6 de março de 2012

CONTAGEM

(Sergey Ivanov )

                                                 
                  Conto os passos que dou
                  E preencho os vazios espaços
                  Dos lugares por onde vou


                  Não que importe o tempo 
                  As vezes em que me levanto
                  Ou se alegria ou pranto me guiaram,
                  Conto os passos a fim de que
                  Em eventual repetição da jornada
                  Reconheça o trajeto
                  Perceba que cerzi todos os rasgados
                  E que me agilizei na repetição
                  Da antiga caminhada


                  Conto as pedras que fora joguei
                  E se tiver que outra vez recolhê-las,
                  Eu o farei
                  Serão o artesanato da conquista
                  Os símbolos dos pontos de vista
                  Que abracei


                  Conto os desafios superados
                  E os guardo na memória,
                  Na gaveta dos brilhantes lapidados,
                  Em um outro canto, mais reservado,
                  Deixo os brutos
                  Que não precisam ser validados


                  Não conto amigos
                  Pois os recebo com emoção


                  Não conto perdas,
                  Coloco-as em recuperação


                  Faço a contagem do útil
                  Para escolher com sabedoria
                  O que  deve ficar gravado 
                  No coração


                                                                         (Marilene)


(Imagem retirada da internet. Se estiver a ferir direitos, gentileza avisar, para imediata regularização)

48 comentários:

  1. E seu coração é tão grande!!! Bjo amiga, uma semana cheia de paz e alegrias!

    ResponderExcluir
  2. Olá, menina. Vc é maravilhosa! Faço das palavras de Ivana as minhas. Seu coração é tão grande amiga! Viajei nos versos. Linda semana! bjo grande. Bons sonhos!

    ResponderExcluir
  3. Lindo,Marilene ! Maravilhoso!!! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. It's wonderful....my compliments.

    greetings, Joop

    ResponderExcluir
  5. Conta o que é de valor ao seu coração, conta a todos nós o que é de valor ao seu coração! abraços

    ResponderExcluir
  6. Lindo Marilene, como sempre, escrevendo lindamente. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Contagem da vida, dos sentimentos, de amar....beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  8. A sua contagem é positiva, do jeito que quanto mais divide se tem. E certas coisas como amizade, carinho e bençãos a gente nao conta, apenas vai somando no coração.
    A-do-reiiii!
    beijokas doces

    ResponderExcluir
  9. Bom dia querida Marilene,

    Deveríamos reciclar o ódio, não seria bom e proveitoso?
    Seu poema é bastante profundo de conteúdo.
    Tem entrelinhas, como eu gosto.
    "Make love not war" é uma frase célebre, que está, sempre, actualizada.

    Beijos de muita luz.

    ResponderExcluir
  10. Uau, como sempre me surpeendo e arrepio todo os meus cabelinhos, beijos poetisa

    ResponderExcluir
  11. Nossa!
    Que poema mais lindo e que contagem espetacular, simplesmente amamos!
    Beijinhos no coração

    ResponderExcluir
  12. Oi,amada!!
    Lindo poema, muito bem escrito!!Parabéns!!!
    Beijão no core e um dia maravilhoso,querida!!!

    ResponderExcluir
  13. Nunca em números me contes
    Pois te serei sempre amigo;
    E para construir pontes
    Tu podes contar comigo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Belo poema, Marilene. Como sempre, escrevendo divinamente. Uma ótima terça! Bjs

    ResponderExcluir
  15. Adorei a parte que não conta perdas, coloca em recuperação, perfeito Marilene! Bjooosss

    ResponderExcluir
  16. Lindo poema contando sobre uma vida, sob meu ponto de vista, sem arrependimentos. Afinal, somos produtos do que vivemos e é para frente que se anda! Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. Que excelente contadora!:) Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  18. Giro, mesmo giro
    isso que escreveu
    Foste tu
    podia ter sido eu

    Para escolher?
    Escolho esta,
    de tanto poder ser boa
    a escolha:

