1 de dezembro de 2011

PAZ



                                                                
                                           Deitei na grama molhada
                                           Depois de muito vagar
                                           Fitei o nublado céu
                                           Cansada de caminhar
                                           Jornadas iguais
                                           Mundo vazio
                                           Sentimentos vãos
                                           Naquele úmido chão
                                           Deixei os olhos cerrados
                                           Buscando paz
                                           Permiti que minh'alma voasse
                                           Pois disso ela é capaz
                                           Talvez encontre um abrigo
                                           Distante desse viver
                                           E assim, retorne mais livre,
                                           Em um novo alvorecer


                                                                            (Marilene)

35 comentários:

  1. Comecemos a semear a paz, é tempo de coisas novas.
    Beijos flor.

    ResponderExcluir
  2. MARILENE, nem vou falar de suas qualidades e da tão esperada inspiração genial.
    Adorei isso:
    "Permiti que minh'alma voasse Pois disso ela é capaz"
    Bom sentir isso!
    Beijo no coração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Marilene!
    A paz que deveríamos buscar sempre é a interior.
    Não é difícil de conquistá-la, basta querermos.
    Seu poema, engendrado com grande engenhosidade, canta a simplicidade de alcançarmos a paz conosco mesmos.
    As rimas dão ao poema um ritmo que embeleza tanto a forma quanto ao conteúdo.

    Parabéns pelo alumbramento!

    Abraços fraternos do amigo de sempre!

    ResponderExcluir
  4. Tudo o que mais desejamos é encontrar a paz, e isso começa por nós.
    Belo versos.
    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  5. Olá, Bom dia Marilene. È preciso sempre buscar a paz para se viver. Parar em um momento, procurar as coisas do alto. Também não nos esquecermos que Deus habita em nós. Tenha sempre paz! Seja feliz! Linda mensagem. Bjos e todo carinho pra vc!

    ResponderExcluir
  6. Lindo e paz é o que todos precisamos!beijos,chica

    ResponderExcluir
  7. Suas poesias dão asas ao meu alvorecer! abraços

    ResponderExcluir
  8. Paz dos sentimentos, paz do olhar,,,paz que alma precisa pra sonhar...beijos de bom dia pra ti.

    ResponderExcluir
  9. Precisamos, cá na Terra,
    De quem, como você, traz
    Menos hinos para a guerra,
    Mais poemas para a paz.

    Luminosos versos, poetisa. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Amiga Marlene; paz, a mãe de todas as virtudes.
    Sabes, que agora, há uns dez minutos, li um poema da Severa no blog Folhas de Outono, que também falava da natureza. Então, o meu depoimento aqui, vai ser praticamento o mesmo, pois, ao ler sobre grama molhada (lá era relva), veio-me à memória o cheiro de relva molhada, que eu sentia no tempo de criança, ao atravessar um enorme, quando ia para o colégio. Ah, gostei muito do teu poema.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderExcluir
  11. Depois de uma bela caminhada, ha sempre um novo alvorecer!
    Lindo!!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Demais! Mesmo cansada, sempre uma força grande vem de ti, dos teus versos, dos teus poemas. Um dia lindo de viver, bjo

    ResponderExcluir
  13. Tuas palavras são de uma leveza tremenda. Doce paz!

    Beijos, querida ;)

    ResponderExcluir
  14. Precioso y hermoso todo lo que escribes con un impresionante poema que refleja una visión de esa paz y que por alguna circunstancia muchas veces la echamos de menos para estarnos bien con nosotros mismos. Gracias por compartir amiga. Que pases un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas. Un beso desde la distancia de un amigo.

    ResponderExcluir
  15. O alvo de meu blog é divulgar o bom nome de Jesus. E levar cada crente mais perto de seu Senhor, ficarei feliz se quiser fazer parte dele, contudo não deixarei de visitar, e comentar em seu blog. Ficarei á espera da sua amizade virtual. Minhas saudações em Cristo Jesus.

    ResponderExcluir
  16. Olá mana,
    Esta pausa é salutar. É nela que encontramos a paz tão almejada. Nossa alma agradece.
    Lindos versos! Belo poema!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Lindo minha amiga, e quantas vezes num perdemos nossa paz pelo caminho, e dali ficarmos quietinhas e aquecendo nosso coração pra que ela volte. E sempre conseguimos, né?! :)

    Vc num imagina o tamanho da saudades que sinto dos seus versos...minha poetisa tão linda!
    Amo vc! beijokitas com super carinho...obrigada pelo apoio e amizade sempre!!!!!!!

