19 de maio de 2012

SEM CRÉDITOS

(Photography by Artem Yankovsky)


                                             
                            Não é sempre 
                            Que o tempo é parceiro
                            Qual foi mesmo 
                            O desejo primeiro
                            Nos seus sonhos ?
                            O amor, por certo dirá,
                            Inteiro e verdadeiro


                            Ledo engano!
                            Quis também que ele fosse
                            Algo mais
                            E que ainda tivesse o poder
                            De um eterno encantar
                            E onde foi o seu sonho primeiro?
                            Não satisfez
                            Muito ainda a dever
                            Muito para trazer


                            E o que mais, a seguir, pretendia?
                            Fores todos os dias
                            Declarações sem serventia
                            Desmedida paixão
                            E uma vida de alegrias,
                            Só ilusão


                            Mas o tempo se vai
                            Não espera a satisfação 
                            Quem não sabe sonhar
                            Quem não sabe aceitar os presentes
                            Da vida
                            Quem acaba criando correntes
                            Pra si próprio prender,
                            Vaga a esmo na decepção,
                            Sem créditos


                                                               (Marilene)

28 comentários:

  1. MARILENE, muito lindo e verdadeiro. "Vaga a esmo na decepção".
    Beijos
    Manoel.

    ResponderExcluir
  2. E não é que é que é verdade? Um abraço e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  3. Maravilha,Marilene!!Ótimo fds,beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Lindo Mary! Um poema daqueles de se ficar pensando nele por um bom tempo! Parabens!

    ResponderExcluir
  5. Lindo Marilene
    Desfez o seu primeiro sonho e foi vagando a esmo
    na decepção.

    Um lindo dia para você
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Sempre o tempo... o que fazer sem ele?
    No tempo está contido tudo, toda a vida e sensações...bom o tempo quando fazemos dele nosso aliado...ah o tempo, o que fazer sem ele?
    Por falar em tempo, adorei seu comentário que fez sobre o tempo aqui no meu blog, simplesmente desapareceu...ou está perdido no tempo?
    Que pena...lindo final de semana...beijinhos no coração

    ResponderExcluir
  7. Gostei em especial desse trecho, que me fez lembrar uma pessoa, "Quem não sabe sonhar
    Quem não sabe aceitar os presentes
    Da vida
    Quem acaba criando correntes
    Pra si próprio prender,
    Vaga a esmo na decepção,
    Sem créditos". Abraços

    ResponderExcluir
  8. Oi linda !!!!!!!!!!!!!!!!
    A Severa apareceu ,kkkkkkkkkkkkkkk,estava dando um giro por ai,mas sem esquecer os amigos que construimos com palavras sem ações,kkkkkkkkkkkk
    Gosto do seu canto das escritas,que nos dar um grande prazer em ler e ficar se questionando assim.
    -Como essa menina escreve muitoooooooooo !!!!!!!!
    Seus poemas é sem fronteiras ...
    Lá no meu blog está voando todas as folhas secas !!!!!!!!!!!!!!
    passa lá para pegar uma de lembrança ,kkkkkkkkk
    bjsssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  9. Na verdade o tempo é implacável, ele passa sem avisar,,,corre longe e distante e muitas vezes nem nos dá o tempo certo de viver e sonhar....beijos de bom sábado pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  10. O tempo passa tão de repente que a gente não se dá conta de que ele passou e sonhos ficam a sonhar.
    Maravilhosa composição.
    Abração.

    ResponderExcluir
  11. LINDO, MANA!

    Costuma-se colocar nos sonhos expectativas além da realidade. DAÍ O VAGAR NA DECEPÇÃO.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Quando nossos sonhos se encontram preenchidos é quando você percebe a riqueza da nossa imaginação e a pobreza da realidade...

    beijos e ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  13. Desesperada, talvez, não saber
    Pelo amor não correspondido
    Sem pensar faz, coisas sem querer
    Ali sentada, sua vida está em perigo!

    Do ledo engano
    Estará a sofrer
    Amor ou abandono
    Tenta esquecer!

