30 de setembro de 2012

SOMBRAS DA VIDA

(Digital art by Nubret Pascale)


                                            

                           Quando não brilha a lua
                           Vagueiam as sombras
                           Com seu amor pela noite.
                           É nela que se movem
                           Sem cautela,
                           Sem ser vistas,
                           Sem precisar se esconder.
                           Não têm rosto
                           Não têm vida
                           Nem guarida,
                           Ultrapassam paredes
                           E descansam nas redes
                           Que nós mesmos traçamos

                           A final, não fomos nós
                           Que as criamos?
                           Não são elas os fantasmas
                           Que alimentamos?

                           Mundo de sombras,
                           Dizem alguns ,
                           Mas seus mistérios
                           Estão dentro de cada um

                                                              (Marilene)

57 comentários:

  1. Lindo poema. O mundo das sombras, uma projeção do nosso mundo, da nossa mente, da nossa imaginação. Os mistérios desse mundo em outras palavras são mesmo todos nossos próprios mistérios. Gostei de ler e imaginar. Parabéns pelo texto. Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. E como alimentamos esses "fantasmas" criados por nós mesmos.
    Quanto mistério carregamos dentro de nós e que nem mesmo nós os conhecemos.

    Ler-te, na madrugada sem luar, fez minha imaginação soltar.

    Lindo minha querida.

    Meu carinho, sempre.
    Beijos de um delicioso domingo.

    ResponderExcluir
  3. Lindo, Marilene. Ler um poema como este de madrugada, como estou fazendo, tem tudo a ver. E por que as sombras são vistas como ruins? Quem determinou isso? Enfim... Bom domingo! Bjss

    ResponderExcluir
  4. Marilene, querida!
    Para toda a sombra, algum foco de luz é necessário; e também o oposto, para toda a luz é necessária um pouco de sombra. Pois o mais instigante é o contraste, é o que nos define. O que seria do céu da noite, sem as estrelas ou a lua?
    Muito lindo!

    Vim também te agradecer pelo carinho das palavras lá no Humoremconto.
    Beijos e até!

    ResponderExcluir
  5. Sombras e os seus mistérios.Lindo,Marilene!!beijos,ótimo domingo!chica

    ResponderExcluir
  6. "A vida é um caminho de sombras e luzes. O importante é que se saiba vitalizar as sombras e aproveitar as luzes"

    Bjos.

    ResponderExcluir
  7. Querida que lindo! Fizestes das sombras um caminho particular que faz dos momentos mistérios que margeiam a jornada de cada um. Sempre me encantas e com tua sensibilidade me levas por outros caminhos não explorados.
    Tenhas um domingo encantador. Bjs. Eloah

    ResponderExcluir
  8. Somos nossa própria sombra, nossa própria claridade.Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Vivemos em um mundo de sombras ,,,as vezes abrimos janelas na alma e elas somem por um tempo...bjos querida linda!

    ResponderExcluir
  10. E tantos mistérios envolvem as emoções né! linda poesia

    ResponderExcluir
  11. Lindo poema!
    Todos nós carregamos nossos "fantasmas" vez ou outra... Mas o que nunca devemos conceder é que eles façam morada dentro nós.
    Beijos, querida.
    Ótimo domingo pra você.
    Lisandra Fernandes.

    ResponderExcluir
  12. Não há sombra tão profunda que possa nos cegar. Mas há luzes tão fortes que cegam permanentemente o incauto que fitá-las diretamente.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. UAU, Poetisa !! É isso mesmo, somos nós quem criamos as nossas sombras... e elas estão lá, sempre presentes. Linda poesia, como sempre !

    ResponderExcluir
  14. Quanto mistério escondido nas sombras...amei seu poema...beijinhos e lindo domingo.

    ResponderExcluir
  15. E pelas sombras também aprendemos caminhos...aprendemos a amar,,,a conquistar,,,a perder medos....beijos amiga e uma bela semana pra ti.

    ResponderExcluir
  16. As sombras que ensombram o verso
    E o tempo que nos decompõe

    Bjo.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Desculpe querida mas publiquei com um errinho imperdoável. Belo lirismo poético. Sinta o contato, o toque suave deste dia que te abraça.
    Abra um lindo sorriso e dê bom dia para a vida.
    Esqueça as tristezas e decepções.
    Seja muiiito feliz!
    Um bom domingo para você!
    Beijos com meu carinho
    Gracita

    ResponderExcluir
  19. Marilene, olá! Sumi, mas estou voltando... Seu poema me fez lembrar do Mito da caverna, de Platão! ;)

    Bjks JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  20. As sombras têm muito de nós.
    Temos que aprender com elas.
    Um bom domingo pra vc Marilene!

