21 de fevereiro de 2013

PENA

(Anton bells)
                                                                                    

                               Um dia ele veio triste
                               E com pena o consolei
                               Mas o amor quer mais que pena
                               E com pena o dispensei

                               Um outro chegou tão frio
                               Nem sabia o que era pena
                               Congelou meu coração
                               E sem pena o dispensei

                               Sempre a pena no entremeio
                               A causar desilusão
                               Tive pena de mim mesma
                               E à pena me entreguei 

                               Mas não foi me vitimando
                               Que a liberdade alcancei
                               Só quando me livrei dela
                               Para a vida me entreguei,
                               Sem pena!

                                                                        Marilene

54 comentários:

  1. MARILENE, genial esse poema. Digo isso porque é bastante expressivo o entregar-se sem pena!
    Bjos
    Manoel

    ResponderExcluir

  2. Olá mana,

    Se existe um sentimento de que não gosto é este. Num contexto geral, a pena humilha. Por outro lado, ela acaba nos envolvendo em situações embaraçosas.
    Pode-se lidar com as pessoas de uma maneira amorosa, delicada e com verdade, mas sem pena. Quanto à pena de nós mesmos, apenas atrasa nossa vida, afetando nossa auto-estima. Bom mesmo é se entregar para a vida, sem pena, conforme versado em seu lindo e inspirado poema.

    Adorei.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Não se consola o coração com pena, nem se deixa congelar o coração.

    E como a vida vale a pena, não vale a pena ter pena dela!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  4. Lindo,Marilene! Pena que temos que ,por vezes, sentir pena... beijos,ótimo dia,chica

    ResponderExcluir
  5. És uma flor altaneira, que toca as nuvens iluminadas! abraços

    ResponderExcluir
  6. BOM DIA MINHA POETISA FASCINANTE!!!!!
    FASCINANTE SIM!!!!!
    INSPIRA NA LITERATURA EM FORMA ESPECIAL...UM BRILHANTE POEMA COM O SENTIMENTO DE CULPA...
    BJSSSSSS

    ResponderExcluir
  7. Olá, amiga!

    Lindo poema!!
    É um sentimento que não deveríamos ter, mas temos muitas vezes. É uma fraqueza na minha opinião.
    Escreveste lindamente como sempre.

    Beijos e o meu carinho.

    ResponderExcluir
  8. A pena está - para mim - sem dúvida no "top 5" dos piores sentimentos que existem...

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. O pior sentimento que se pode ter pelo outro é dó... pode-se sentir tudo, menos pena... e quando começamos a ter esse sentimento por nós mesmos... é hora de parar tudo e rever a nossa vida...
    Mas o poema é lindo...
    Beijos ...

    ResponderExcluir
  10. Uau!!! Que tudo!
    Mas é bem assim, é apavorante lidar com a "pena", mas acho que cada um de nós conhece um pouco dela. Teu poema é belo querida, e o mais belo ainda é que nos ensina sempre algo bom.

    Beijo Mari

    ResponderExcluir
  11. Oi querida Marilene, saudades!

    Pena é um sentimento tão ruim, né mesmo?
    Já agi por pena tantas vezes e depois com pena de mim eu fiquei.
    Hoje tento ser mais realista e procuro sempre entender que por pena, nada vale a pena.

    Beijos com carinho imenso.

    ResponderExcluir
  12. No ritmo da cantiga de roda, os versos sonoros lembram que a pena é mais paralisante que benéfica.Há que se ter cuidados para não nos deixarmos abater.
    Bjos, Mari.
    Calu

    ResponderExcluir
  13. Um belo poema. Mas como deve ser triste ser objeto de pena?
    bjs amiga.

    ResponderExcluir
  14. Simplesmente um poema genial. Qto propriedade para inteligentimente significar a palavra pena. Aplausos e mais aplausos. Bjos, querida Marilene.

    ResponderExcluir
  15. Bom dia Marilene, seu poema fala as posições de um coração penoso, que só possa amar, ficar, deixar, sempre sem pena. Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Ganhou liberdade quando não mais teve pena.
    Pena um sentimento muito ruim.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oii Marilene, tem momentos que a pena nos prende e nos faz retroceder, temos que ser firmes as vezes p vida poder caminhar! Bjooos

    ResponderExcluir
  18. A pena é um sentimento que muitas vezes nos engana.Parabéns.

    ResponderExcluir
  19. Com pena não há amor próprio, e se não há amor próprio não há felicidade!

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. E através da pena, com a tua pena, conta-nos esta história. Lindo demais!

    ResponderExcluir
  21. Um amor, de forma inesperada a mim chegou.
    Fui obrigado a deixá-lo, não por pena ou pelo modo que me tocou.
    A pena aqui ficou e permanece.
    Noto seu sorriso todos os dias e ela nem percebe.
    Seus olhos compenetrados me prendem a atenção.
    Mesmo que por segundos, imagino seus olhos fechados por intenção.
    Este é o momento que os lábios se tocam e ao coração permite-lhe a vazão.
    Contudo, sinto pena e esta pena esta em meu coração.
    Por não ter vivido um amor inesperado, que certamente me chegou por uma razão...

    ResponderExcluir
  22. Não vale a pena ter pena... linda reflexão, Marilene.
    abraços e linda noite.

    ResponderExcluir
  23. As vezes ficamos imobilizados sentindo pena e não agimos!
    Parabens minha amiga!

    ResponderExcluir
  24. Sem pena...e sem medo??
    Assim é que é!

    Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
  25. Lindo minha amiga Querida.
    Sem medo ..sem pena me entreguei.
    Um feliz final de semana beijos,Evanir.

    ResponderExcluir
  26. Marilene, um beijo no seu coração. A palavra que protagoniza o seu belo poema, "pena" é talvez o que de mais triste podemos sentir por alguém. Repare que quase tudo nessa vida, para não dizer tudo, que movido pelo sentimento de pena, não é puro, leve, e muito menos verdadeiro. Talvez por isso todos classificam o sentimento de pena como muito ruim.

    ResponderExcluir
  27. Pena acho uma palavra muito triste de ser usada, medo a gente aprender a deixasse lado, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  28. Parece que sou minoria. Pena é dó, compaixão, misericórdia. É o sentimento que move o poderoso em favor do desvalido. É um dos pilares da justiça. Quem não sente pena dos viciados do crack?
    Mas quando se trata do amor entre um homem e uma mulher, é despropositado, mesmo...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  29. Amiga do coração,

    Belíssimo! Fiquei pensando em um livro que li há pouco que falava que todo nos temos uma corpo de dor quando deixamos a vitimização tomar conta do nosso dia. Seria maximizar a dor e no final deixar a pena nos glorificar. Enfim, é dialético, mas é a realidade do nosso ego.

    Beijos e sempre contigo!

    ResponderExcluir
  30. Lembrou-me a "Terezinha" do Chico Buarque. Lindo,Marilene.

    E o melhor de tudo foi se jogar pra vida, sem medo, sem cautela, sem pena.

    "não passou em brancas nuvens, viveu!"

    Beijos, querida.

    ResponderExcluir
  31. Sentir pena dos outros é ruim, mas sentir pena de vc mesmo é pior ainda. Tem que se entregar sem edo. Lindo poema, Marilene. Bjs e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  32. Marilene querida, somos privilegiados por poder ler você, sua poesia nos encanta e nos faz emocionar.
    Bom demais seu falar.
    Beijos nossos em seu coração sempre minha amiga querida.

    ResponderExcluir
  33. Mas na pena da escrita és exímia!
    Beijo

    ResponderExcluir
  34. E, com pena minha, o poema findou.

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  35. Boa tarde, Marilene.
    O sentimento de pena pode ser confundido com outros mais, contudo, não é saudável.
    Quando pegamos as rédeas da nossa própria vida, tornamo-nos libertos da condição em que vivemos ou permitimos viver por receios do desconhecido.
    Beijos na alma e excelente fim de semana.

    ResponderExcluir
  36. Oi Marilene,
    Realmente só quando nos libertamos de todo e qualquer sentimento de pena é que pensamentos melhores nos encontram,essa vida já é tão cheia de coisa que alimentar pena não nos faz nada bem.
    Um ótimo domingo,abraço =)

    ResponderExcluir
  37. Olá Marilene,
    como é pequena a auto-compaixão. O negócio é partir para o ataque e ganhar o jogo! Sem medo de ser feliz.
    Mais um poema de qualidade! Sou seu fã.
    Um abraço e bom domingo

    ResponderExcluir
  38. É verdade amiga, ficar com alguém por pena é a pior das decisões, é dor e desilusão na certa. Lindo! Tem presente para teu blog no meu querida. Acesse o link abaixo e vá ver. Bjinhos
    http://poesiasesonetos.blogspot.com.br/p/blog-page.html

    ResponderExcluir
  39. A palavra pena, por si só, já denota algo que não é bem visto e aceitável...

    bjks :*

    JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  40. A pena nunca leva a bom porto um relacionamento. Lindissimo poema.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  41. Oi, Marilene! A pena é mesmo um sentimento que acaba nos prendendo às pessoas e à nós mesmos...não gosto da pena. Acho que ela reduz as possibilidades do ser humano ser feliz como é, crescer e ir em busca do que nos torna pleno.
    Embora seja difícil principalmente para quem tem coração de manteiga, libertar (-se) da pena é um sinal de amor.
    Lindo poema, um abraço!

    ResponderExcluir
  42. Lindos versos minha amiga! A liberdade é sempre bem vinda e certos sentimentos nos impedem de tê-la! Gr. Bj.!

    ResponderExcluir
  43. Marilene

    Sem pena, pelo poema me apaixonei. A pena esqueci, para melhor a peça pesar.
    A balança no seu balançar, deixou ficar a pena para acusar bom quilate.
    Beijos de amizade

    ResponderExcluir
  44. Com pena cheguei ao fim e sem pena lhe digo que gostei muito.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
  45. Mais um belíssimo poema.
    Beijo.
    Nita

    ResponderExcluir
  46. No final uma sabia definição do poder da liberdade.
    Voce esta num voo lindo Marilene, fico olhando para o céu
    para ver em que calda de esrelas viaja.
    Aplausos amiga.
    Abraços.
    Bjo

    ResponderExcluir
  47. Alguém me disse que somos preparados para decolar, não para aterrissar... e é possível que a pena amarfanhe o coração e atormente, mas é necessário seguir seu caminho pleno, buscando sua própria felicidade sem subestimar a capacidade do outro de superar por si só ...
    Que bela imagem
    ah...eu troco tão rápido de postagem que até eu me atrapalho, risos...importante é a presença e o carinho da amizade....
    Beijos

    ResponderExcluir
  48. Lindo Marilene.

    Um lindo dia para você.
    bjs

    ResponderExcluir
  49. Olá, Marilene.
    Acredito que jamais devemos sentir pena de alguém, já que isso nos impede de a enxergarmos como ela realmente é.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...