos que vão descendo e eu acho que é a Vera, daí acho que não é...e acabei de ver uma foto que estão as duas juntas
    ...fiquei confusa amiga rsrs
    Te amo...bjokitas mil...

    ResponderExcluir
  8. Oi Marilene! Quanto tempo, né!!! Resolvi fazer uma postagem e passar aqui para ler seus poemas. Como sempre, muito bons. Lhe desejo um ótimo fim de semana. Bjs

    ResponderExcluir
  9. MARILENE, esse amor paixão, comunhão e sem razão só é mesmo audível ao coração.
    Adorei o poema!
    Beijos no seu coração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  10. Vixe... que lindo hein!
    O amor é lindo né?

    Parabens!

    ResponderExcluir
  11. A felicidade é feita de momentos. Deixar-se levar pela plenitude dos sentimentos ouvindo o somente o coração faz da razão apenas uma coadjuvante.
    A opção é nossa e o momento lindo também.Vale arriscar-se.Isto é viver e ser feliz.
    Amei teu poema, linda amiga!
    Seja feliz.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  12. Olá, Marilene

    A vida é feita de Instantes que deveríamos viver intensamente e com paixão e, como bem diz, deixando falar o coração.

    Belíssimo poema.

    Bj e bom fim de semana

    Olinda

    ResponderExcluir
  13. O momento mais bonito do amor, o único que realmente nós embriagado, é este prelúdio: o beijo.

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Marilene,
    que lindo!

    Excelente tática para vencer uma batalha é atacar pelos flancos.

    Sim,
    amor é guerra que não se luta,
    é batalha que se ganha,
    antes de nova batalha,
    é atacar com beijos no silêncio.

    Marilene, espero que esteja tudo bem com a mãezinha de vocês.
    Ótimo domingo para ti e família!

    ResponderExcluir
  15. É essa a beleza de estramos apaixonadas: tudo pode ser insano...mas tudo faz sentido!
    Gostei da tua escrita.

    E gostei de te ver no "blue"...Obrigada. Também já tinha visto o teu nome...mas estava mais preocupada em dar resposta aos que me haviam comentado...do que enveredar por novas descobertas
    Que bom teres tomado a iniciativa: percebi o que estava a perder:um blog por excelência!
    Obrigada.
    BEIJO
    BShell

    ResponderExcluir
  16. Instantes repletos de versos e sentimentos que fazem uma vida...beijos de boa semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  17. Oi Marilene!
    Que ode ao amor! Deixar a mente insana, noooossa, inspiradíssima! Lindo!
    Beijinhos e um lindo domingo!

    ResponderExcluir
  18. Gosto mais deste espírito, Marilene.
    O Amor existe e é vivido de muitos modos e intensidades. O racional pode não ser o caminho certo, porque impeditivo da espontaneidade, da partilha, da ausência de calculismos...
    Quem Ama, sabe!
    No Amor, não há "Momentos Fragmentados".

    Beijos


    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Instantes vividos assim... é dar liberdade ao amor de ser sentido em todos os sentidos.
    Amei seu poema!! Você é ótima!
    Se expressa muito bem!
    Beijokas e boa semana com bons instantes que se façam eternos pra você! :)

    ResponderExcluir
  20. Licença para parodiar?

    É nesse instante que se faz eterno
    É na razão que se descobre insana
    É na loucura de um beijo terno
    Que a paixão cresce e dela o amor emana!


    Brigado. Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Olá Marilene. Maravilhosos versos e doce entrega! Bjos e todo carinho pra vc. Adorei!

    ResponderExcluir
  22. Bellissimi versi
    Gio'
    http://remenberphoto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Esses são os instante melhor do amor. Uma entrega eterna. Bjs e ótimo começo de semana.

    ResponderExcluir
  24. Um encontro de almas que traduz o amor em todos os versos.Muito lindo!
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  25. Otimos conselhos para ser ouvido!

