28 de maio de 2012

E A CORTINA CAI

(Stephanie Clair)



                           Quando me enlaça
                           Deixo cair todas as máscaras
                           E me visto de mim

                           Quando me beija
                           Esqueço todos os sabores
                           Para sorver o seu

                           Quando algo me sussurra
                           Nesses momentos de loucura
                           Percebo que a entrega
                           É feita ao som de melodia
                           Que não requer  partitura
                           Mas as notas do amor

                           E quando se vai
                           Recubro com a veste da ilusão 
                           Esses momentos
                           Pra conseguir voltar à realidade
                           Sem qualquer tormento

                           É quando a fantasia se esvai
                           Que a cortina cai

                                                    (Marilene)

52 comentários:

  1. Linda segunda-feira prá ti!!!
    Já sabes o que fazes com as tuas segundas-feiras ?
    As minhas as vezes chega tão preguiçosa que tenho que espertar lendo um poema desse quilatre...vc é única nas mãos,pq obedece o que o coração envia ao cérebro...parabénssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Se entregar ao amor sem máscaras é um grande começo para a felicidade! Parabens, belo texto!

    ResponderExcluir
  3. Muiiiiito linda tua poesia!!beijos,ótima semana,chica

    ResponderExcluir
  4. Muito belo poema... Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  5. Transparente. Verdadeiro. Real. É o que basta no amor pleno.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Marilene querida

    Simplesmente lindo...
    Quando puder dá uma passadinha lá no blog, coloquei escritos teus lá.
    Espero que goste.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  7. Bom dia,Marilene!!

    LINDA POESIA!!!!Quando há amor,há entrega.Difícil é ficar longe.
    Beijos!!
    Ótima semana,minha amiga!!!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  8. É lindo minha amiga e diz muito pra mim !Adorei !Boa semana adoro esse sorriso!

    ResponderExcluir
  9. É a coisa mais linda quando essa cortina cai por inteira, nos deixando nua de qualquer sentimento que impeça o verdadeiro amor cantar...ADOREI...linda semana minha doce amiga...beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Um belo descortinar dos sentimentos da alma...beijos de boa semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  11. Quando me abraça
    Fico contente
    Que não seja por desgraça
    Junto de um corpo tão quente

    Com os sabores da natureza
    Com os desejos do amor
    Com a felicidade de sua beleza
    Com o perfume de uma flor!

    Com o doce de beijo
    Em lábios de mel
    Com o fervor do desejo
    Sem o amargo de fel!

    Boa segunda-feira
    um beijo
    Eduardo,

    ResponderExcluir
  12. Marilene, obrigado pelo carinho.
    No amor não há máscaras.
    Adorei o texto.
    Um beijo grande e uma semana boa pra todos nós.

    ResponderExcluir
  13. O amor é sempre lindo,
    É o mais belo ato humano;
    Mas quando o programa é findo
    Sem aplausos cai o pano.


    Beijos, Marilene.

    ResponderExcluir
  14. Bonita essa entregue por detrás da cortina.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  15. Por detrás da cortina o amor sente-se...

    Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Oi Marilene!
    Estou me tornando repetitiva, mas o comentário para suas poesias são sempre os mesmos, maravilhoso! Parabéns!
    Beijinhos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  17. Olá Marilene, belo poema, deixemos as mascaras cairem p sermos nós mesmos e assim amados sempre pelo que somos! Bjoooooosss

    ResponderExcluir
  18. Sua essência, suas palavras me transpiram poesia, sem ver-te.
    Parabéns, querida.


    Te desejo uma ótima tarde de segunda-feira, uma excelente e abençoada semana. Cheia de paz, luz e inspiração.
    Grande abraço.
    Tatiane.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Att.

    ResponderExcluir
  19. Sempre que venho aqui, vejo que não te falta inspiração. Você é ótima!
    Poetas são assim! :) Se entregam à poesia, como a magia de um amor verdadeiro.
    E a poesia continua viva na alma e no coração.

    ...passei pra te deixar um abraço e o desejo de uma semana bem feliz :)

    Beijos, Marilene!

    ResponderExcluir
  20. OI MARILENE!
    MAS, QUE PRIMOR!
    ESTÁ UM ARRASO.
    QUANDO TIRAMOS AS MÁSCARAS, NOS EXPOMOS COMO REALMENTE SOMOS E NESTE MOMENTO MÁGICO, AS CORTINAS CAEM PARA AS VERDADEIRAS CENAS DA VIDA, QUE SÃO PARTICULARES, RESTRITAS...
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  21. Esta verdadeira entrega
    que deixa a alma falar,
    descerre todos os véus
    e lança a paixão no ar.

    Uma cena arrebatadora que nos remete,enlaçadas na poesia, a momentos de puro amor.
    Belíssimos, Mari!
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  22. Oi Marilene
    Nossa, eu viajei em suas palavras, como gosto de música e tenho um filho músico, fiquei imaginando: Quando algo me sussurra
    Nesses momentos de loucura
    Percebo que a entrega
    É feita ao som de melodia
    Que não requer partitura
    Mas as notas do amor....
    Simplesmente maravilhoso!
    Bjão e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  23. Marilene

    "quando a cortina cai", Tombará de prazer, pensando com os seus botões: li e vi um óptimo poema acontecer.
    Aproveito a informar que TOP SECRET, está em novo capitulo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Em relação ao seu comentário em Centelha luminosa, que acabo de ler,
    digo-lhe que há um poema meu «a sombra duma velha árvore enche-nos de alegria...»
    que um destes dias volto a postar.


