1 de abril de 2012

ANTÍDOTO

                                                                   (  Adrien Donot )
                                                                                  
                     
                     Foges do meu rosto que ao ver-te, cora
                     Foges do brilho que existe em meu olhar
                     Foges do calor dos nossos corpos
                     Que insistem em criar momentos 
                     Para um abraçar


                     Ah! Como foges!


                     Foges da minha voz que te diz
                     Em sussurros
                     O quanto te quero
                     Foges, também, ao afirmar
                     Que já desistiu de, mais uma vez,
                     Amar


                     Ah! Como foges!


                     Foges porque não sabes
                     Que falta muito pouco
                     Para que te entregues
                     Sem mais questionamentos


                     Já vives a agonia da saudade
                     Quando longe de mim estás
                     Já buscas entre tantos outros rostos
                     O meu sorriso
                     Já me procuras, sem perceber
                     Que em minha ausência 
                     Já te abraça a dor 


                     Ah! Como foges!


                     Podes tentar manter-te, assim,
                     Simulando indiferença
                     Mas logo vais desistir da crença
                     De que possuis antídoto contra o amor


                                                     (Marilene)



39 comentários:

  1. Olá minha querida!
    Como foi de férias, de mar?
    Lindo regresso, que poesia linda...beijinhos no coração

    ResponderExcluir
  2. It's wonderful Marilene...... compliments.

    Greetings, Joop

    ResponderExcluir
  3. Alguns fogem mesmo!!!!
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  4. Mari, o amor quando quer nos encontrar ele acha e num adianta trancarmos a porta, pois ele é danadinho. rsrs

    Saudades, minha querideza do core! Espero que esteja ótima :)

    bjos de luz e carinho na bochecha.

    ResponderExcluir
  5. Olá queridíssima Marilene,

    Com foram suas férias?
    Deu para refazer forças de corpo e alma?
    Senti sua falta.
    Precisei das suas palavras, sempre, doces e cheias de sabedoria.

    ME APETECIA FAZER COMO NA GRÉCIA ANTIGA E SER ARAUTO, ANUNCIANDO SUA CHEGADA PARA TODO O MUNDO.

    Queria gritar para todo o mundo: O SORRISO VOLTOU.

    Li seu poema, de que gostei muito. Fala de amor e eu fico, sempre, à mercê dele.

    Quem mais foge e quanto mais se foge, é porque se sente muitot atraído. Não desgruda, mesmo.
    Eles, sempre, voltam. Sua alma está em nós, e o corpo deles será nosso, quando quisermos, basta olhar.

    Antídoto contra esse "mal", graças a Deus, que não existe, nem existirá, jamais.
    A adoro.

    BOM REGRESSO, CHEIO DE VIDA E FELICIDADE.

    Beijos de saudades e de muita luz.

    ResponderExcluir
  6. Como de costume, um bonito e inspirado poema. Pelo que entendi, vc não acredita e não concorda com a fuga do fujão(rs) do texto, mas a fuga não poderia ser conveniente e prudente, pelo menos em certos casos?

    Bom domingo, Marilene!

    ResponderExcluir
  7. Linda poesia e que bom te ver!!Estavam legais as férias? beijos,chica

    ResponderExcluir
  8. A fuga não levou ninguém a lado nenhum."

    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Não fugirá para sempre.Lindo poema, beijos.

    ResponderExcluir
  10. Também hoje postei algo sobre indiferença, lindo poema o seu que sempre me encanta.

    ResponderExcluir
  11. Não há antídoto para o amor... de nada adianta a fuga!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  12. Olá, amiga. Estava com saudades! Espero que tenha aproveitado bém suas férias. O mar é só inspiração! Chegou com tudo menina. Perfeito este antídoto! Não resistirá para sempre. Amei! A imagem lindissima. Bjos perfumados e ótima semana!

    ResponderExcluir
  13. Sensacional minha amiga, aproveitar e lhe desejar uma linda semana! beijos♥

    ResponderExcluir
  14. Olá Marilene,
    quem pensa ter o antídoto contra o amor? Ninguém tem a não ser quem já perdeu o amor próprio!
    Marilene você é poeta( poetisa não se usa mais ) de primeira!
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  15. Oi Mana,

    Não existe antídoto contra o amor. Ele é sorrateiro e chega sem cerimônias. Não há como prevenir-se contra tal sentimento.

    Maravilhoso o poema!

    Beijão.

    ResponderExcluir
  16. MARILENE,
    Que bom que já está de volta[eita isso pareceu egoísmo, já que o lugar onde estava é bom demais] e seu poema na hora que lia me lembrou de como fica o rato quando está sendo caçado pela cobra. Ela seduz, chega devagar, hipnoticamente e o pobre rato, vai correndo em zigue-zague e cada vez chega mais perto..." Foges porque não sabes/ Que falta muito pouco/ Para que te entregues/ Sem mais questionamentos." É assim mesmo, "podes fugir, quanto mais foges, mais se aproxima"
    Beijokas doces e uma boa segunda-feira.

    ResponderExcluir
  17. Marilene,
    a indiferença que é um (des)amor, e dói e angustia. Mas a vida gira em torno de si mesma, e algo que um dia vai, pode voltar.

