17 de agosto de 2012

ADORNOS

(Imagem retirada da internet - desconheço autoria)
                                  

                        A auréola da mente
                        É fruto da sabedoria,
                        Nem sempre  visível
                        Nem sempre  entendida,
                        Mas  indestrutível

                        Cresce e brilha
                        A cada semente recolhida,
                        De lábios sensatos
                        De corações sensíveis
                        De exemplos abraçados
                        Por sua magnitude

                        O adorno explícito
                        Não torna o homem
                        Aquilo que ele deseja
                        Colocar em evidência,
                        Seu valor estará sempre
                        Na real essência,
                        Onde as raízes se aprofundam
                        E se desenvolvem

                                                      Marilene

61 comentários:

  1. Oi Marilene. Bons sonhos! Que bom poder estar aqui. Já estava com saudades! Belissimo e profundo seus versos. Ameiiiiiii! Uma linda sexta e um maravilhoso fim de semana. Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Lindo,Marilene e é na essência que está o bom...beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Concordo.
    É de lá que as sementes sem alarde, semeiam as boas novas de seu interior.
    Belo texto moça!
    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Olá,Marilene!!Saudades de ti,amiga!!
    Poema, com versos de muita profundidade.
    Excelente final de semana.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  5. As raízes dos homens estão lá no passado, e doando frutos belos, colhidos no futuro! linda poesia Srta!

    ResponderExcluir
  6. Oi poetisa Marilene,
    textos lindos os teus, parabéns!
    Já te seguindo por AMIGOS VIRTUAIS> http://amigosvirtuais2003.blogspot.com.br/
    e te esperando neles,
    Tenha um final de semana abençoado!
    Grande beijo
    Eu! Leilinha

    ResponderExcluir
  7. Adornos de sentimentos vivos gravados na alma....beijos de bom final de semana pra ti amiga...

    ResponderExcluir
  8. Oi, também já te sigo por este também.
    Vem pra CÁ!
    Beijos
    Eu! Leilinha

    ResponderExcluir
  9. Bom dia,Marilene!!!

    Querida poetisa!!!Que poesia sublime!!!!
    Que a nossa essência possa guardar só o melhor.
    Beijos e meu carinho!!!
    *Imagem incrível!

    ResponderExcluir
  10. Cresce e brilha
    A flor na planta
    Na cabeça a rodilha
    No cabelo uma trança.

    Ter tanta graça ela
    No interior daquela lâmpada
    Lá dentro está tão bela
    Que suspeitas não levanta!

    De lábios sensatos
    Pés sem sapatos
    De sinto negro
    Preso no vestido amarelo.

    Bom fim de semana para você,
    amiga Marilene,
    um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir

  11. OLÁ MANA,

    Um poema lindo na forma e no conteúdo.
    A verdadeira beleza emana da riqueza interior, da essência, do que o nosso EU
    conquista e distribui de melhor em termos de valores da alma.

    Bela imagem.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  12. linda reflexão e com uma imagem muito poética...

    ResponderExcluir
  13. Para fazer uma reflexão dessa magnitude em forma de poema, claro, há que se ter uma mente privilegiada, com luz própria. Super parabéns!

    ResponderExcluir
  14. ola, vi o seu blog no perfil de outra pessoa e decidi visitar para conhecer seu espaço, adorei imenso.. voce não quer vir visitar meu espaço?? http://assombrado-mc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Tão triste nasceu hoje o Verão
    Tão agreste sopra este colérico vento
    Tão molhada está esta verde terra
    Tão cinza está um coração em desalento

    Mentem os que disserem que perdi a Lua
    Os que profetizaram o meu futuro de luz
    Mentem os que acharam que não me visto de sentimento
    Os que acham que apenas a mentira seduz

    Acolhi no olhar todas as coléricas vagas que alcancei
    Abracei uma roseira e senti o golpe dos espinhos
    Senti o aroma errante das hortênsias
    Numa viagem por sete caminhos

    Bom fim de semana

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  16. "Na competição em termos de prestígio apenas parece sensato tentarmos aperfeiçoar a nossa imagem em vez de nós próprios. Isso parece ser a forma mais económica e directa para produzirmos o resultado desejado. Acostumados a viver num mundo de pseudo-eventos, celebridades, formas dissolventes, e em imagens-sombra, nós confundimos as nossas sombras com nós próprios. A nós elas parecem mais reais que a realidade. Porque é que elas não deveriam parecer assim aos outros?"

    Daniel J. Boorstin, in ‘The Image

    Estava guardado para uma minha edição, mas não resisti à tentação...