    ResponderExcluir
  18. Marilene

    As vezes é necessário deixar a alma da gente voar e buscar a paz em algum lugar...

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  19. Boa noite querida..."Buscando paz
    Permiti que minh'alma voasse"...neste instante, divago, devaneio e sonho, minha alma sempre livre voa e vai longe...Adorei! Bjin

    ResponderExcluir
  20. Querida,

    Essa paz tão almejada, às vezes está tão próxima de nós e não nos permitimos buscá-la em coisas tão simples e que tanto bem nos faz. Como fechar os olhos e deixar a alma voar, relaxar o corpo e permitir a energia entrar, sentir as batidas de nosso coração é maravilhoso esse momento só nosso...
    Saudade... Beijos e uma noite de paz!

    ResponderExcluir
  21. Acho que a chuva traz inspiração!
    Já escrevi muito quando chovia...É gostoso!
    O cheiro da terra molhada é muito bom...

    Uma linda noite pra você.
    Por falar em chuva aqui está caindo muita água agora...

    Bjussss

    ResponderExcluir
  22. oi Marilene bom dia
    lindo amiga, um maravilhoso dia repleto de alegrias bjs

    ResponderExcluir
  23. Um final de semana repleto de poesia e muito carinho pra ti minha amiga querida...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  24. Ah!Marilene...quantas vezes neste ano já me senti assim...ainda bem que um novo alvorecer aparece renovando tudo, trazendo PAZ!
    Que belíssimo poema querida!!!Traduziu tão bem em versos sentimentos por vezes bem conflitantes!!!
    *A imagem linda também!!!
    Beijos pra ti querida poetisa!
    Tenha um ótimo final de semana!!!

    ResponderExcluir
  25. Um Feliz Natal! Um Feliz Natal! E que Deus lhe guarde um próspero ano de felicidades!

    ResponderExcluir
  26. TODOS NÓS TEMOS UM MOMENTO DE BUSCAR A PAZ INTERIOR, A PAZ É UM MOMENTO SUBLIME NA VIDA DO SER HUMANO, BEIJOS CARINHOSOS

    ResponderExcluir
  27. Lindos versos, querida, como ansiamos por paz...como ela nos faz bem... temos mais é que buscá-la...
    Beijos e ótimo final de semana amiga
    Valéria

    ResponderExcluir
  28. _______________________________________
    __0000______0000______0000_____00______
    00____00__00____00__00____00___00______
    00________00____00__00____00___00______
    00________00____00__00____00___00______
    00________00____00__00____00___00______
    00____00__00____00__00____00___00______
    __0000______0000______0000_____00000000

    ResponderExcluir
  29. Apenas ser, nada mais.

    Ah, esses momentos são sagrados pra mim!

    Beijos, flor.

    ResponderExcluir
  30. Um belo sábado pra ti minha amiga...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  31. mesmo com os olhos bem abertos, nem sempre conseguimos ver. porque este é um gesto que se cultiva, que carece de um ritual próprio capaz de dedicar ao olhar toda a atenção de que precisa para nos levar além das imagens do mundo real. deitar na relva e sentir. isso sim, é ver.
    bela postagem, querida marilene!
    beijinho!

    ResponderExcluir
  32. Oie lindona.


    Nada como um instante a procura da nossa paz interior.
    Lindo poema.

    Querida um ótimo sabado e meu carinho.

    ResponderExcluir
  33. Nada como acordar por dentro e se abrir para a vida, mas acreditando em nós, no que somos e podemos ser...

    Beijos, Marilene e ótimo sábado!

    ResponderExcluir
  34. Que bonito Marilene!
    ...fechar os olhos e nos trasportar pra dentro de nós...Alma livre, alcança a paz.

    Beijos, lindo poema!

    ResponderExcluir
  35. bonsoir
    Dis moi Marilene, toi qui connais ta soeur bien plus que moi, les coulaurs qu'elle prefere, les motifs ! afin que je lui fasse egalement une image pour son blog
    merci

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...