    ResponderExcluir
  21. Oi Marilene, verdade absoluta.
    As sombras são como os corações de cada um. Nunca saberemos sua profundidade.
    Lindo poema.
    Um abraço fraterno e um beijo em teu coração.

    ResponderExcluir
  22. Marilene, nossas sombras são um recôndito de nós mesmos, e às vezes precisamos encontrá-la pra descobrir o que não está visto a olho nú. E noutras vezes é melhor que elas fiquem onde estão, bem quietinhas...Um abraço!

    ResponderExcluir
  23. Muitas vezes trazemos da infância as sombras que até hoje nos aprisionam.
    Um grande abraço Marilene.

    ResponderExcluir
  24. Oiii Marilene, tem razão, todos nós criamos sombras e fantasmas que nos acompanham! Bjinhos e boa semana!

    ResponderExcluir
  25. Todo mundo carrega dentro de sí um pouquinho do medo das sombras. E as sombras andam mesmo lado a lado com a gente, basta livertá-las dos nossos sonhos.

    Belo texto!

    ResponderExcluir
  26. Lindo Marilene!

    São as sombras de nós mesmos, que misteriosamente carregamos e nelas guardamos nossos sonhos, nossos segredos, nossos amores e medos...

    Beijos e boa semana para você!

    Leila

    ResponderExcluir

  27. Assim como criamos nossas sombras, devemos procurar um caminho de luz para destruí-las. O que não podemos é alimentá-las dentro de nós, vivendo assombrados por fantasmas e tormentos.

    "Mantenha seu rosto voltado para o sol e você não conseguirá ver a sombra".
    (Helen Keller).

    Fantástica a imagem.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  28. Olá querida, bom dia!
    Agradeço seu carinho em nosso blog e agradeço também a Deus pela felicidade que causamos em seu coração por causa do nosso amor, fico deveras emocionada com seu comentário.
    Um beijo em seu coração e que Deus a proteja todos os instantes de sua vida.

    ResponderExcluir
  29. Amiga Marilene, passando pra te desejar um outubro delicioso.
    Beijos com muito carinho.

    ResponderExcluir
  30. OI MARILENE!
    A QUALIDADE DE TEU TEXTO É INEGAVELMENTE MARAVILHOSA.
    AS SOMBRAS FAZEM PARTE DE NOSSAS VIDAS,MAS, TEMOS QUE FAZER DELAS APENAS SAUDADE PARA CONTINUAR INCÓLUME ÁS MARCAS...
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  31. As sombras devem ser evitadas.
    A menos que esteja muito sol... rsrs...
    Gostei do poema, é bom.
    Marilene, tem uma óptima semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  32. Por aqui disfrutando de las sensibilidad
    de tus versos llenitos de parajes que
    solo la mirada de tu anhelo puede ver
    y que tu pluma mágica dibuja en letras.

    Un aplauso atu talento querida Poeta

    Ƹ̴Ӂ̴Ʒ....•¦♥¦•.....•¦♥¦•.....•¦♥¦•.....•¦♥¦•.... Ƹ̴Ӂ̴Ʒ

    ResponderExcluir
  33. Oi Marilene, querida!

    Belo e filosófico poema.
    Sombras todos temos, na vida, na consciência e no olhar.

    Afinal, quem não teve já o olhar ensombrado?
    Façamos com que as sombras desaparecem de nossa existência e procuremos luz.

    Boa semana.
    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  34. Uma bela noite pra ti minha amiga e uma excelente terça feira...paz versos e muitas flores....beijos e beijos...

    ResponderExcluir
  35. Agradeço a você por sua amizade tão especial,
    e por me fazer sentir que sou alguém
    com quem você se importa.
    Agradeço a você por todas suas visitas,
    embora muitas vezes não consigo fazer visitas
    sua presença é marcante no meu blog.
    Deus lhe de uma semana abençoada beijos paz e luz,Evanir.

    ResponderExcluir
  36. Vida é composta de luz e sombra, fingir que não existem que sem sombras seria falsas...

    beijos

    ResponderExcluir
  37. Voltei minha linda Marilene para agradecer seu carinho e sua atenção para com nós dois...beijinhos linda amiga e tudo de bom sempre.

    ResponderExcluir
  38. OI, Marilene. Boa noite e uma ótima semana. Muita sensibilidade e verdade nesse lindo texto! Que possamos afastar as sombras, e que nossa vida seja só luz. Beijão! Desculpe a falta.

