14 de novembro de 2012

SOMBRA E LUZ

(Brad Kunkle )


                                                                                        

                          Pedi que a sombra se fosse
                          E ela me disse:
                          Destrua-me!
                          Conhece o que me alimenta
                          E as fontes que me dão vida,
                          Sou tudo que você cria,
                          Eu não preciso de frestas
                          Pra entrar ou pra sair,
                          Está em sua visão, o meu existir


                          Resolvi chamar a luz
                          E ela me respondeu:
                          Encontre-me!
                          Se seus olhos não me vêem
                          Procure no interior
                          Que sabe onde sempre estou,
                          Em que canto do seu ser
                          Eu fiz morada,
                          Com que tipo de pensamento
                          Poderei ser atraída...
                          E localizada



                                                                          Marilene

48 comentários:

  1. MARILENE, acho lindo você conseguir se inspirar e fazer esse paralelo entre sombra e luz.
    Grande desafio.
    Bjs
    Manoel

    ResponderExcluir
  2. A dualidade: sombra e luz que cabe a nós a responsabilidade de afastar ou atrair... LINDA!! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Un grande amore vede anche se non c'è luce!! felice giornata...ciao

    ResponderExcluir
  4. Que luz divina encontrou a Srta, amei a poesia. É divina! abraços

    ResponderExcluir
  5. Perfeito amiga!
    Tivemos a mesma sintonia, pois escrevi algo em Inspiração sobre caminhar na luz. E logo depois vi o link do seu blog.
    É isso aí, a escolha é nossa. SEMPRE!
    Beijos minha querida.

    ResponderExcluir
  6. Marilene!!!!...essa, foi de arrepiar!
    Grandiosa...
    Parabéns.
    Vivemos de ESCOLHAS...
    Beijos
    Fica com DEUS.

    ResponderExcluir
  7. Oi Marilene
    Simplesmente perfeito! Vc tem uma sensibilidade ao escrever seus poemas, que realmente dá um prazer enorme começar o dia ao lê-los.
    Bjão. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  8. E que 'rajada' de luz é essa que nos envolve e inspira!!!??!!


    bjsMeus
    Catita

    ResponderExcluir
  9. Sombra e luz: uma necessita da outra. Uma projeta, a outra é a projeção. Vivemos sempre entre a sombra e a luz. a sombra pode ser benfazeja, a partir do momento que ela nos proporciona tempo para pensar. Luz demais também pode ofuscar. Acho que a melhor coisa é saber dosar a quantidade de sombra e de luz. Linda postagem!

    ResponderExcluir
  10. - Expulsa-me! - diz a treva.
    - Encontra-me! - é a luz do céu.
    E esta disputa me leva
    A emoções soltas ao léu.
    Mas por mais que a gente sinta
    Não dá pra escrever com tinta
    Da mesma cor do papel...


    Ah a magia do chiaroscuro... onde se encontram as magias da luz e da treva, das cores e dos cinzas. Cabe ao artista a dosagem e a distribuição harmoniosas desses ingredientes, seja na obra plástica ou na página escrita. E você, minha amiga, sabe fazê-lo com maestria. Lindos versos em contraste encontraste!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro estas réplicas do Rodolfo!
      Que talento!
      Beijo

      Excluir
    2. Sandra, ele é especial. Seu talento e criatividade enriquecem os espaços onde transita. Bjs.

      Excluir
  11. Marilene, como vai? Sou a prova viva de que os pensamentos podem ser um elo com a luz ou com a sombra. Meu maior embate é lutar para que minhas emoções, sempre tão intensas, não prejudiquem minha capacidade de pensar e escolher os bons pensamentos para me guiarem. Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Que belo texto! Emana luz ( de alma...)
    Beijinho

    ResponderExcluir
  13. Seu poema é lindo, cheio de palavras fortes e instantes suaves. Adorei.

