20 de agosto de 2012

MUITO POUCO !

(Anton Surkov)



                            Sempre na superfície
                            Na pele
                            Prazer intenso e fugaz,
                            Não há mergulho
                            Ao fundo
                            Não há qualquer segundo
                            Pra desnudar o dentro,
                            Onde o real sentimento
                            Deveria habitar

                            Sempre no exterior
                            Na aparência
                            Encantamento espelhado,
                            Não há o passar pela porta
                            Do entendimento
                            Pra desnudar o dentro,
                            Onde a verdade
                            Deveria estar

                            Apenas um lado da moeda
                            É exposto,
                            Será que não existe outro?
                            Porque esse não satisfaz o gosto
                            De quem espera mais

                                                                 (Marilene)



64 comentários:

  1. Há sempre a espctativa, por detrás da vontade.
    Mas a verdade é luz que brilha, mesmo com a porta fechada.O som da verdade único e quando chega ilumina tudo.

    Você moça, escreve com sabedoria.
    Gosto muito de aprender contigo Mari.
    Bjo e linda semana.

    ResponderExcluir
  2. O que não tem partilha mútua não satisfaz plenamente.Preciosismo impresso nas palavras deste teu lindo poema.Querida amiga és sensibilidade e encantamento.Parabéns! Bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
  3. Os dois lados da moeda são necessários...LINDA poesia, intensa!!! beijos,chica e ótima semana!

    ResponderExcluir
  4. Não adianta nada conhecer só metade do outro. E o dia em que forem morar juntos? Também não adianta nada se mostrar só pela metade... Tudo é uma questão de confiança!

    Beleza de poema!

    ResponderExcluir
  5. Esperamos tanto pelas emoções do outro, mas o que temos são aparências mesmo, linda poesia, abraços

    ResponderExcluir
  6. Talvez o outro lado exista sim,,,em muitos sentimentos guardados e esperando a hora certa pra poder se mostrar,,,se fazer sentir com mais força....beijos amiga e uma bela semana pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Insatisfação no amor ou este pede sempre mais? Há um tempo e um caminho a ser percorrido para chegar...dentro! Com entrega...chega-se lá!
    Mil beijos e uma boa semana.
    Graça

    ResponderExcluir
  8. Como seria bom se o que cada um expõe, fosse apenas um trailer do interior. Mas o que se mostra, nem sempre satisfaz. Porque lá no fundo, há muito mais, e infelizmente não querem mostrar. Talvez por insegurança se serão aceitos. - Amiga Marilene, uma linda semana para você. E que não fique nada a desejar em seu convívio. Bjks♥

    ResponderExcluir
  9. Oii Marilene, com certeza existe o outro lado da moeda, e esse é sempre um mistério, revela-se em segredo! Bjoooossss

    ResponderExcluir
  10. Marilene,
    Às vezes o desejo se sobrepõe a outros sentimentos que deveria coexistir com ele. As pessoas tem a tendência de mostrar somente a superfície e querer também o superficial, o que é formado de aparências e urgências. É realmente o lado "cara" pois o lado "coroa" fica bem escondido, e pra quem quer mais, nao basta realmente o superficial, o que não tem profundidade.
    Lindo querida.
    Beijokas doces e boa semana

    ResponderExcluir
  11. Amiga Marilene!!!
    Que maravilha de versos, me encantei com sua poesia.Divina, muito bem colocada e cheia de sensibilidade.Cada palavra diz um momento sibilino, já fiquei seu fã.Adorei tudo o que vi por aqui.Um cordial abraço, Rubi.

    ResponderExcluir
  12. Verdade...tem sempre um outro lado da moeda.Pena que muintas vezes a gente se faz de cego e não consegue enxergar.Bjs, Rubi.

    ResponderExcluir
  13. Belíssimo...tudo pede equilíbrio, não mesmo minha querida? Bom o sentir na pele, mas fica tão pouco, quando se quer sentir e ser sentido no coração.
    Boa semana, beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  14. Minha querida Marilene, desculpa minha ausência, estive super gripada, depois meu bem ficou também e já viu né, ficamos um cuidando do outro e não dava coragem de vir aqui no PC, mas estamos bem e vou colocar minhas leituras e dia.
    Quando não há cumplicidade, partilha, não há verdade.
    Lindo seu poema querida Marilene.
    Um super beijo em seu coração poético e linda semana de amor, paz e vitórias.

