5 de janeiro de 2014

O DESEJO

(arquivo pessoal)

                                                                     
                                                 
                               Cinco rosas colheu
                               Cinco ondas pulou
                               Cinco sorrisos em seus lábios desenhou
                               Ao construir seu grande sonho
                               Para o ano novo

                               O cinco era seu número
                               E seguia sua intuição.
                               Olhou a espuma nas águas
                               Onde as flores jogou,
                               Dirigiu seus olhos ao céu, iluminado,
                               E seu desejo formulou

                               Os sorrisos, guardou,
                               Pois tinham destino certo,
                               Estavam reservados para ela.
                               Confiante e atento, caminhou ...
                               Entre tantos rostos, sabia,
                               Ele a encontraria


                                                                 Marilene


38 comentários:

  1. As reminiscências que o eu-lírico passa nesse poema é surpreendente, visto que traz lembranças simples que nos remete ao nosso próprio ato de viver. Lindo poema! Quando der, passe em Lectando-me.

    ResponderExcluir
  2. É a fé que traz essa certeza. E quando temos fé o impossível se torna possível e o possível se torna certeza.
    Bjkas doces!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Marilene! Adoro quando consigo sentir essa sensação de certeza de que o nosso desejo nos encontrará. Não tenho mais superstições, já tive muitas, mas acho que são válidas quando servem como veículos canalizadores de fé. A fé é dos sentimentos mais importantes para a realização pessoal e talvez por isso nos amos a chance de renová-la a cada início de ano.
    Que os desejos e pessoas que deseja a encontrem nesse 2014. Um abraços, estava com saudades dos teus escritos!

    ResponderExcluir
  4. Lindo, Marilene! Começando 2014 inspirada! Bjs e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  5. Marilene, sob e com o numeral cinco, recomeças com um dos teus bons poemas de que já tinha saudades.
    "Cinco rosas colheu
    cinco ondas pulou
    Cinco sorrisos em seus lábios desenhou"

    Inspiração de férias!

    ResponderExcluir
  6. E seus desejos realizaram-se
    Tão doces como suas palavras...

    ResponderExcluir
  7. Lindo,lindo,Marilene!!! Acreditar e seguir! beijos,chica

    ResponderExcluir
  8. Desejos de ano novo: alguns não resistem ao pulo da sétima onda! Apenas os verdadeiros nos quais realmente quem desejou se empenha. Felicidades em 2014, Marilene! Lindo poema.

    ResponderExcluir
  9. Data, nem dia não importa, o amor não bate a porta, nem marca data no calendário chega a qualquer momento, sem hora marcada, sem nada, numa surpresa agradável.

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. O amor tem destino certo... é preciso acreditar...

    Beijos...

    ResponderExcluir
  11. Olá, Marilene. Saudades dos seus poemas!! Lindo amiga.... acredito no destino e na fé. Tudo é possivel!! Desejo um feliz Ano Novo! Paz, saúde, amor, e muita inspiração é meu desejo. Bjossssssss e um lindo domingo!!

    ResponderExcluir
  12. Olá Marilene amiga,
    Todos desejamos e sonhamos para o novo ano. Cinco rosas, cinco pulos até ao fim das rosas e dos pulos e que possamos apreciar cada rosa e cada pulo nessa viagem que agora ainda começou.

    Beijinho

    ResponderExcluir
  13. Ter fé é importante minha amiga, fé em Deus, fé na vida e fé em ser feliz ao lado de quem se ama.
    Um belo texto!

    ResponderExcluir
  14. Inspiração de esperanças em um grande amor!
    Requer doação e muita dedicação!
    Belo!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Oi Marilene! Espero que esteja tudo bem com você.
    Os números, as simpatias, a esperança e os desejos. O humano se aliena tão facilmente que é melhor mesmo transferir às coisas a responsabilidade por sua felicidade. Essas ações, mesmo que inócuas, conservam somente aquilo que não conseguiu escapar da caixa de pandora: a esperança.
    Seu texto merece uma discussão, já que mistura bem a ironia da alienação e a certeza do devir.
    Um grande abraço e tenha sempre bons dias (inspirados).

    ResponderExcluir
  16. Oi mana,

    Se eu estivesse à beira mar neste reveillon com certeza daria meus sete pulinhos e faria todas as simpatias ilusórias que fortalecem nossa crença quanto à realização dos nossos sonhos e desejos. Afinal, não custa nada dar uma força para a sorte-rsrs.
    Quando se acredita, tudo é possível.

    Muito lindo!

    Beijão.

    ResponderExcluir
  17. Bom dia Marilene.. se não cremos em algo a mais não teria sentido estarmos aqui só lutando e lutando, brigando com nós mesmos.. a lei só quer nos por no caminho certo, e temos que intuir e desejar sempre bjs e um lindo dia

    ResponderExcluir
  18. Seu poema é lindo, delicado e porque não o crer possível? Tudo que acreditamos inabalavelmente, torna-se realidade.
    Feliz ano minha querida, beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  19. Marilene você sempre perfeita na conjugação das palavras com a emoção, lindamente aqui colocadas. Te desejo um 2014 profícuo em tudo . Obrigada pela companhia em 2013. Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Marilene,

    Seus poemas tem ritmos fantasticos. Eu tambem já acreditei e pulei ondas, ou comi alguma coisa, e nas poucas vezes que se concretizou, logo lembrei do que prometi na virada.

