14 de março de 2012

VIDA ! VIDA !

(The-Autumn-Sun- SVETLANA VALUEVA)

   
                                  Vida! Vida!
                                  Porque insistem em dizê-la efêmera?
                                  É intensa em cada momento
                                  Se a você nos entregamos,
                                  Pra que sonhar com eternidade
                                  Se o espelho acaba com a vaidade
                                  De quem se agarra a tênues vínculos
                                  Com a imortalidade?

                                  Vida! Vida!
                                  Porque insistem em alardear
                                  A rapidez de sua existência?
                                  Porque  a fixação com o relógio na parede
                                  Se outro, de real importância,
                                  Mora dentro de cada ser,
                                  No lugar onde habita a alegria
                                  Para a mantermos e conservarmos, 
                                  No lugar que desperta a verdade
                                  Da inutilidade de se medir em horas
                                  O tempo de despertar?
          
                                  Vida! Vida!
                                  Porque sempre a querem analisar?
                                  Seu nome é comumente citado
                                  Nas lucubrações poéticas
                                  Seu sentido é fonte de discussão
                                  Nas teorias filosóficas
                                  Seu valor é evidenciado
                                  Como se fora esquecido
                                  Por todos os corações


                                  Vida! Vida!
                                  Porque sempre a querem apalpar
                                  Tal qual objeto à venda
                                  Que esteja a nos seduzir?
                                  Não pode ser tocada
                                  E a abraçamos,
                                  Existe para ser amada 
                                  Até que , sem ouvir nossa vontade
                                  Resolva, um dia, nos deixar
                                  Sem depender do que fomos
                                  Do que somos
                                  Do que ainda esperávamos fazer ...
                                  De, previamente, nos ouvir


                                                                         (Marilene)


(Imagem retiradas da internet. Se, inadvertidamente, estiver a ferir direitos, solicito seja avisada, para imediata regularização.)

38 comentários:

  1. Lindo poema, viver o que nos cabe e ir em frente com garra é o que faz bem. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  2. Wonderful poems Marilene...... very well done.

    Greetings, Joop

    ResponderExcluir
  3. Viver sempre e sempre!!!Não apenas vegetar pela vida!!! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Lindíssimas palavras poéticas sobre a Vida!
    Amo viver, amo a Vida do jeito que ela vem, pra mim sempre muito agradecida!!!
    Amiga Marilene, lindos versos em que há mesmo muita poesia!
    Abraços
    Ivone

    ResponderExcluir
  5. Vida louca que muitas vezes passa sem a gente sentir,,,por isso temos que vivencia la intensamente...beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia,Marilene!!

    Belíssima poesia!!!É uma ode à vida!!!!
    Temos que vive-la plenamente, intensamente!
    Aproveitando cada momento para aprender e ser feliz!!!
    Beijos querida poetisa!!!
    Tudo de bom pra ti!!!
    **Belíssima pintura escolhida!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Marilene...

    Me encanta seus poemas..

    Este especialmente.... Valorizando a vida e nos levando a refletir sobre o aproveitar a cada momento que ela nos oferece!

    Um beijo..

    ResponderExcluir
  8. Belissima reflexão da vida!Bjos minha linda!

    ResponderExcluir
  9. Que coisa mais linda...

    "...Porque a fixação com o relógio na parede Se outro, de real importância, Mora dentro de cada ser..."

    Feliz Dia da Poesia!!
    Parabéns Poetisa, SEMPRE!!
    Muita Luz!!

    ResponderExcluir
  10. Querida Marilene

    O tempo da Vida é (deve ser) medido em acções. Se os actos forem edificantes, a Vida é longa, o Amor a envolve, a Alegria irradia.
    Reflectes sobre a VIda com Poesia.
    Parabéns

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. A vida não se mede em anos ou minutos, mas em emoções e sentimentos. Escrevi isso em comentário ao "Toforatodentro" da Regina Rozembaum em novembro e hoje, Dia da Poesia, delicio-me com teus versos que exprimem o mesmo pensamento - com muito mais beleza e profundidade!
    Beijos, Poetisa.

    ResponderExcluir
  12. Vida que precisa ser vivida intensamente e perpetuada pelas inspirações deixadas aos que ficam!
    Viva la vida!!! Lindo poema Marilene, ótimo dia minha querida! Bjos

    ResponderExcluir
  13. Ai vida vida que és tão bela
    Num quadro fica tão linda
    Pintada de várias cores em aguarela
    Para quem passar na rua a veja junto de sua janela!

    Ai vida porque me vais abandonar,
    Eu te dou tudo o que quiseres
    Não me deixes aqui triste ficar
    Nunca me abandones se poderes!

    Desejo um bom dia para você.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Que lindo Marilene!
    Vida, basta que a vivamos cada segundo com amor e delicadeza, mas que a defendamos com alma de leoa se preciso for.
    Feliz dia da poesia minha querida poetisa.
    Beijos no coração

    ResponderExcluir
  15. Olá, amiga Marilene!

    A vida é para ser vivida em toda sua plenitude, daí sua ubiquidade e perenidade e não para ser questionada.

    Parabéns pelo magnífico poema!

    Abraços do amigo de sempre!

    ResponderExcluir
  16. Bela reflexão poética!
    Tenha um lindo dia.
    Beijo, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  17. Sempre que te leio fico a refletir e analisar detalhes que você aborda nos versos. A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros e nossas vitórias. O importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, amor e fraternidade, pois a vida é uma dádiva e cada instante é um presente de Deus.