    Lindo poema!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Olá Marilene! Instantes efémeros que se convertem em doces momentos fragmentados… Beijos António

    ResponderExcluir
  27. Olá MANA,
    Momentos de doce loucura, que silencia a razão e deixa reinar a paixão.
    Muito lindo o poema.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  28. Eis a catarse da paixão ardente. Belíssimo, Marilene! Grande abraço e ótima semana.

    ResponderExcluir
  29. Beijo carinhoso de bom dia pra ti minha amiga...

    ResponderExcluir
  30. É nestes instantes que nos levam a loucura e nos tiram um pouco da realidade para podermos flutuarmos pelo menos em instantes :)
    Um encanto este poema,Querida Mari!
    Beijo enorme e uma semana doce a ti!

    ResponderExcluir
  31. Minhas saudações da França! Depois de visitar seu blog, eu não poderia deixar sem colocar um comentário.
    Quero parabenizá-lo no seu blog!
    Talvez eu teria a oportunidade de recebê-lo na minha também!
    Meu blog é em francês, mas à direita é o tradutor do Google!
    bom dia
    cordialmente
    Chris
    http://sweetmelody87.blogspot.com/
    FELIZ NATAL PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA
    http://joyeux-noel-sweetmelody.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. Nada mais sublime do que o amor em seu momento de entrega.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  33. Boa noite minha linda!
    Me ausento e fico cheia de saudades,mas é a profissão que me tira dos meus amigos virtuais,mas cheguei,kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Para te ler e me deliciar com o teu poetar...cada dia se superando mais...
    Bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir
  34. Como chegar ao âmago de um amor,
    Custando não importa o que for?
    vendo nascer o sol e vendo o sol se por?
    Dando e recebendo prazer como tem sempre de ser?
    Exorcizando todo mal sentimento?
    Seguindo nos sussurros das estórias do vento?
    O que a separa desse amado desconhecido?
    Aquele para o qual tu reservas o teu mais delicioso gemido?
    Aquele que estabelece a sua identidade?
    Ti tomando inteira,nunca pela metade?
    Por onde andará...
    Esse homem que é a sua loucura?
    Que ti desvenda na primeira leitura?
    E que em ti provoca esse querer tão intenso?
    Desnudando todo e qualquer bom senso?
    Tornando o teu mundo até à dor,infenso?
    O que ti faz desejá-lo,em todo o instante?
    Antes de agora,antes de hoje,
    Antes de antes???
    Antes mesmo da eternidade?
    Anterior à definição do que seja a Verdade?
    Minha linda,não fique triste,mas,
    Esse homem só existe,
    Nos momentos de felicidade intensa,
    Nos quais,tu sentes como uma recompensa,
    Seja debaixo da lua,
    Seja em uma suíte,
    De que a vida para ser bem vivida,
    Tem-se que celebrar a poesia do encontro,
    Tanto quanto a da despedida.
    Assim,esse homem ti aguardará nas cheias da lua,
    Acendendo primaveras a cada passo teu na rua,
    Nos teus caminhos da rosa e da chuva,
    Em cuja névoa rubra e secreta,
    Já encontrastes a felicidade menina-poeta...
    Tanto quanto o peregrino encontrou o seu caminho,
    Tanto quanto ser a solidão aquilo que compraz o asceta,
    Então,receba essa poesia-beijo,com todo o meu carinho,
    Que seja ela um bálsamo para as suas feridas
    Se houver desespero que ela ti mostre as portas de saída...
    Que ela resgate em ti,,
    Quando as pontes forem rompidas,
    o bom fôlego de quando tu sorris
    Que o teu sonho,como o verão,
    mesmo nas noites de tempestade,
    Realize feito um trovão,
    A sua perenidade.
    (Vou postar esses versos no meu blog)
    Bjosss...

    ResponderExcluir
  35. Barthes

    Muito lindos seus versos. Já fui ler sua postagem, mas vou deixar aqui, meu agradecimento.

    Bjs.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...