8 de dezembro de 2011

SÓ UMA



                                         


                               Nunca fui muitas, só uma,
                               Com suas nuanças, esquisitices
                               E também beleza
                               Nem sempre visível a olho nu,
                               Dividida entre momentos e tormentos
                               Trocando fases
                               Construindo em vazios espaços
                               Na tola busca da ausência de erros,
                               Já que sem tropeços não se chega
                               A lugar algum
                                                         
                               Nunca fui muitas, só uma,
                               Para quem sabe ler rabiscos sem sentido
                               E palavras sem razão
                               Para quem consegue ouvir
                               A voz do coração


                                                         


                               Tenho peças que se encaixam
                               Nos voos da ilusão
                               Mas sou inteira e todas elas fazem parte
                               De um ser em desenvolvimento
                               Que não se livra de dúvidas
                               E de questionamentos


                               Nunca fui muitas, só uma,
                               Que tenta ter verdade em qualquer ato
                               Que se levanta , que tapa buracos,
                               E que nem sempre distribui sorrisos
                               Mas que mantém acesa a chama do afeto
                               E que pode fazer do seu mundo
                               E do próprio teto,
                               Um paraíso


                                                                              (Marilene)


                                              



36 comentários:

  1. Uma mulher de verdade, autêntica, que não esconde a queda porque no chão não fica. Uma mulher que vive verdadeiramente. É através da verdade que aprendemos a admirar as pessoas. Uma ótima tarde, um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Um poema lindo, profundo e intenso!!
    AMEI DE PAIXÃO!!

    Beijinhos Iluminados!!
    Paz e Luz!!

    ResponderExcluir
  3. Minha linda amiga, somos apenas uma, mas trazemos dentro de nós contradições e questionamentos que nos fazem parecer muitas vezes mais do que uma.Se a voz do coração for a nossa guia com certeza o afeto permanecerá e poderemos fazer do mundo nosso teto e paraíso.
    Seja feliz sempre.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  4. eu tbm sou só uma
    mas tenho muitas fases
    e nem me chamo cecilia
    e dentro de mim tem varias
    todas millas, todas eu.

    ResponderExcluir
  5. MARILENE, que postagem bem montada. Texto muito interessante para uma boa reflexão no jogo das idéias. Gostoso de se ler.
    Beijo no coração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  6. Uma delícia...
    E a gente até fica a meditar naquilo que somos...
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Sendo "UMA" e "AUTÊNTICA" nada mais é necessário! Belo poema! Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  8. Olá Marilene. Lindo! Somos apenas uma, más procurando fazer a diferença em coisas que acreditamos e pessoas que amamos. Adorei! Bjos. Obrigada flor!

    ResponderExcluir
  9. Precisamos aprender a ouvir a voz do coraçáo, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  10. Gostei tanto, Marilene!

    Eu também me vejo, me sinto e me assumo assim : plural dentro da minha singularidade.

    Um beijo, flor.

    ResponderExcluir
  11. Belíssimo.
    Como sempre amo estar aqui e ler seus poemas.
    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  12. Que seja apenas uma, mas que tenha nessa única alma, toda a essência do amor e da vida,,,beijos de bom final de semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia,Marilene!!!

    Belíssimos versos querida!!! A tradução perfeita de quem vive plenamente, aprendendo sempre com a vida!!!!
    Beijos pra ti!Tudo de bom!!!
    Bom final de semana!
    Até segunda!

    ResponderExcluir
  14. EI MANA,
    Creio que somos assim, unos, mas com nuances e fases. Isto traduz a natureza do ser humano quase que de forma geral. O importante é manter sempre a autenticidade.
    Lindo!
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  15. Boa noite a partir de França
    Obrigado pela visita e pelo comentário, agradeço a sua parte!
    Infelizmente tenho tempo realmente muito pouco para mim no blog hoje. Eu começo a decoração de Natal em casa.
    Sim o espírito de luzes de Natal ainda os olhos do nosso filho.
    Desejo-lhe uma noite muito agradável
    amigável
    Chris
    http://sweetmelody87.blogspot.com/
    http://joyeux-noel-sweetmelody.blogspot.com/


    Pequeno presente!
    http://nsm06.casimages.com/img/2011/12/09/111209032325505749156899.gif

    ResponderExcluir
  16. Agradeço e retribuo sua visita na Série Cada dia uma História.
    Muito bonito e reflexivo seu poema.
    bjsd

    ResponderExcluir
  17. Somos na verdade apenas uma pessoa, aquele que habita dentro da nossa mente e é alimentada por nós a todo instante. O resto são criações virtuais, anexos, cópias de nós mesmos. A essência o ser humano leva consigo pela vida afora e nunca lhe será roubada.

