26 de janeiro de 2012

AGOSTO


                                                         
                     Chegas com as mãos vazias
                     Há tempo ausentes
                     E dizes ter um presente,
                     Eu o pressinto nesse teu olhar
                     Capaz de num segundo perturbar
                     A paz do meu mergulho


                     Tal qual relâmpago na tempestade,
                     Assustador e ainda assim
                     Coberto de beleza,
                     Abalas as estruturas
                     Da minha fortaleza


                     De antemão, percebo o arco-íris
                     Que um dia foi espectro em preto e branco
                     E ameaça reviver em cores fulgurantes
                     Só conhecidas entre dois amantes


                                                    


                     Chegas com as mãos vazias
                     Mas trazes os vestígios de carícias
                     Já trocadas
                     E me mostras, no espelho,
                     Que ainda as tenho desenhadas
                     Pelo corpo
                     Que está a morrer de amor
                     Na ausência do teu gosto


                     E sinto, sem disfarce,
                     Já com o sorriso cantante no rosto
                     Que não terminou na despedida,
                     O amor nascido em um longínquo agosto


                                                                    (Marilene)


(Imagens são lindas criações do Chris - sweetmelody87.blogspot.com)

44 comentários:

  1. je viens de t'envoyer un email pour te montrer comment on place l'image
    bisous
    Chris

    ResponderExcluir
  2. Amor verdadeiramente vivido não tem data, não tem tempo! É tão somente!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  3. Agosto mês do GOSTO!!!
    Seu poema é Lindo, belo e sexual!!!Bem feminino...ADOREI!!

    Beijinhos Iluminados!!
    Muita Luz!!

    ResponderExcluir
  4. Uiuiui hein! Hahahahahahahaha, que lindo hein minha amiga!

    Caramba...

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo,Marilene!!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  6. Busquei-te com mãos meio frias
    Achei-te com as mãos vazias
    Toquei-te com as mãos vadias
    Peguei-te as mãos - tão macias!
    E dei-te todos meus dias...

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O poeta dos belos versos!!! Nunca vem de mãos vazias! Bjs.

      Excluir
  7. Arrebatador, esse mágico reencontro!!!

    Beijos, Marilene,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  8. Olá Marilene.Belissimo!!!! Há o amor! Perfeito amiga. Bjos carinhosos!

    ResponderExcluir
  9. Poeta, você maltrata a gente com tanta pérola poética a nos oferecer. Continue maltratado, o saber agradece.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você as distribui com talento e me deixou feliz ao ler esse comentário.
      Abraços

      Excluir
  10. Querida Marilene

    Mágico este amor renascido!Não há fortaleza que resista perante tão fortes e apaixonantes razões...

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
  11. Pelo jeito mesmo longinquo esse Agosto será sempre inesquecível! Muito bonito! Obrigado por sua amizade Marilene e presença amiga em meu Blog, adimiro muito seu talento! Bjos

    ResponderExcluir
  12. Que poema encantador.
    Sempre aparece alguém em nossa vida que desestrutura nossa fortaleza.
    Beijos
    Giovanna

    ResponderExcluir
  13. Esteja quão distante estiver
    Agosto ao gosto viera reviver
    Sensações inexplicavelmente causam fervor
    É apenas o amor tatuado em pele causando torpor

    Lindo como sempre Marilene, beijos meus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo sumido, que prazer receber sua visita. Ano novo, vida nova... volte aos seus blogs. Sinto saudades! Bjs.

      Excluir
  14. Ah... Adorei o Layout!
    Tons dourados, destacam mais ainda seu valor!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Quem disse que amor de agosto é desgosto? :))Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  16. Oi Marilene,

    lendo seus poemas tenho a impressão de que você os faz com muita tranquilidade. Que é muito fácil para você. É assim mesmo?

    Isso é talento!

    beijos amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Minha amiga, você escreve lindamente e com uma naturalidade admirável.
      Como gosto de versos, vou apenas brincando com as palavras e com as emoções. Obrigada! Bjs.

      Excluir
  17. LINDO MARILENE
    UM OLHAR DIZ MUITO,QUANDO O AMOR É PROFUNDO!!!

    ResponderExcluir
  18. Marilene, tudo bem?
    Mãos vazias que preenchem um tanto que precisamos, do que foi, mas volta, de um agosto qualquer...