    ResponderExcluir
  17. A sabedoria, omelhor adorno para a mente e o coração.
    Lindo Marilene!!!
    Estejamos aptos a tê-la e conquistá-la cada vez maisssss.

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  18. Olá querida Marilene,

    Deslumbrante e significativa, a imagem, que encima a sua postagem.
    Uma menina escondida, guardada numa lâmpada, que se estilhaçou e um pequeno sapo a olhando. Que pensará ele daquela "luz"? Será a Bela e o Monstro?

    Na realidade, o que conta, o que mais interessa é a ESSÊNCIA de cada um de nós, a nossa qualidade moral. Tudo o resto, virá, por acréscimo.

    Beijos afetuosos da Luz.

    ResponderExcluir
  19. Marilene,continuas uma poeta de primeira linha.Traz nos a emoção do amor,do sonhar, do padecer enfim suas palavras são encantos que nos dão prazer à alma.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  20. Muito belo seu cantinho, estou seguindo, se puder da uma olhadinha no meu, agradeço. Bjs

    cadeadani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Boa noite, amiga!
    Passei para pôr-me ao corrente das novidades
    e deixo um beijinho para si!

    ResponderExcluir
  22. Boa noite Marilene


    Que poema mais lindo...

    Que seu final de semana seja maravilhoso.
    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  23. Não me vou repetir, nem repetir os outros! apenas uma pergunta: - Já experimentou escrever o Código Penal em verso? - Talvez fosse melhor percebido:)!
    Bjo

    ResponderExcluir
  24. Querida Mari, fiquei contente qdo te vi lá no Coluna. Pois é, não ando lá muito bem e prefiro ficar quietinha aqui no meu canto... Lendo, observando.

    Mas olha, eu vim aqui pra agradecer tua visita mesmo e tb teu carinho e lembrança.
    beijo grande com saudade.

    ResponderExcluir
  25. Marilene

    Lindo
    Fiz alusão a coroa de cristo (flor) que tenho na janela INDESTRUTÍVEL, embora sempre visível que cresce e brilha na sua verdadeira essência.

    Lindos dias.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Oi Marilene!
    Lindos versos, bela reflexão. O que importa não é o que está aparente, mas o que temos dentro de nós e que realmente deve ser a nossa marca.
    Beijinhos e um fds de alegrias!

    ResponderExcluir
  27. Boa noite querida amiga !!!!!!!
    Sei que vc é o adorno da poesia,pois escreves com a criatividade suprema...
    Seu poetar de hoje trouxe muita sabedoria nas palavras...
    bjs de boa noite !

    ResponderExcluir
  28. Oi Marilene,

    Tudo bem? Lendo o seu texto,lembrei dos índios que sempre usaram adornos de forma a caracterizar o grupo. Na psicologia, o adorno está relacionado ao que somos ou que queremos ser.

    Os fósseis do Homo sapiens não revelam adornos. Só há cerca de 70 mil anos atrás foi que os nossos ancestrais começaram a pintar o corpo e as paredes das cavernas. E aí os mortos começaram a serem sepultados com adornos e os mitos foram criados. Enfim, poderíamos ter escapados dos detalhes.

    Bom final de semana!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  29. Passando para te deixar um beijo, agradecer o carinho por lá e dizer:Gosto, gosto, muito de ti Mari.

    Beijinho

    ResponderExcluir
  30. Lindo Poema. Convido vc a ver as novidades em meu site. Vc e seu blog tbm fazem parte delas. Tenha um otimo final de semana. Dado

    ResponderExcluir
  31. As raízes são a base de tudo, de uma vida.
    Lindo texto.Bjs

    ResponderExcluir
  32. Marilene, tudo bem?
    Interessante a ideia de adorno explícito, pois penso que exista o adorno interno, que foi o que sutilmente traçaste por aqui, a essência, a alma, adornada por sementes que plantamos e outro tanto que colhemos ao longo da vida, em conhecimento, projetos, sonhos, relações e tudo o mais.
    Perfeito!
    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  33. Legal Mary!

    A inteligência e o conhecimento é a única coisa que nunca tirarão de você! Então estaremos sempre adornados, de sabedoria.

    ResponderExcluir
  34. ♡¸.°.¸♫♫♪
    O verdadeiro adorno do homem é invisível aos olhos.
    Bom fim de semana!
    Beijinhos.
    Brasil
    ♡彡♫♪°.¸.•°`

    ResponderExcluir
  35. Recolher somente as boas sementes, de lábios sensatos de corações sensíveis.
    Que poema profundo. E nas raízes se sustentam a essência.
    Fantástico.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  36. Sabedoria é dito ser um esforço para conhecer... Muitos se esforçam para saber e não consideramos sábio, mas aprendizes...

    beijos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  37. Um excelente sábado pra ti minha amiga querida,,,beijos e flores...