    ResponderExcluir
  15. Oi Marilene!
    Este foi fundo heim?
    É, nem sempre este outro lado se mostra e olhe que ele é essencial. Esta completude é buscada pelos que vivem o amor por inteiro, não só quer um pouco, quer muito, quer por completo.
    Beijinhos e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  16. Marilene que importante conocer nuestro interior, para amarse cada uno así como es. Luego ya analizar el exterior.
    Saludos
    David

    ResponderExcluir
  17. Linda a imagem das moedas! Todos temos esses dois lados...

    ResponderExcluir
  18. Oi Marilene

    Uns buscam a verdade, outros a superficialidade.

    Vixeee que fico encantada demais com seus poemas. Ô mulher danada!

    Beijos

    ResponderExcluir

  19. Olá MANA,

    Pois é... o que realmente encanta, que é a beleza interior ou o "eu" verdadeiro de um ser costuma ficar camuflado, mas este se revela com o passar do tempo e às vezes decepciona. Amar uma pessoa pelo que ela é verdadeiramente é o caminho certo para uma relação completa e duradoura. Cumplicidade é a palavra chave das relações. Pele é tudo de bom, mas não basta por si.

    Lindo e sensível poema.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  20. Marilene

    O dever e o querer sempre incitam a esperar por mais. O poema de texto bem formalizado, confirmará, mais nas entrelinha, bem no teu estilo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi, Marilene. Que todos trem o outro lado da moeda é fato, a dúvida é por quê não mostrá-lo? Ou, será que o outro lado é menos interessante do que o que se mostra e merece ficar escondido? Conheço tantas pessoas vazias que chego a duvidar do outro lado da moeda...Um abraço!

    ResponderExcluir
  22. Oi Marilene
    Mais um belo poema. Acho que sempre esperamos por mais, nunca ficamos satisfeitas com a metade, principalmente no relacionamento, quando se fala em amor.
    Bjão. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  23. Oi Marilene,

    Que nada seja, pela metade. Que tudo se dê, em verdade e sem aparências.
    A moeda tem dois lados, talvez, um melhor que o outro, simbolicamente, mas o importante é saber jogar, na roda da vida.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  24. Muito pouco para uns as vezes pode ser o suficiente para outros dependo do ponto de vista de quem analisa maravilhoso texto adorei parabéns querida!
    Passando para retribuir a visita, a partir de agora te visitarei sempre!

    ResponderExcluir
  25. Querida amiga

    As palavras
    que trazem em si,
    perfume de vida,
    escrevem e se reescrevem
    no olhar de quem as lê.

    A amizade é o templo
    da alegria.
    E que assim seja
    para sempre em sua vida.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
  26. Os dois lados da moeda...importante!
    Grande abraço!!
    jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Concordo com a amiga Valeria.
    É preciso equilíbrio para que os dois lados sejam valorizados!

    Gostei muito!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Marilene
    Muitas pessoas não se mostram por insegurança, medo de não serem aceitas como são, mas com o tempo aprende-se que o maior tesouro está dentro de cada um, somente com a maturidade temos a segurança de nos mostrarmos por inteiro(a), isso acontece, é compreensível, quando amamos compreendemos, aceitamos. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  29. Boa noite, Marilene. É claro que existe o lado profundo, o que apraz, e não algo tão somente superficial esperando que um dia torne-se mais sólido, que dê para tocar e sentir.
    A superficialidade não ajuda nas relações, ela não desencadeia a parte mais generosa do ser humano.
    Existem pessoas que não conseguem se abrir, mostrar quem são por medo do julgamento alheio, isso é fato.
    Outras, por temerem o que são e o que sentem sem admitir para elas mesmas.
    Superficialidade x profundidade, caminhos que precisam ser trilhados, analisados e respeitados.
    Beijos na alma e fique na paz!

    ResponderExcluir
  30. AMIGA
    Sempre esperamos mais numa relação sincera. A vida tem dois lados da moeda. Passando para te desejar uma semana super feliz. Um beijinho com carinho.
    Ana Brisa

    ResponderExcluir
  31. Assim como diz... é pena!