    ResponderExcluir
  39. Todos carregamos um mundo de sol e sombras dentro de nós.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  40. Olá Marilene, belo texto...Espectacular....
    "A vida é um caminho de sombras e luzes. O importante é que se saiba vitalizar as sombras e aproveitar as luzes."
    (Henri Bergson)

    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  41. Com certeza, sombras são os mistérios de todos nós. Muito rica sua poesia amiga, você escreve lindamenteeee!!!
    Beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  42. Oi Marilene!
    Que beleza de versos!
    É nem só de luz vivemos. Só não podemos alimentar nossa alma de sombras, devemos deixar abrir nosso coração e ilumimar a nossa alma exorcizando tudo que atravanca o viver.
    Beijinhos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  43. Oi Marilene,

    Tudo bem? Desculpe-me chegar só agora, pois viajei durante duas semanas e essa estou me organizando.

    Quanto ao seu texto,lembrei de um texto que escrevi sobre o efeito sombra que coloco um trecho: Precisamos de energias em pontos opostos para ganhar ou perder. É a eterna polaridade do Jesus e Barrabás sobre quem deve viver. De um lado, somos a farsa, a intriga, impaciência ou a esquizofrenia. Do outro, somos a espécie a sobreviver e, logo, não há o bem e o mal, mas a nossa sombra, sem danos e como fonte do que nos transforma, pois a natureza não tem fim".

    Penso, então que vivemos em um mundo que não conhecemos, não entendemos, somos suscetíveis as limitações e sabotamos o nosso eu em favor da nossa sombra. Não se trata de perder um braço para o lobo, de perder a vida para inimigo ou de crescer com as pedras nos caminhos, mas de nunca ver o fim do que incomoda.

    Nesse contexto não se trata de ter vencedores, mas sim de superar o medo e conviver com a sombra que também é sobrevivente.

    Adorei o seu texto!


    Beijos.

    ResponderExcluir
  44. Uma bela noite pra ti amiga com poesias e flores....beijos e beijos..

    ResponderExcluir
  45. Marilene, gostaria de relatar detalhadamente o efeito que este seu momento fragmentado produziu em mim, mas deixo isso pra uma releitura. Meus neurônios agora só querem mesmo é... sombra e água fresca.
    Tentarei a seguinte síntese: foi de arrepiar!

    ResponderExcluir
  46. Bom dia, Marilene. É verdade! Criamos o mundo das sombras, o que nos assusta, que sufoca o nossa ar, que prende os nossos pensamentos quando deixamos que esse mundo de sombras seja maior que a luz que clareia, ilumina e transforma.
    Ficar entre um mundo e outro até é natural, faz parte da vida, o que não deve fazer, é seguir a esmo sem saber para onde se vai permitindo a escuridão tomar forma definitiva.
    Beijos na alma e fique na paz! Saudades de ti!

    ResponderExcluir
  47. Cada qual carrega seus mistérios...
    Belíssima imagem e lindos versos amiga, como sempre...

    Um beijo

    ResponderExcluir
  48. Marilene

    Os teus poemas são sempre poesia pura, porque sempre se revelam muito em entrelinhas a merecer muita muita atenção.
    Beijos

    ResponderExcluir
  49. Uma bela noite pra ti minha amiga...beijos.

    ResponderExcluir
  50. Minha querida

    Sempre profundos e intensos os seus poemas.
    Há tanta sombra por dentro da nossa alma e tantos fantasmas no mais fundo de nós, que por vezes temos medo de acender a luz.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  51. Olá, Marilene.
    Acredito que as sombras de nossa alma sempre existirão e devem ser usadas para que sempre lembremos que podemos melhorar todos os dias, ao mantê-las sob controle e longe daqueles que nos são caros.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  52. Quanta profundidade!!Somos nós sim que alimentamos as nossas sombras...espero estar alimentando certo as minhas...rs Que sejam alegres e positivas!Só com energia boa!!
    Beijos,queirda poetisa!
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  53. Nossa vida nua e crua,sem roupagem impregnada de seus misterios,que muitas vezes nos colocam em ferrenha luta com nosso eu.Otima reflexão Marilene.
    Abraços amiga.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  54. Boa noite minha querida !!!!!!
    Pousando no teu cantinho,sinto sempre o gostinho do poetar em forma expressiva e tatuada no poetar e,vc sempre sabendo tocar-me à alma com lindos versos !
    bjssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  55. Marilene

    Sombra e luz. Sempre um mistério.
    Mas há o belo em tudo. Instigante. Adorei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  56. Marilene,
    Lindas Palavras.
    Dentro de cada um sempre há um mistério.
    xero e boa quinta.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...