    "Conto as pedras que fora joguei
    E se tiver que outra vez recolhê-las,
    Eu o farei
    Serão o artesanato da conquista
    Os símbolos dos pontos de vista
    Que abracei"

    ResponderExcluir
  19. A razão pode aconselhar-nos sobre o que deve ser evitado.
    Só o coração nos diz o que precisa ser feito...

    beijos

    ResponderExcluir
  20. Boa noite...se contarmos das vezes que estivemos a contar algo,
    nossa contagem será enorme...então, deixo para voce contar e recontar
    sempre...Bjinhos

    ResponderExcluir
  21. Gostei muito Mari... Versos sábios, de vivência! :))
    Me vi um pouco nesse poema!!


    Grande beijo luz..
    Boa noite e boa quarta!!

    ResponderExcluir
  22. Oi Ma...

    Ja nem sei o que comentar..quanto mais te leio..mais te admiro!!

    Um beijo... amei seu poema!!

    ResponderExcluir
  23. Acho que essa é a magia, né? Podermos perceber cada pedacinho do que somos, mas, principalmente, saber como podemos superar o que nos parece mais difícil!

    Vc escreve de um jeito leve... parece um acalanto para a alma e o coração!

    bjks
    bjks JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  24. Contar cada passo do nosso caminhar, do nosso aprendizado..

    quantos passos nos demos e quantos ainda teremos que dar...

    linda poesia que nos faz refletir
    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  25. Olá MANA,

    Uma sábia contagem! Retém-se o que é válido, dispensa-se o que não tem utilidade e procura-se refazer ou fazer diferente o que precisa ser transformado.

    Amei em especial estes versos:

    "Não conto amigos
    Pois os recebo com emoção


    Não conto perdas,
    Coloco-as em recuperação


    Faço a contagem do útil
    Para escolher com sabedoria
    O que deve ficar gravado
    No coração".

    BRILHANTE!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Bom dia,Marilene!!

    Uau!!!!Querida poetisa,tens se superado a cada dia!!!!Aprender com o trajeto, separar o que não nos serve, do que realmente importa pra mim é a melhor forma de viver!Dita em versos fica sublime!!!Parabéns, e digo do fundo do meu coração, belíssima sua poesia!
    Beijos!!!Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  27. Um belo dia pra ti minha amiga, beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  28. Olá querida amiga, Marilene.
    Colocar perdas em recuperação é perfeito. Você sempre com lindas poesias. Que Deus te abençoe e mantenha essa sua interminável inspiração. Beijos

    ResponderExcluir
  29. Y yo camino por tu hermoso poema escrito en la bendita lengua de Pessoa, tan cercana y musical como este contar tuyo que se me antoja lento y lleno de sentimiento como un bello fado.

    Ha sido un placer pasar mi mañana perdido entre las letras de tu blog y Google. Escribes muy bien.

    Te invito a visitarme en http://alpiedemisilencio.blogspot.com es mi blog de poemas por si fuera de tu agrado leerme.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  30. Bom dia!!Passei para fazer uma visitinha e adorei!!Parabéns pelo seu blog.
    Já estou te seguindo,porque com certeza vou fazer varias vizitas beijos.
    http://segredosnoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. Marilene um poema que dá conta de toda manifestação de angústia do seu humano em que é necessário prestar atenção em avaliar e preparar o caminho para a recuperação, Um poema bem escrito e lapidado pela riqueza metaforica do "Eu Poético". Parabéns e obrigada por visitar a Agenda Cultural Piracicabana .Publiquei um comentário lá para você, Marilene ,valeu!Abraços POéticos desta CaipíracicabANA Marly de Oliveira Jacobino

    ResponderExcluir
  32. Poemas como este ficam gravados no coração. Sábia contagem e seleção.
    É um prazer lê-la Marilene
    beijinhos
    cvb

    ResponderExcluir
  33. Marilene hermoso sentir en estos escritos saludo desde…
    Abstracción textos y Reflexión.
    FELICIDADES A TODAS LAS MUJERES

    ResponderExcluir
  34. Olá!Boa tarde!
    Belo "eu poético"!Suave e inspirador para quem os lê, como todos os seus escritos!Contagem!
    A vida é assim mesmo: desfazer do que não serve, refazer o que precisa ser reformulado, retém o necessário e principalmente fazer... para ficar gravado.
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Boa quarta! Muita luz e paz!
    beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  35. Olá Marilene!