    O segredo da vida é entregar-se a ela e vive-la plenamente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Muitas vezes não aproveitamos o que a vida nos tem a oferecer por estarmos sempre a procura de algo mais, né!? Adoreeeeeeeeeiii. Acredito que podemos curtir cada momento. Mesmo os mais difíceis, algo de bom temos que retirar deles.

    Beijinhossss

    ResponderExcluir
  19. Lindo poema, um convite à vida com urgência, antes que efemeridade a tome de nós. Um abraço!

    ResponderExcluir
  20. Oi Marilene!
    Linda poesia neste dia nacional da poesia!
    A vida tão cantada em verso e prosa, tão fugaz e complexa...Mas, no final das contas o que importa mesmo é simplesmente viver, literalmente.rsss
    Obrigada pelo apoio, isto que vivo é marcante e nem sempre soube lidar, hoje avalio tudo com outros olhos, mas acho que tudo vai sempre marcar meu ser, meu existir.
    Beijinhos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  21. Mariiiii saudades!
    nunca mais tive por aqi
    vim para deixar um beijo!!!

    ResponderExcluir
  22. É por isso que devemos viver a vida intensamente!
    Ela é breve e sorrateira...Não percamos tempo em
    lembranças do passado. Vamos viver o momento como
    se ela fosse acabar amanhã!

    FELIZ DIA INTERNACIONAL DA POESIA!

    BJUSSSSSS

    ResponderExcluir
  23. Belo! Vida é movimento.Cabe a nós tornar nosso caminho mais leve, solto e feliz.Viver cada momento intensamente é o segredo da felicidade.
    Querida como sempre escrevestes lindamente "Vida! Vida! Porque insistem em dizê-la efêmera?É intensa em cada momento Se a você nos entregamos "
    Tens a poesia impressa no coração minha bela amiga e poetisa.Bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
  24. OI MANA,

    E Viva a Vida, este presente maravilhoso ao qual não podemos nos apegar, mas simplesmente vivê-la com sabedoria e intensidade.

    Lindíssimo!

    PARABÉNS PELO DIA, NOBRE E SENSÍVEL POETISA!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Muito bom o poema!! :)) Viver é gastar-se intensamente, simplesmente, sem espera, porque passa! "E o que passa fica, fica pra gente lembrar que passa"

    Grande beijo, Mari! ;)

    ResponderExcluir
  26. siempre nos preguntamos por qué, pero siempre lo hacemos. saludos

    ResponderExcluir
  27. Minha querida

    A vida é feita de pequenos momentos de felicidade que devemos prender e eternizar dentro de nós.
    Como sempre adorei ler-te.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  28. Versos fortes, com importantes questionamentos, pois há algo mais precioso que a vida? E quantas vezes esquecemos do seu devido valor? Muito bonito seu poema, e também uma profunda reflexão sobre a vida. Um beijão!

    ResponderExcluir
  29. Vida que te quero vida sempre, para viver cada instante como unico e saber extrair de cada suspiro um motivo, para melhor estar e ser, até que numa manhã de qualquer estação, um fundo e ultimo suspiro venha nos separar.
    Lindo Marilene e inspirador.
    Carinhoso abraço amiga.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  30. Boa noite minha linda e talentosa poetisa!
    Vim trazer um beijo e meu carinho em versos
    para homenagiar o dia da poesia...
    Falar das suas poesias deixo hj em silêncio para que os versos responda por eles...
    bjs minha linda!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  31. Parabéns pelo poema
    Parabéns pelo dia poeta

    que nos encanta com suas palavras e nos faz refletir em cada verso.
    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  32. Oi Marilene

    Me alegrou a manhã com este lindo poema.
    Pra que alardear e analisar a vida. Ela é intensa em cada momento.Adorei.
    Vamos vivê-la, então.
    Obrigada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Um bom dia pra ti minha amiga querida...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  34. Querida Amiga.
    Venho parabenizar você pelo seu lindo poema no Pena de ouro da Lindalva.
    Sabes que mora no meu coração te desejo sorte .
    E competir é sempre um fator positivo em nossas vidas.
    Muitas vezes não ganhamos mais só pelo fato de abrilhantar
    já é um mérito muito grande.
    Beijos boa sorte com carinho.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  35. Olá querida!
    Você está muito certa, papai foi uma pessoa muito sábia, tinha sempre um conselho que ia direto para dentro da alma.
    Tive muita sorte por Deus ter escolhido, papai,(Luiz), mamãe (Bernardina)para serem meus amorosos pais, eles eram demais e ainda o são para mim que os guardo no coração, na memória e na minha alma, sou apaixonada por eles e ainda tem o vovô que fez e faz parte da minha vida até hoje, lembro deles com doce saudades.
    Agradeço a Deus todos os dias por isso...beijinhos minha linda amiga, a amiga do sorriso de Deus.

    ResponderExcluir
  36. Olá querida!
    Fui até l[á e li os poemas e claro votei no seu.
    Lindo demais, até para poetizar a ausência você o faz de forma doce...adorei
    Um beijo no coraçãO

    ResponderExcluir
  37. por vezes enredamos a essência nas malhas da lógica, das questões por responder, dos pressupostos, dos quadros teóricos, dos referenciais epistemológicos. suspeito que a vida apenas queira ser isso mesmo: vida. à margem de tudo o que não seja [vi]vê-la.

    beijinho!

    ResponderExcluir
  38. Duas coisas me deixam impressionados em relação a você, Marilene: sua sensibilidade e seu talento.

    A meu ver, a vida não tem sentido. Um sonho seria a imortalidade, mas sem velhice, sem problemas, sem doenças, sem dores... mas aí imperaria a monotonia. É a (triste) condição humana.

    Bom final de semana, Marilene!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...