    ResponderExcluir
  14. Marilene, os seu poemas traz pensamentos edificantes, isso é belo. Bjos, querida e um feriado iluminado.

    ResponderExcluir
  15. Oi Marilene!
    Que lindo!
    A sombra e a luz em nós brincam e se contrapõem. Que a luz se sobreponha e nos guie pelos caminhos mais sombrios. Que se faça a luz em nós sempre.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Que a luz esteja na alma e em todos os caminhos sempre...beijos amiga, uma bela noite pra ti e um excelente feriado....

    ResponderExcluir
  17. Contraste que sempre farão parte da vida.
    Belo poema!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Marilene

    A sombra e luz ao reprentarem o contrasde, são um óptimo ensejo, de que a poeta soube bem traçar uma imaginativa cena poética.
    Beijos de consideração e amizade

    ResponderExcluir
  19. Minha amiga querida,

    Tudo bem? Lindo texto! Pensei que sombra e luz andam juntas, pois seria a decisão do que se quer lembrar e do que ser quer esquecer, ou seja, contrapontos que caminham ao lado e que são movidas a escolha íntima. Quem não tem sombra e luz que se lutam, se devoram e se convergem? Mas sei que é difícil não deixar a sombra devorar. E como vi em um texto da Eliane Brum:"Memória é tanto lembrar quanto esquecer". E que amar é, às vezes, lembrar de esquecer.

    Bom feriado e aproveite.

    ResponderExcluir

  20. Olá mana,

    Sombra e luz rodeiam nossas vidas. Momentos sombrios devem ser combatidos com a luz que existe em todos nós. Prefiro alcançar a luz para poder afastar as trevas que ameaçam constantemente ocupar espaço na vida do ser humano. E acredito, sim, que a força do nosso pensamento e de nossos sentimentos atraem uma ou outra. Que procuremos alimentar mais luz em nossas vidas.

    Grande poema!

    Beijão.

    ResponderExcluir
  21. Luz sempre nos faz bem...lindo!
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  22. Bendita seja a luz que nos alumia!

    Beijinho para si!

    ResponderExcluir
  23. Confesso, decidi vir aqui apenas pra agradecer a visita no Vale do Verbo, mas encontrar suas palavras escuras e claras me fizeram ficar mais um pouco. Seu poema pesou em mim, mas nada que me impeça de continuar andando... Grato pela visita.

    Abraços.
    GQ.

    ResponderExcluir
  24. Marilene, querida, tudo bem?
    Como te falei lá no facebook, ainda estou em off no blog, mas me atualizando nas leituras essenciais. Por um tempo, não comentarei, necessariamente, mas sempre por aqui, pois admiro tuas poesias, como já te disse.
    Beijos e ótimo feriado!

    ResponderExcluir
  25. Adorei o blogue :D
    Seguimo-nos ?
    Beijinhos.

    http://aprender-a-sonhar.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  26. "Não haveria luz se não fosse a escuridão", Lulu Santos cantou assim... E é bem verdade. E da luz e da sombra surgiram os teus versos contrários, mas não contraditórios.

    Beijo, Marilene.

    ResponderExcluir
  27. Um belo dia de feriado pra ti minha amiga,,,beijos poemas e flores...

    ResponderExcluir
  28. Um feliz feriado amiga beijos,Evanir.

    ResponderExcluir
  29. Um lindo poema que mostra que somos responsáveis por tudo que possa nos ocorrer.
    Se buscarmos iluminar tudo à nossa volta a sombra deixará de existir.

    Obrigado por suas palavras no Patchwork, blog da Soninha.
    Tenha um bom fim de semana.
    Beijos.
    Élys.

    ResponderExcluir
  30. Tudo está em nossas mãos minha querida!
    É uma grande responsabilidade...

    Beijos e um lindo fim de semana!