    Passando para dar meus parabéns pelo Dia internacional da mulher 08 de março, é apenas um dos 365 dias da Mulher. Vocês que venceram e vencem tantos obstáculos e preconceitos, sem perder a feminina essência.

    Um abração.

    Antonio (Apon)

    ResponderExcluir
  36. Tens razão querida, só devemos contar o que importa e faz a diferença. Nós mulheres somos assim, as vezes precisamos acordar e valorizar o que importa bem mais.Somos como o vento, brisas ou ventania. Somos amadas , amantes,fortes e guerreiras, sempre levando da vida o que de melhor tem a oferecer. Nesta semana em que se comemora o Dia Internacional da mulher deixo aqui meu carinho e mil flores para enfeitar tua caminhada.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  37. Olá!
    Adorei o seu poema.
    Devemos contar com aquilo que nos é real,amigos,família,trabalho.
    Somos aquilo que podemos ser em todos os sentidos.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  38. um poema belíssimo que gostei muito de ler.

    a foto muito bem para o poste.

    um beij

    ResponderExcluir
  39. Poetisa e sábia...
    A arte do aprimoramento.
    Gde abraço, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  40. Marilene, como sempre um poema encantador! vindo de uma poetisa que muito admiro.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  41. Parabéns pela postagem! Tenha dias abençoados! Bjs

    ResponderExcluir
  42. Por caminhos e atalhos,
    Não sei quantos passos eu dei
    Os trapos são agasalhos
    Até aqui os passos não contei!

    Quando voltar também não,
    Por ter vindo estou contente
    Não trouxe sete pedras na mão
    Venho cumprimentar boa gente.

    Depois de ter lido seu lindo poema,
    E de este comentário escrever
    Vou para muito longe mudar de tema
    Este seu cantinho, jamais o irei esquecer.

    Desejo para você, uma linda noite,
    voltarei mais vezes se Deus quiser.

    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  43. Feliz Dia da Mulher, hoje é uma data especial, mas pra ti todos os dias são especiais, mas vamos aproveitar e comemorar hoje com grande maestria.
    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  44. Boa noite minha querida amiga!
    Desejo para o Dia Internacional da Mulher,um dia especial... deixo aqui meu carinho e mil flores para enfeitar tua caminhada desejando, minha doce amiga, muitas felicidades e que a tua alma seja uma eterna primavera.
    Bjsssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  45. Olá Marilene,
    adoro seus textos, poesia de primeira!
    Esta mais leve, filosófica reflexão. Sábia conclusão! Quanto talento!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  46. Oi Marilene...Linda postagem!
    ¨Uma mulher é capaz de calar uma multidão com seu silêncio,
    provocar uma tempestade num copo dágua mas derreter um
    coração com suas lágrimas! Consegue sorrir diante da dor,
    demonstrar sua coragem perante o medo e, mesmo sem batom,
    dizer: EU TE AMO com toda intensidade do vermelho!
    Porque o coração de uma mulher não bate, toca música,
    encanta! E independente do ritmo: tem dias de samba, rock, tango…
    Afinal seu coração sempre sussurra uma canção de amor!¨

    Parabéns pelo seu dia. Muita Luz e paz, sempre!
    "Feliz Dia Internacional da Mulher"

    Amiga...Minha gatinha Nina está participando do sorteio da Kika e vim pedir seu voto...a a votação é até dia 11/03...
    http://kikaeassuasideias.blogspot.com/
    A regra para votar: 1-Seguir o blog da kika 2-Deixar no comentário o seu voto...A Nina está concorrendo como Nina 26...Agradeço desde já...
    Beijos!
    San...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...