    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  19. Chegas de mãos vazias mas trazes o poder do amor,,,do toque,,,dos desejos a flor da pele...beijos de bom final de semana.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Marilene. Lindo poema, falando de alguém que deixou marcas e retorna para bagunçar a vida e o coração...Me identifiquei. Um abraço!

    ResponderExcluir
  21. Bom dia,Marilene!!!

    Querida poetisa, que dá vida as palavras!!!Me encantou estes versos de um amor que adormecido,desperta com toda a sua força!!!!
    Que lindo!!!!!E intenso!!!Beijos!!!
    Bom final de semana pra ti!!!

    *Estou "brigando" com a net...rsrsr Consegui resolver o problema usando dois navegadores ao mesmo tempo...cada um abre uma coisa e não abre outra...

    ResponderExcluir
  22. Marilene muy bello gracias por su visita feliz fin de semana Saludos desde
    Creatividad e imaginación fotos de José Ramón

    ResponderExcluir
  23. Olá Marilene,sou professora,conheci seu blog através de uma amiga, gostaria de fazer um pedido para que me ajude indo no link abaixo e deixando um recadinho.Estou concorrendo com o meu texto:"Transformando um Sonho em Realidade" no concurso Educação Nota 10 do Globo.
    A seleção acontecerá agora no dia 30/01/2012.
    Por favor, visite o link e deixe um comentário por lá.
    Será que vc pode me dar uma força?
    Conto com a sua ajuda!
    Qualquer problema, postei também o link no post do meu blog, é só ir lá e clicar (http://ler-com-prazer.blogspot.com).
    Obrigada!Paz e Luz!
    Esse é o link:
    http://www.educacao10.syncmobile.com.br/?p=576

    ResponderExcluir
  24. OI MANA,

    Um amor que marcou é sempre passível de arrebatamento em um reencontro.
    A paixão ressurge das cinzas.

    POEMA ENCANTADOR!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Um grande amor pode reacender a qualquer momento, desde que exista em nosso coração, mesmo que adormecido...

    Lindo minha amiga
    beijinho, bom fim de semana
    cvb

    ResponderExcluir
  26. Que beleza, o amor redivivo, após uma ausência farta em lembranças. A chegada sem ter partido, partida!

    Beijo!

    ;)

    ResponderExcluir
  27. Marilene, Querida

    Saber Amar está no saber esperar.
    Cada momento vivo, pode hibernar, mas continua vivo.
    Sentir assim, Amiga, é saber que se tem um Amor real, um Amor Verdadeiro, pleno...
    Bela Poesia.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. Quem poderia imaginar que as mãos vazias,
    podem trazer tantas coisas no coração e
    aquecer a alma de poesia num feliz reencontro.
    Beijos Kerida, lindo como sempre! :)

    ResponderExcluir
  29. a eternidade ganha-se em cada reencontro.
    beijinho, querida marilene!

    ResponderExcluir
  30. Oi Marilene,

    Um prazer ter tua visita e ler tuas palavras, gostei de tantas...

    Beijo meu

    ResponderExcluir
  31. Boa noite, Marilene. Sei que existem amores que pensamos não ter saido da nossa alma, pensamento e corpo.
    Nem distância minimiza a ação poderosa que tem sobre nós.
    A despeito de coisas ruins, desencontros e mágoas, ainda temos a capacidade de amar com uma força sobrenatural.
    Lindo, como sempre!
    Um beijo na alma, e fique na paz!

    ResponderExcluir
  32. holas como estas

    lindo e interesante blog che

    bueno che te dejo

    nos vemos suerte

    chau!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  33. Texto com reticências

    Beijos Mari!

    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  34. Belo!! Belo!! Bem profundo!!
    jorge-menteaberta.blogspot

    ResponderExcluir
  35. Bonjour !
    Merci pour ta visite sur mon blog, et surtout, pour tes petits mots très agréables, c'est très appréciable de recevoir cela.
    Une semaine c'est achevé et nous voila en repos.
    C'est sous une nature bien blanche ce matin, en effet depuis le temps que nous attendions un peu l'hiver ici, la neige a fait son apparition, cela donne envie de faire des ballades en nature.
    J'espère que cette petite visite te trouvera en excellente santé et que tu continueras à nous faire rêver sur ton blog.
    Je te souhaite une agréable journée
    Bisous
    Amicalement
    Chris

    Et pour finir mon petit cadeau, une de mes créations:
    http://nsm01.casimages.com/img/2009/03/25/090325021149505743369145.jpg

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...