    Linda sua postagem, meus parabéns e bom final de semana.

    Beijos...!

    ResponderExcluir
  18. Construa um paraiso de alegria e paz.
    Basta você querer o bem para todos.
    Ser otimista. Ter fé em Deus e em si mesmo.
    Compreender que Deus não tem preferências é uma forma de se sentir seguro.
    Tenha um abençoado final de semana.
    Beijos no coração.
    Não se esqueça que..
    Estou seguindo -te e te amando .
    Evanir
    Tem Prente de Natal na Lateral para você.
    Fiz com muito carinho..

    ResponderExcluir
  19. Nós todos dependemos uns dos outros, somos todos um e um é para todos e para todos.
    Se um falha, todos falham, mas se um é dada por todos, todos para entrega a um. É um ir e vir.
    Há tudo sem um, nem um é tudo.

    Fim de semana feliz
    beijos

    ResponderExcluir
  20. Só uma, mas, capaz de construir uma bela vida, pontuada com versos encantadores.
    Bjs, linda.
    Em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  21. Só uma, mas, capaz de construir uma bela vida, pontuada com versos encantadores.
    Bjs, linda.
    Em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  22. Marilene, tudo bem?
    Que curioso, menina! Recém vim do blog da Vera, tua maninha, e comentei por lá, o que de certa forma comentarei por aqui: que nós mulheres somo seres de fases. Algumas vezes mais razão, em outras mais emoção.

    Neste poema que nos brinda, a complexidade dessas facetas se amplia. Somos uma, com certeza, mas tantas em tantos e muitas coisas... um Universo em uma única pessoa.
    Parabéns!

    Grande beijo e espero que esteja tudo bem com vocês!
    Ótimo fim de semana :)

    ResponderExcluir
  23. Um sábado cheio de paz e muitas flores pra ti minha amiga...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  24. querida marilene,
    somos mesmo um entre tantos, esse pequeno ponto que faz a diferença no tecido global. e isso torna-nos, em certo sentido, imprescindíveis e insubstituíveis.
    beijinho!

    ResponderExcluir
  25. Na unidade do ser chamado "Poesia" convivem todos os poemas do mundo - até aqueles que ainda não foram escritos.
    Assim és tu.
    Feliz Natal. Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Oie lindona.

    Amém.

    Acho que somos todas assim.
    Lindo poema.
    Ótimo sábado querida
    Beijos e meu carinho.

    ResponderExcluir
  27. oi Marilene
    ótimo poema, um lindo dia na presença de Deus.
    beijinhos amiga

    ResponderExcluir
  28. Feliz Natal Marilene!
    Eu gosto muito dos seus poemas, para mim você é uma das melhores poetas vivas do Brasil! Isso eu digo com o respeito que você e todos os poetas merecem.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  29. És uma, na verdade, porque os teus "eus" se somam em ti...
    O teu poema é magnífico. Uma palavra: gostei.
    Querida amiga Marilene, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  30. Um dos textos mais delicados que li seu. Sensível ao ponto de me ver nele... adorei querida....

    ResponderExcluir
  31. Mari que lindeza minha flor!! Uma certamente se divide em vários pedaços, esses que formam quem somos... Amei!! Saudades daqui! Um lindo fim de semana! Bjss flor!

    ResponderExcluir
  32. Lindo Marilene!
    Você é um ser único!
    Penso que somos uma em muitas fases e o importante é nos reconhecermos em todas elas.
    Beijokas e semana feliz kerida! :)

    ResponderExcluir
  33. Obrigado pela visita é as palavaras.Feliz natal.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...