22 de junho de 2012

SENTIDO HUMANITÁRIO

(Ben Goossens)


                           Lá fora só há desordem
                           Mas aqui, no meu recanto,
                           Existe conforto,
                           Melhor fechar as janelas
                           E ficar absorto
                           Pois não gosto de confusão


                           Lá fora está um  escarcéu
                           Mas coloquei um pedacinho do céu
                           No meu espaço,
                           Expulsei os demônios
                           Controlei as necessidades
                           E abraço, tão somente,
                           Minhas verdades


                           Lá fora existe um mundo
                           Em destruição,
                           Com falta de teto
                           De alimento 
                           De afeto,
                           Mas há gente pra consertar
                           E nem vou me abalar,
                           Permaneço no meu canto
                           Bem montado
                           Onde durmo sossegado
                           Sem as mazelas do horror


                           Ah! Mas não me esqueço
                           De, para os que estão lá fora,
                           Pedir ajuda ao Senhor
                           Assim, faço a minha parte,
                           Como parte da sociedade,
                           Que sou,
                           E como demonstração de amor
                           Pela humanidade


                                                               (Marilene)

44 comentários:

  1. Olá, Marilene. Belo recanto! Perfeito menina. Adorei! Bjos e um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  2. Não, minha amiga! Não é um belo recanto. É o sinal de que o individualismo está afastando a solidariedade humana. Deixar tudo nas mãos de Deus e pensar que alguém vai resolver os problemas do mundo é uma triste realidade. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. nosso conforto nos protege.

    bjosss...

    ResponderExcluir
  4. Molto bello il tuo post, condivido! felice giornata a te...ciao

    ResponderExcluir
  5. Aplausos e mais aplausos...Não podemos nunca esquecer que nós temos nosso cantinho arrumado, mas lá fora, tantos nada tem...Lindo!! beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Pedir ao Senhor ajuda pelos que vão a obra é um grande feito, Srta! abraços

    ResponderExcluir
  7. Oiii Marilene, muitas pessoas se comportam assim mesmo, se p mim tá bom que se dane o que está la fora, rezo e pronto fiz minha parte, o que seria da humanidade se todos se comportassem assim né, um lindo poema, retratou bem o que pensam muitos por ai! Bjoooosss

    ResponderExcluir
  8. Acho que cada um faz aquilo que pode, e que sabe fazer melhor. Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  9. Que se feche essa janela e se faça um mundo bem melhor de amor...de paz,,,de carinho,,sem utopias,,,,beijos de bom final de semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  10. BOM DIA MINHA QUERIDA!
    COMO É QUE PODE?
    VENHO LÁ DA VERINHA TODA MOLINHA.CHEGO AQUI E ENCONTRO ESSA FANTÁSTICA CRIATURA FAZENDO POEMAS ENCANTADORES PARA NOS FAZER FELIZ AO LER.PARA NOS DEIXAR REFLEXIVOS SEMPRE...VC É ESPECIAL VIU?PODE BOTAR NA SUA CABECINHA,QUE VC ENCANTA ATÉ DAR VONTADE DE FAZER UMA CANÇÃO DOS TEUS POEMAS.E SAIR CANTANDO POR AI,RSRSRSRSRSRS.
    BJS DE BOM DIA !

    ResponderExcluir
  11. Oi Marilene!
    É, nosso recanto está em segurança, mas o mundo se desfaz com tantas mazelas. Infelizmente é assim, não podemos fazer mais do que pedir a Deus que olhe por nós.
    Beijinhos e um lindo fds!

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Muito bom,muito interessante,parabéns.
    Até mais

    ResponderExcluir
  13. É minha poeta! A bíblia diz que o mundo jaz no maligno nestes finais de tempos. O nosso maior porto seguro é o seio do Senhor Jesus, onde podemos encontrar segurança.
    O teu texto está muito bom!
    Obrigado pelo teu comentário lá no blog.
    Abração.