    Beijinho para si!

    ResponderExcluir
  32. Marilene, és maravilhosa com as palavras e intensa na sensibilidade!
    Sei que não disse nada novo, mas é verdadeiro, amiga!
    O blog está mais lindo ainda. Parabéns!
    Amei!
    Beijocas e boa semana!

    ResponderExcluir
  33. Marilene, querida poeta!
    No mínimo instigante.

    Tenho uma máxima que comecei a refletir desde que, certa vez, ao colocar um pãozinho com recheio de doce no microondas para esquentar, ao tocar por fora senti que ainda estava gelado, coloquei mais tempo ainda, quando achei que estava no ponto, apenas morninho, dei aquela dentada e me queimei com o recheio! hehe
    Parece bobo o meu exemplo, mas tudo para te dizer que o recheio é que liberta, não interessa necessariamente como as coisas estão por fora, mas sim a 'temperatura' do recheio.

    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  34. Subir e Descer até os limites,ou para além deles,será preciso para que possamos acordar?Sinto que,apenas na superfície conseguimos respirar.
    Belos versos,Poetisa.
    Bjosss...

    ResponderExcluir
  35. Um belo dia pra ti minha amiga querida,,,,beijos e flores sempre...

    ResponderExcluir
  36. Bom dia Marilene minha querida


    Lindo e verdadeiro teu poema, na maioria das vezes nos encantamos tanto com o exterior e nem nos preocupamos em descobrir se o que está por dentro nos agrada... Mas um dia aprenderemos que nem tudo o que nos é mostrado é realmente verdadeiro e que as vezes pessoas usam máscaras para esconder o que não são.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir

  37. Imagem fantástica!

    Sim, 'desnudar o dentro' é fundamental e é a condição sine qua non para que o amor aconteça. Ao darmo-nos por inteiro esperamos que o ser amado se dê na mesma medida...

    Belo poema, gostei muito.

    Bjs

    Olinda

    ResponderExcluir
  38. Oi Mari,

    Muito bom o texto! Lendo me fez pensar em aparências, ou seja, em como ficamos na superfície, por ser mais fácil cômodo ou por partidarismo. Viver assim é enxergar apenas a metade do copo cheia. Todavia, verificar o que falta, implica em trabalho ou comprometimento. Diria que é andar na contramão, estranho? Mas seguir a manada é ficar com os olhos em uma única direção e aí quando há contingências, prevalece-se a saída a francesa.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  39. Olá querida Marilene!
    Agradecemos seu carinho e sua presença em nossos cantinhos...estamos quase curados, graças a Deus, hoje até deu para irmos até a praça, no final da tarde curtir a passarinhada e a natureza que está explodindo, a primavera está logo ali...beijinhos querida e linda noite.

    ResponderExcluir
  40. nice blog and nice share post and picture...i like it,
    greetings from Makassar - Indonesia :)

    ResponderExcluir
  41. Minha querida

    Um poema muito verdadeiro, o que importa no amor não é a aparência, mas o conteúdo dos sentimentos.
    Como sempre os teus poemas FALAM.


    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  42. Somos feitos de corpo e alma! Não podemos lembrar de um e esquecer o outro.... Poesia linda! Uma iluminada semana!
    Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  43. Bom dia Mari.
    Vim deixar esse bom dia cheio de carinho.
    Que seja maravilhoso teu dia.

    Beijão

    ResponderExcluir
  44. Um belo dia pra ti minha amiga querida,,,obrigado sempre pelo seu carinho no Livro....beijos e flores...

    ResponderExcluir
  45. .


    Toda véspera do dia 23 eu
    seleciono as pessoas que
    têm a ver com a matéria que
    será, por mim, postada no
    Blog , Bar do Escritor.
    Por isso eu te convido a
    entender o porquê das pes-
    soas chorarem por quem já
    foi linda e hoje luta de-
    sesperadamente para não
    se perder da lembrança dos
    que um dia a ela se rende-
    ram.

    Espero por ti, com flores
    da serra no DIA 23 na
    COLUNA do silvioafonso
    .

    http://bardoescritor.blogspot.com

    silvioafonso







    .