    ResponderExcluir
  31. Minha querida

    Sempre uma emoção ler-te, porque me leio a mim em cada palavra dos teus poemas.
    Por vezes é tão difícil sair desse lugar onde nos deixa-mos ficar.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  32. MARILENE,
    Tão simples assim né?A A sombra deve ser destruída e a luz encontrada. Massss parece que as sombras são mais fáceis, pois elas nos seguem, enquanto a luz devemos estar de frente pra ela e mesmo assim a sombra continua atrás de nós.
    Como fazer para nos livrarmos da sombra então?? Da forma que você poetizou: Deixar que ela reflita de dentro para fora, aí sim, estaremos na cobertura total da luz.
    A lição é que a luz que vem de fora, pode até iluminar, mas nunca será plena...
    bjks doces e parabéns pelas palavras lindas de luz.

    ResponderExcluir
  33. Basta iluminar a sombra para encontrar o que deseja. Lindo poema, Marilene. Aliás, a profundidade de um olhar sempre diz tudo e vê tudo. Beijos.

    ResponderExcluir
  34. Bom dia,Marilene!!

    UAU!!!!!AMEI esta poesia!!!
    Profundidade e sabedoria em cada verso!!!
    Se permitires adoraria ter a honra de compartilhar na sexta que vem lá no meu cantinho!(e com a imagem também...rs)
    Beijos,minha linda amiga!!

    ResponderExcluir
  35. Um maravilhoso final de semana pra ti minha amiga...beijos e flores...

    ResponderExcluir
  36. Sem ter a capacidade de fazer brilhar esta luz, a sombra se agiganta.
    Lindissimo poetar na construção interessante de dialogo com nosso intimo.
    Bravo amiga com aplausos.
    Meu terno abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
  37. Tomara que eu sempre consiga encontrar a luz mesmo que esteja numa sombra das mais escuras...Um beijo Marilene!

    ResponderExcluir
  38. Tão belo poema Marilene, tão cheio de luz, mas não de qualquer luz, mas de uma luz que sabe fragmentar a escuridão.

    Quem sabe não é talvez, a luz dos olhos de um ser apaixonado?

    Seja como for, a beleza mora no teu versejar, ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  39. As vezes a luz esta escondida entre as sombras esperando apenas o momento de acionarmos.

    Maravilha!

    Ja sentia saudades de te ler!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  40. Amiga Querida já fiz uma nova postagem
    estou muito atrasada em tudo querida.
    Minha linda flor já não posso levar seus poemas como fazia antes
    por isso não tenho postado mais nenhum .
    Eu até vim buscar um aqui mais não poderia de forma alguma pegar
    uma vez que estão com bloqueio.
    Eu estaria sendo desonesta pegando mesmo assim
    por isso não sei se poderei ter mais o prazer de postar seus poemas que tanto gosto.
    Deus abençoe seu final de semana beijos,Evanir.

    ResponderExcluir
  41. Que linda palavra, fiquei arrepiada... Temos que encontrar a luz que está dentro de nós para que a sombra não nos destrua. Parabéns por tão lindo poema. Bjus

    ResponderExcluir
  42. Tem momentos na vida que não conseguimos ver a luz e
    nem fazer com a que existe dentro de nós se mostre e
    ficamos inertes da sombra, mas eis que de repente como
    num sopro, num grito de vida ela surge e nos ilumina
    por inteiros...lindo demais sua poesia...beijinhos na
    alma.

    ResponderExcluir
  43. Olá, Marilene.
    Belíssimo poema; a alternância entre a sombra e a luz nos define a cada momento.
    Não podemos expurgar nenhuma delas, apenas podemos aprender a aceitá-las e compreendê-las.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  44. Adorei o contraste: sombra e luz! As duas fazem parte da vida. É preciso saber lidar com elas.
    Beijossssss, muitos!

    ResponderExcluir
  45. Minha linda!!!!
    Seus versos são tão suaves que me encanta sem falar na luz que ela transmite...
    bjssssssssssssssss

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...