    ResponderExcluir
  14. ainda bem que existe gente como voce
    que cultiva bons sentimentos e agrega-nos
    em teu templo.

    excelente fim de semana.


    beijo

    ResponderExcluir
  15. Olá MANA,

    Somente os egoístas pensam e agem dessa forma. Pedir a Deus que auxilie e ampare as vítimas da indiferença humana e que os proteja contra as mazelas do mundo é louvável, mas não basta. Temos que nos integrar à luta por um mundo melhor e nos solidarizarmos com os menos favorecidos.

    Belo chamamento àqueles que só se importam com o próprio bem-estar.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  16. Vem escutar a música da noite
    Vem sentir a vida num piscar de olhos…

    Bom fim e semana

    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  17. Querida amiga hoje eu vim agradecer o carinho de sua presença no meu cantinho, assim que poder virei com mais calma.
    Um abençoado fim de semana.
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  18. Olá Marilene
    Um poema que nos leva a uma profunda reflexão! O mundo está carente das mais diversas formas, e podemos ajudar, sim! Cada um tem consciência do que pode fazer, basta apenas fazer! Gostei muito! Bjs

    ResponderExcluir
  19. Que lindo e generoso seu poema, Marilene. Quem tem a graça de se sentir seguro e confortável onde está deve aproveitar isso ao máximo, mas sem esquecer de pedir ajuda aos que precisam dela. Um abraço!

    ResponderExcluir
  20. Boa Noite
    O mundo está carente de amor. Por isso, precisamos amar sem cobrar a perfeição do outro. Deus quer nos treinar no amor e tem feito isso. De nossa parte, temos todas as condições para amar, já que o Espírito Santo habita em nós.Devemos refletir sempre.Um feliz fim de semana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Belíssimo espaço e profunda reflexão poética!Agradeço sua visita ao meu blog
    e foi enriquecedor conhecer teu espaço.Bjs de violetas.

    ResponderExcluir
  22. OI MARILENE!
    ASSIM VAMOS QUERER FICAR ESCONDIDOS NO CONFORTO DE TEU RECANTO...
    LINDO TEXTO.
    ABRÇS
    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  23. Querida Marilene, é um prazer imenso chegar até aqui e poder deliciar-me com uma leitura maravilhosa como esta! Obrigada pelo teu carinho e presença amiga! Segunda-feira, dia 25 de junho, terei postagem nova!
    Um final de semana iluminado!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Marilene,
    este poema, ao meu ver, falou da necessidade de erguermos nosso próprio eu-paraíso, lugar nosso onde podemos nos recolher da realidade, pois todo ser humano necessita seu momento, seu cenário para que se sinta também indivíduo único para além dos problemas coletivos, e ganhe assim as energia para depois enfrentá-los.
    Beijos e ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante uma coisa, Marilene, após eu fazer este meu comentário acima, fui ler os comentários dos outros. Pois minha interpretação foi de caráter intimista, pensei, não pelo aspecto do egoismo em si, mas do tempo que todos necessitamos para nos refazer e nos sentir a nós mesmos, pois creio que sem esses momentos, dificilmente poderemos ajudar os outros. Foi a minha leitura. Mas se a o tom que quiseste dar foi o outro, realmente, concordo que não devamos nos recolher em nossa torre de marfim.
      Beijos!

      Excluir
  25. Acredito na desordem organizada que há lá fora.
    Mas isso não me faz reduzir o mérito do seu poema, passa a impressão de algo bem trabalhado. Gostei muito!

    ResponderExcluir
  26. Um excelente sábado pra ti minha amiga, repleto de bons acontecimentos e muita poesia...beijos e flores.

    ResponderExcluir
  27. Eu confesso que fechar-me no meu cantinho é o que mais faço... Mas que há muito já percebi que rezar não leva a nada, isso sim! Obras! E com o coração!

    Beijinho, Marilene!

    ResponderExcluir
  28. Uma realidade tanto cruel, mas construímos nosso mundo aqui dentro pra conseguir encarar o mundo de fora. As vezes me sinto um tanto egoísta querendo meu conforto, já vive tempos de intensa ajuda ao semelhante, hoje eu estou meio repousante. Deus que me perdoe, mas precisei desse tempo parecendo egoísta, onde precisei de socorrer a mim primeiro. Lindo poema que já é seu lema. bjos.