    ResponderExcluir
  38. Marilene

    A real auréloa, só os eleitos a terão à mercê. Os espíritos, podem fazer sentir-se, mas não vêem. Os teus poemas fazem-de notar com palavras de beleza.
    Beijos

    ResponderExcluir
  39. O essencial é invisível aos olhos, quando buscamos a fundo, encontramos. Parabéns! Belo fim de semana para você Marilene, com brilho e cor! Bjks

    ResponderExcluir
  40. Marilene.
    Belos versos.
    Para além das aparências,
    é o amor,
    a alegria,
    a sabedoria,
    a elegância,
    a humildade,
    a solidariedade
    e a inteligência,
    só para citar alguns valores,
    Dentre tantos fatores,
    o que nos resgata da moral indigência.

    ResponderExcluir
  41. Olá Marilene
    Na essência de uma pessoa é o que encontramos de mais valioso num ser humano, um ótimo fds, bjs

    ResponderExcluir
  42. Honra. Honestidade. Consciência. Adornos que brilham por si sós, apenas perceptíveis nas sombras da vida, longe das luzes da ribalta, sob as quais faíscam os reflexos deslumbrantes e falsos dos adereços que não têm luz própria.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  43. Oi Marilene

    A essência é o que define a pessoa, as vaidades nunca poderão camuflá-la.

    A sua essência é de sabedoria.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  44. Mensagem inteligente, foto expressiva!
    bj Sandra
    http//projetandopessoas.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  45. Um belo domingo e uma excelente semana pra ti minha amiga,,,beijos e flores..

    ResponderExcluir
  46. Amiga imagens e versos entontecem tamanha beleza,bjos!

    ResponderExcluir
  47. O coração sensível é um adorno que envolve a alma.
    É sempre lindo e intenso a tua maneira de fazer poesia.
    Abração.

    ResponderExcluir
  48. Realmente, nem tudo o que está explícito mostra a realidade... pode ser apenas uma falsa fachada... ou seja, uma simples necessidade de se deixar levar pela aparências... A essência é muito mais importante!

    Adorei!!!!

    bjks JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  49. Oi Marilene!Lábios sensatos e corações sensíveis!Eu não quero um adorno melhor pra minha alma!Lindos versos!Bom começo de semana!

    ResponderExcluir
  50. Boa tarde, Marilene. A real essência é mesmo a que vem de dentro e resplandece no exterior. Adornos não servem para nada, mascaram, só isso.
    A liberdade faz um bem incrível aliada à sinceridade do que somos e sentimos.
    Amei a imagem, extremamente forte!
    Beijos na alma e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  51. Olá , seu blog é muito bom, e desde já quero dar-lhe os parabéns, meu nome é: António Batalha, e quero deixar-lhe um convite, se quiser fazer parte de meus amigos virtuais no blog Peregrino E Servo ficarei muito radiante. Claro que irei retribuir seguindo também seu blog.Como sou um homem de Deus deixo-lhe a minha bênção. E que Seja feliz você e sua casa.

    ResponderExcluir
  52. A real essência, na maioria das vezes não combina com as máscaras! Fingimos ser o que não somos e muitas vezes acreditamos nisto. O ser humano é complexo e muitas vezes tem medo de procurar se conhecer!

    Beijos e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  53. É minha querida Marilene, a verdade está na essência, pois não?
    Adoramos...beijinhos no coração.

    ResponderExcluir
  54. A essência não muda, penso eu. E é notada no exterior.
    Beijocas, maravilhosa!

    ResponderExcluir
  55. Olá, Marilene.
    Não tem como uma pessoa querer enganar todas as outras criando uma aparência falsa, já que a maioria das pessoas enxerga o coração e não a forma física.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  56. Boa tarde, tudo bem?
    Entrei para conhecer seu cantinho. Gostei muito de tudo que vi. Parabéns o blog está lindo. Já estou seguindo. Depois passa lá no meu cantinho também, será um prazer, ótima semana pra vc, bjs
    Claudiana
    http://encantosempontocruz-barbie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  57. Lindíssimo poema, Marilene!
    A essência do homem é o seu verdadeiro valor.
    Por isso, um homem sábio não se desvirtua. A sua essência é indestrutível.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  58. Marlene,muito bonita e significativa poesia!O essencial invisivel aos olhos!bjs,

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...