    Quem manda é o coração
    Ela tanta obedecer
    Amor e paixão
    Viver, desejo e prazer!

    Bom final de semana para você,
    amiga Marilene. Adoro seu poemas.
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  14. É preciso dar a mão a nossos sonhos e guiá-los no caminho da realidade. Eles são nossos filhos, e não o contrário. Se não fizermos isso, eles se perderão no mundo das ilusões.
    Beijos, sonhadora.

    ResponderExcluir
  15. Marilene, meus sonhos andam indo por água abaixo, mas não desistirei deles, somente terei uma nova forma de sonhar e assim poder enfim realizá-los.
    E vamos lá né minha querida, só não podemos desistir de nossos sonhos, são o que nos impulsiona a seguir em frente.
    Beijos cheios de carinho.

    ResponderExcluir
  16. É preciso não desistir, se dispor. Tenha um abençoado fim-de-semana. Bjs

    ResponderExcluir
  17. É que costumamos esperar demais do que na verdade não passa de se submeter ao inconsequente. ;~ Bela poesia, fico bem... Me sinto bem em passar aqui. Carrego comigo mais um peso pra minha bagagem. :]


    Te desejo um ótimo sábado, um ótimo final de semana.
    Grande abraço.
    Tatiane Salles.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Att.

    ResponderExcluir
  18. Minha querida

    Os nossos sonhos ficam quase sempre perdidos no tempo...e o tempo não os devolve.

    Deixo um beijinho com carinho e desejo um bom fim de semana
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  19. As vezes fico assim, totalmente sem creditos.
    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Olá Marilene, o tempo realmente não perdoa, são dadas as chances quem não tem medo agarra quem espera perde a chance e fica assim sem créditos, por falar em tempo estou mostrando no Blog o que o tempo fará comigo em 2045, passa lá p se divertir rsrs Bjooooooossss

    ResponderExcluir
  21. Quase nunca o tempo é parceiro na verdade. Quando queremos ainda está cedo, e quando já cansamos e nem queremos mais, ele vem que quer nos dar... Corremos atrás de sonhos, de sabedoria, de ensinamentos, de bem-viver e quando achamos que aprendemos um pouquinho, já chegou-se ao fim da linha... O tempo não é parceiro mesmo...E nesse viver perdemos muito tempo nesse "vagar a esmo" como se o tempo pudesse voltar e devolver alguma coisa.
    Lindo Marilene.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  22. Olá, Marilene. Mesmo os sonhos perdidos, seguimos na esperança de dias melhores e acreditando num novo tempo. Vagar a esmo e desistir é deixar de viver! Haverá sempre um novo tempo para o aprendizado. Lindo e perfeito seus versos. Obrigada pela partilha! Bjos carinhosos. Um lindo fim de semana!

    ResponderExcluir
  23. Que lindo, Marilene. A satisfação está no olhar que temos sobre a vida, não necessariamente no que temos. Sonhar, sempre, é plantar uma semente para manter a alma viva, mas passar a vida sem contentamento traz uma sensação de que não estamos sentindo seu sabor. Um abraço, bom domingo!

    ResponderExcluir
  24. Sonhar é preciso. Deixar de sonhar é deixar de viver.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  25. Um belo domingo pra ti minha amiga e uma semana repleta de paz e muita poesia...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  26. O sonho deve ser a última coisa a morrer dentro de nós.
    Magnífico poema, gostei imenso.
    Marilene, querida amiga, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  27. Puxa...uma poesia forte, intensa e tão verdadeira!
    Acontece muito...
    Belíssima inspiração,minha amiga!!!
    Consegue falar de todos os sentimentos com maestria!!!
    Lindo de ler!
    Beijos e meu carinho!

    ResponderExcluir
  28. Criar as proprias correntes é terrivel amiga e perde-se no vazio.
    É preciso recriar a vontade de sonhar e ser feliz.
    Poesia de reflexão e estimulante, muito boa.
    Carinhoso abraço.
    Bjo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...