    Bjssss

    ResponderExcluir
  25. Boa noite poetisa. Vc arrasa sempre! Nada a dizer. Ameiiiiiiiiiiiiiiii Bjos mil.

    ResponderExcluir
  26. Olá MANA,

    O poema é maravilhoso e destaco a beleza contida nestes versos:

    " Percebo que a entrega
    É feita ao som de melodia
    Que não requer partitura
    Mas as notas do amor."

    DEMAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Beijão.

    ResponderExcluir
  27. Marilene,
    tudo bem?
    Lindo e melancólico, pois quando depositamos tudo em alguém e ele depois se vai, "a fantasia se esvai"... não sobra muito para se recompor.
    Lindo mesmo!
    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  28. .


    Muitos pensam que não fazem falta,
    que sua ausência não é percebida,
    notada. Puro engano. Quando a gen-
    te gosta, tudo é festa se esse al-
    guém está por perto, caso contrário,
    é velório em noite de chuva, sem
    vela, sem oração.

    silvioafonso





    .

    ResponderExcluir
  29. oi Marilene

    Um espetáculo sua poesia!

    ♫ beijos

    ResponderExcluir
  30. Oi Marilene

    Me encanto com este recanto com seus sublimes poemas.
    Uma linda semana para você.

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Decerto, Marilene, o teu melhor Poema.
    Não tenho outras Palavras para Comentar um Canto tão incisivo e claro.

    Beijos

    SOL

    ResponderExcluir
  32. ' E quando se vai
    Recubro com a veste da ilusão
    Esses momentos
    Pra conseguir voltar à realidade
    Sem qualquer tormento'.

    Dá pra ver que a 'volta' é difícil, não amiga? Há tanto desencanto, tantas decepções, que só se vestindo de ilusão...

    grande beijo.

    ResponderExcluir
  33. Oi Oi Oi!

    Sei que tem muito tempo que não faço uma visita por aqui, mas eu mudei de internet e tive que ficar aguardando a instalação e quase não conseguia entrar no blog. Mas vim aqui dizer que agora estou totalmente de volta :) E contanto com sua visita no meu blog também!

    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  34. Belo e inspiradíssimo seu poema querida...adoreiii os versos e a imagem!
    Beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  35. Querida Amiga, hoje eu quero muito lhe agradecer a sua linda e carinhosa presença no meu cantinho! Meu carinho sempre.

    Tem um selinho lá no meu cantinho, feito com muito carinho! Se gostar leve com você!

    Abraço amigo!

    Maria Alice

    ResponderExcluir
  36. Oi, Marilene. Despir a alma para alguém é um ato lindo e profundo. Quando a fantasia se esvai, que a ilusão seja reencontrada na lembrança. Um abraço!

    ResponderExcluir
  37. que lindo!!!

    viver assim é viver cheio de fé
    e mil sonhos de esplendores...


    beijo

    ResponderExcluir
  38. Ser genuíno, verdadeiro em tudo na vida é meio caminho andado para a paz de espírito e felicidade.
    Beijinho

    ResponderExcluir


  39. Lo más bonito es la aurora de la mañana
    Y tu amistad el mejor regalo
    Que podía encontrar.

    Es un privilegio
    Que llenan mis bolsillos de estrellas
    Y los ojos se visten de acuarelas.

    Un abrazo soñando
    Y un beso reposando
    a tu lado.

    María del Carmen


    ResponderExcluir
  40. Marilene,
    voltei para te agradecer pelos dois comentários, muito gentil e bonito de sua parte!
    Beijos e ótima quarta-feira!

    ResponderExcluir
  41. Simplesmente divino.
    beijos querida****

    ResponderExcluir
  42. Um dia de muita serenidade pra ti minha amiga, paz, amor e poesia...beijos com flores...

    ResponderExcluir
  43. Sempre lindos os seus versos, sem contar com a imagem que é maravilhosa...Me lembrou Dali!

    Bjussssss

    ResponderExcluir
  44. Olá, querida
    Quando a fantasia some com a cortina que se cerra... o amor fica... ainda bem!!!
    Bjm de paz

    ResponderExcluir
  45. Uau,Marilene!
    Isso é que é viver um amor,gostei!
    Belíssimo!Beijos nas bochechas!

    ResponderExcluir
  46. Marilene querida, vivi um amor assim.
    E quando ele ia, recobria os momentos com essa veste de ilusão.
    Mas te confesso, era difícil voltar à realidade, sem tormentos...ainda bem que já passou.

    Linda, real e triste poesia.

    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  47. Querida amiga

    Só se ama,
    se os disfarces
    se perdem de nós,
    para que sejamos amor
    de forma plena...

    Que os sonhos te acompanhem sempre.

    ResponderExcluir
  48. Viver um verdadeiro amor implica sacrifícios também,não é mesmo?
    Ah se tudo fosse só prazer, apenas encontros sem despedidas, sem crises, sem brigas. Mas quem disse que é pra ser assim fácil? Ele é complexo e extenso como o nosso mundo.
    Lindo demais o seu poema!

    Muito prazer, Marilene.
    Beijos
    Glória

    ResponderExcluir
  49. Olá, Marilene.
    Pode acontecer da pessoa amada não ser aquela pessoa ideal para nós e nos desapontarmos, mas é necessário que tentemos sempre, para não desistirmos do amor.
    Abraço, Marilene.

    ResponderExcluir
  50. A vida é mesmo uma peça teatral amiga,o proximo ato é sempre uma incognita antes do pano.
    Perfeita inspiração.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
  51. fim do ato. e o palco a apodrecer ali, vazio...

    beijinho, querida amiga!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...