    Obrigada por comentar em vários posts! Muito gentil de sua parte!
    Beijos e feliz retorno!

    ResponderExcluir
  18. Olá Mary, tudo bem?

    Amiga, que poema lindo! Ele retratou um momento da minha vida e me transportou pra lá por um instante!

    Parabens!

    ResponderExcluir
  19. Jamais existirá antídoto contra o amor, o mais puro dos sentimentos quando chega,,,nada podemos fazer senão amar...beijos de boa semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  20. Bom dia,Marilene!!!

    Belíssima construção minha querida!!!!Envolvente,apaixonante sua poesia!!
    Muitos bem que tentam resistir...mas quando o amor chega...bem, ele inunda tudo!!rsrs E não se tem outro jeito...só se entregar!
    Beijos!!Bem vinda de volta!!!!!Espero que tenha aproveitado muito!!

    ResponderExcluir
  21. O verdadeiro amor sempre se acaba revelando.
    Gostei muito.
    Linda semana para você Marilene.
    beijos
    cvb

    ResponderExcluir
  22. Marilene..
    obrigada pela sua visita!

    É.. contra o amor não tem como lutar.. ele chega de mansinho sem avisos.. é inútil tentar resistir!

    Um beijo grande em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  23. Pode fugir, mas não se pode esconder do amor.
    Voltaste inspirada!
    beijinho

    ResponderExcluir
  24. Amei isso!!DIVA rs


    Podes tentar manter-te, assim,
    Simulando indiferença
    Mas logo vais desistir da crença
    De que possuis antídoto contra o amor

    ResponderExcluir
  25. Boa noite minha querida!
    Estava torta de saudades de vc,kkkkkkkkkkkkkkk,verdade!!!!!!!!!!!!!!
    Escreves assim,deixando-nos com desejo de te ler muitoooooooooooo
    Eu amo vim aqui e me deleitar nos teus escritos...
    bjsssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  26. Magnifica Marilene com suas belas construções poeticas, aqui com com gotas desta desilusão em forma de soniferos,e quando acordar, o dia morreu, a noite venceu e o galo ja cantou tres vezes.
    Uma bela semana na renovação da fé.
    Meu carinhoso abraço mineiro.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  27. Oh...ninguém possui antídoto contra o amor...e não adiante fugir. Belíssimo poema...
    BJ

    ResponderExcluir
  28. Um bom dia pra ti minha amiga, recheado de poesia, carinho, flores e muita paz...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  29. Porque fugir da beleza,
    Quando dela anda à procura
    Estar errado com certeza
    Fruta mais gostosa quando madura.

    A beleza ser alegria
    Ser a nossa felicidade
    Gentileza e simpatia
    Que não falte a liberdade!

    Lábios de mel, doce beijo
    No rosto alegria
    Olhos brilhantes desejo
    Que linda é, a sua poesia.

    Desejos de uma boa tarte pra você.
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  30. As vivências na tua ausência parecem haver despertado um novo Espírito Poético.
    Assombras, Amiga.
    Despertar o Amor é coisa boa. Fugir é uma vontade que se pode praticar. Esconder...
    Esconder é algo que não resulta. Estamos lá sempre.
    Lindo, Amiga. Muitos Parabéns.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  31. Oi Marilene..estava com saudades..Para o amor só existe um antidoto..a indiferença.. o que não é o caso.

    Amei teu poema..vc se supera a cada poema postado!

    Bj

    ResponderExcluir
  32. Boa tarde, Marilene.
    Fugir do amor é como tentar fugir do frio ou do calor: uma perda de tempo completa.
    E tem gente que ainda teima nisso, inutilmente.
    Espero que tenhas tido férias proveitosas, e nem precisa se preocupar em comentar lá no blog, apenas apareça quando puderes e quiseres.
    Abraço, Marilene.

    ResponderExcluir
  33. Foges do amor por medo, quem muito sofreu por ele, uma semana maravilhosa pra você, bjs

    ResponderExcluir
  34. Oi, grande amiga Marilene!
    Que belo poema!
    O amor tem uma essência única, por isso creio que seu único antídoto é outro amor, ou seja, quem sofre por causa de um amor, somente se cura com outro amor.
    Como diz a máxima popular: "amor com amor se paga".

    Parabéns pela inspiração!

    Abraços do amigo de sempre!

    ResponderExcluir
  35. O amor oferece várias opções. A fuga não é uma delas.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  36. O sentimento verdadeiro as vezes tenta fugir... mas ele encontra o caminho de volta...

    Abraços
    amei seu retorno
    Giovanna

    ResponderExcluir
  37. Olá querida Marilene,
    Que lindo poema de amor! Traz sensibilidade de uma paixão doce e amarga, ao mesmo tempo. Por isso, é tão lindo e interessante. Gostei muito, amiga!
    Um afetuoso beijo.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  38. Marilene
    És uma talentosa poetisa
    Amo vir aqui para me encantar com tão lindos versos.

    Bom dia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  39. o antídoto do amor: quantos druídas, magos e vendilhões pesquisaram pela fórmula? em vão... talvez a resposta seja... o próprio amor: revisto, reformulado, relançado, reinaugurado.

    beijinho!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...