    ResponderExcluir
  29. O lugar onde habita o Amor, deveria ser o nosso sítio; assim tudo seria partilhado e o alerta do teu belo Poema seria apenas para Reflexão.
    Como sempre, Amiga, atenta e eficiente q.b. para que o teu grito tenha a força que faltava.

    Beijos

    SOL

    ResponderExcluir
  30. Que delícia ter um cantinho pra te proteger...
    Temos que aprender a viver neste mundo de caos, porém, é necessário um refúgio para rebobinar as forças!

    Um beijo e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  31. Um poema muitas vezes é como uma pintura abstrata, muitas interpretações cabem; o poeta tem uma maneira própria de expor suas idéias. Penso, eu, que primeiro arrumar nosso espírito, nossa casa, nossa vida, nossa paz. Tudo arrumadinho? Vamos dar a mão, então, a quem precise... Por etapas, caso contrário, a bagunça recomeça.
    Beijo grande, Marilene.
    Tais

    ResponderExcluir
  32. Olá querida Marilene!
    Mesmo que haja desordem lá fora,existe o recanto acolhedor,e foge-se de conturbações,e coloca-se uma pedaço do céu dentro da nossa alma.Muito lindo Marilene.Bjs e um ótimo final de noite.Nati

    ResponderExcluir
  33. Marilene

    Este teu poema, para além de mostrar o teu a amor humanitário, tem muito de interventivo. Merecia ser lido e sentido, por uma certa sociedade, para quem a palavra, mesmo a dos bons poetas, é letra morta.
    Aproveito a informar, haver novo capitulo no TOP SECRET OLAVO.
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. do lado de dentro e do lado de fora: em qual deles somos o quê/quem? e a roupa a bater ao vento...

    beijinho, marilene!

    p.s. imagem irrepreensível!

    ResponderExcluir
  35. do lado de dentro e do lado de fora: em qual deles somos o quê/quem? e a roupa a bater ao vento...

    beijinho, marilene!

    p.s. imagem irrepreensível!

    ResponderExcluir
  36. Um belo domingo pra ti minha amiga e uma semana repleta de paz e muita poesia...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  37. É muito bom termos o nosso próprio recanto.
    E nele podemos não esquecer os que estão fora e que precisam da ajuda dos outros.
    Belíssimo, gostei imenso.
    Marilene, querida amiga, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  38. Oi, Marilene!!!

    Vivemos em meio a essa sociedade conturbada, é bem verdade! Mas como é bom ter um lugar onde podemos nos refugiar e nos refazer!... E com certeza, aquilo que não podemos mudar, colocar como motivo de oração é o que devemos fazer.

    Beijos, querida!

    Ótima semana pra ti!

    Nel

    ResponderExcluir
  39. Oi Marilene!!! Estive ausente, mas voltei. Não podia deixar de visitar seu blog e ler seus poemas. Ótima semana! Bjs

    ResponderExcluir
  40. Oi Mari, que sentido e sentimento tão verdadeiros existem nas entrelinhas destes versos?! Fiquei sob encantamento diante das tuas palavras.

    A imagem vem a contento, ilustrando interiores outros - aqueles, caóticos, expostos às tempestades cruéis da humanidade.

    Tão perfeito que merece re(leituras).
    bacios lindeza
    boa semana pra ti!

    ResponderExcluir
  41. E como é necessário guardar um pedacinho de céu dentro de nós!
    Se não for assim como contribuir para um mundo melhor?! De sentimentos ruins e coisas negativas ele está cheio!
    Vamos fazendo nossa parte,mesmo que seja pequena.Mas se todos fizerem, este pouco será muito!
    Belíssima poesia com forte sentido social!Uma obra prima!
    Beijos,poetisa!Ótima semana!

    ResponderExcluir
  42. O seu poema é um grito real. Vivemos assim mesmo. Nos protegendo contra as adversidades e rezando para que tudo melhore.
    Lindíssimo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  43. Olá, Marilene.
    Acho que todos nós fazemos isso, nos protegemos do mundo lá fora, mas sem jamais nos esquecermos ou nos ausentarmos dele.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...