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Concordo com a Sissym quando diz que os seus poemas são fantásticos.
    Um poema à procura da sua destinatária...
    Bom começo de ano, amiga.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir

  22. Os sonhos, os desejos, os votos! Tudo de que precisamos para idealizarmos Aquilo que poderá representar a nossa Felicidade. E é muito bom acarinhá-los!

    Feliz 2014!

    Bjs

    Olinda

    ResponderExcluir
  23. Há certos poemas que não o há o que dizer.
    Apenas ler e apreciar.

    ResponderExcluir


  24. Brillas con la luz propia que solo tú puedes irradiar,
    brillas con la esperanza de que este momento es único e irrepetible,
    brillas con la ilusión de que mañana será aún mejor que el de hoy,
    no importa cómo, pero brillas, porque tu diáfana luz no tiene comparación.

    Y atraída por este radiante manantial de luz te paso a visitar y te invito
    a brindar a mi lado, hoy que celebro el día de mi cumpleaños
    que felizmente contigo me apetece compartirlo, brindando
    al sumar un año más al libro de vida donde no falte
    la salud, el amor y la felicidad para acercarle una modesta sonrisa
    a quienes las quieran cortésmente aceptar.

    Un breve pero sincero abrazo
    Dejo a los pies de tus sentimientos.

    Atte.
    María Del Carmen





    ResponderExcluir
  25. No ritual o desejo e esperança do amor. A busca eterna...
    Escreveu lindamente, amiga.
    Beijo. Em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  26. Oi, querida Marilene!

    Seu poema foi postado a cinco de Janeiro, e fala do número cinco, também, algumas vezes, ao longo do mesmo.

    Há algo de "pessoal" no que escreve, não sei explicar. O importante é a simbologia do número cinco e o facto de ele a ter encontrado, entre tantos rostos, e talvez num dia cinco.

    Dias felizes.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  27. Querida Marilene, e que seja o número cinco do amor, da paixão, da ternura, da volúpia, enfim que seja assim. Lindo poema. Linda a sua escrita. Grande abraço!

    ResponderExcluir
  28. Viva, eu sou a D.
    Passo muitas vezes pelo seu Blog.
    Gosto muito dos seus poemas.
    Gosto de literatura, poesia, fotografia, culinária...
    Gosto de história e de escrever.
    Gostei daqui.
    Xi-<3 D


    http://acontarvindodoceu.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  29. Olá querida que bom estar de volta!
    Te mando cinco beijos e mais cinco abraços...

    Bjusssssss

    ResponderExcluir
  30. Ai que delícia!!!! Temos que acreditar sempre. Lindo querida, bjus e tudo de bom.

    ResponderExcluir
  31. cinco, o número mágico do devir... que não esquece o que já foi... e o que nunca chegou a ser.

    beijinho e um ano pleno, querida marilene!

    ResponderExcluir
  32. MARILINE, DESE RECORDAR O TEU ANIVERSÁRIO, QUE OCORRE HOJE. SINCEROS PARABÉNS!...
    BEIJOS S ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  33. Querida Marilene

    Ia Comentar, mas sobre a tela está visível o Comentário do Daniel Costa. Perdi o que ia dizer e reporto-me a dar-te os Parabéns pelo Aniversário. Como há um diferencial horário, ainda posso dizer-te que tenhas um Dia muito Feliz.

    Beijo maior.


    SOL

    ResponderExcluir
  34. Que lindo Marilene!
    No fundo do coração todos nós sdabemos que algum momento desta vida encontraremos alguém que consegue no ver por dentro e a reciprocidade acontece.
    Lindo demais sua poesia e verdade pura, bjs no coração querida amiga.

    ResponderExcluir
  35. UN TEMA MUY SIGNIFICATIVO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  36. Minha querida

    Um poema sublime que adorei...muito profundo.
    Embora com atraso, quero deixar um beijinho de parabéns e desejar-te muitas felicidades sempre.

    Sonhadora

    ResponderExcluir


  37. Me siento transportada a un lugar...

    Donde la cordialidad y el sentimiento de la amistad hacen la presencia de sus virtudes.
    Me siento rodeada de amigos que lo demuestran a diario con el corazón!!
    Me siento y me he sentido, altamente emocionada al recibir cada una de las caricias afectivas el día del cumpleaños y en este momento quiero hacértelo llegar a través del silencio y la estima de las palabras…

    Besos y abrazos multicolores para ti, que has hecho posible que bailara mi corazón el vals de la alegría durante todo ese día y parte del otro…

    ¡¡Un bonito fin de semana para ti y familia!!

    Atte.
    María Del Carmen




    ResponderExcluir
  38. Olá Marilene, hoje senti uma vontade de vir e sentir esta poesia que voce pulveriza sobre nós e que inspira sempre.
    Lindeza e magia e a esperança que envolve o ser.
    Vamos seguir viagem.
    Um carinhoso abraço.
    Beijo de paz e luz amiga.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...