    ResponderExcluir
  46. Minha querida, viver um relacionamento, só de superficialidade, acaba em pouco tempo e deixa aquela sensação de vazio dentro da gente.
    Eu não gosto de algo assim, gosto de desnudar-me e ao outro também, conhecer o teor que habita a alma e o coração.
    Sua poesia é linda e verdadeira.
    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  47. Poema verdadeiro e lindo.
    Adoro passar por aqui.
    Obrigada pelo carinho.
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  48. Bom dia Mari! passando pra desejar uma semana cheio de paz e tb ver as novidade...
    Lindo poema e verdadeiro...

    Meu anjo acho que não comentei com vc sobre a mudança de endereço de meu blog
    http://sonhosecarinhosdetimel3.zip.net

    Temos festinha por lá ainda...estou meio tonta com as visitinhas já nem sei quem avisei ou não, as vzs aviso duas vzs kkkkkkkkkk perdão ...

    beijos carinhosos
    Lucinha

    ResponderExcluir
  49. Este andar na superfície muito me incomoda.


    Há um comportamento de eternidade nos caramujos.

    Manoel de Barros


    beijos

    ResponderExcluir
  50. Sensibilidade, delicadeza, encantamento, suavidade e poesia da melhor qualidade. É isso que sempre encontro aqui minha querida Marilene. Beijos & Carinhos.

    ResponderExcluir
  51. hola Marilene,
    el amor es con dos caras siempre: o es un amor verdadero, o es un amor fingido. Algunas veces se corre el riesgo de caer en el amor equivocado...

    un abrazo fuerte^^

    ResponderExcluir
  52. Existe um outro. Claro. Muito melhor e mais bonito pq não é só aparência, é essência...

    Bjos querida!

    ResponderExcluir
  53. Que lindo, que sensível... passamos por um ciclo em que tudo prevalece mesmo o supérfluo...

    Oi, Marlene! passando pra te conhecer e agradecer o carinho lá no meu blog. Adorei os seus poemas, andei lendo, pois amo poesias. Adorei estar por aqui...seus poemas são doces e ao mesmo tempo intensos...

    Um beijo com carinho!

    ResponderExcluir

  54. Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
    novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
    Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
    E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
    Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
    também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
    Linda noite beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  55. Oi migucha, passando pra te ver e deixar um super bacio de saudade!

    Atualizei lá meus bloguinhos.
    bacios

    ResponderExcluir
  56. Marilene

    Sempre na superfície, sempre no exterior, apenas um lado da moeda, mas outro lado é que nossa alma anseia. Que lindo este poema.

    Uma boa noite
    Bjs.

    ResponderExcluir
  57. Bah!!!!Belíssimo!!!!!
    Esta leveza e fluidez dos versos encantam profundamente!!!!
    Faz parecer fácil versar...(o que é muito difícil...só alma de poeta mesmo!rs),
    Este é o dom de quem realmente tem talento.Faz tudo parecer fácil...como respirar!!!
    És incrível,minha amiga!!Tens meu respeito e admiração sempre!!(e amizade também,né?!rsrs)

    ResponderExcluir
  58. Olá, Marilene.
    Conhecer o parceiro intimamente é tão necessário quanto arriscado, já que se corre o risco de se decepcionar com a pessoa, no entanto, é algo que deve ser feito, se a pessoa busca um relacionamento sério e emoções verdadeiras.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  59. Bom dia minha amada !!!!!!!!!!!!!!!
    Consegues sim,dentro do poetar mostrar tua literatura com muita competência...mais um poema com ritmo de uma canção...
    Nossa !!!!! Só você né amiga,rsrsrsE sabes do que falo...
    bjssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  60. .


    Voltei para deixar um alô
    e um beijo,

    Palhaço Poeta





    .

    ResponderExcluir
  61. Ola Marilena! obrigada pela visita, vim retribuir, mas aqui ficamos encantados com tanta poesia e obra de arte. Cultura literária riquissima, Parabéns!!! Uma linda npote fica na paz de Deus.

    ResponderExcluir
  62. Sermos conhecidos por dentro é deveras fundamental.. O que dizer ? Cada verso um suspiro. A emoçao que seus poemas passam faltam aos sonetos que li ultimamente... Poesia suprema, bravo !!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...