25 de fevereiro de 2014

TOQUES DE AMOR

(Digital-art-by-Beatrice)

                                    
                                                       
                      Que não sejam acesas
                      As luzes do dia
                      Antes que se esgotem
                      Os toques de amor
                      Que ora se iniciam

                      Gostam de noite sem lua,
                      De corpo e alma nus
                      Em entrega nada solene,
                      Querem intimidade
                      Sem qualquer claridade

                     Que não sejam acesas
                     As luzes do dia
                     Enquanto não chegar a calmaria
                     Que abraça o prazer findo


                                                             Marilene



43 comentários:

  1. Pois que a lei seja o amor, seja qual amor for, se é amor, então a calmaria vem...

    Beijo!

    ;))

    ResponderExcluir
  2. Dá mesmo vontade que não se acendam as luzes do ia...LINDO! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. A luz do dia só tem mais poesia quando estamos nos abraços da alegria! abração

    ResponderExcluir
  4. Bom dia querida Marilene.. e assim é o amor sempre começando no leve toque, no som do beijo.. unificando-se nos corpos e tornando os mesmos um só
    bjs e um lindo dia

    ResponderExcluir
  5. O rosicler vem e o encanto continua, porque o Amor permanece.
    Lindo, Marilene.



    Beijos



    SOL

    ResponderExcluir
  6. Que assim seja...
    Lindo, profundo e romântico esse post.
    Adorei!
    Bjs.
    Tenha uma boa tarde Marilene!

    ResponderExcluir
  7. Marilene, sempre bonitos poemas. Há apelos a escuridão. Porém parto do principio que o amor, por si, será sempre luz.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. lindo poema Marilene e inspiradissimo! beijos.

    ResponderExcluir
  9. Adorei o poema, Marilene. Bonito e romântico. Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, Marilene. Linda e bendita escuridão enxergando com os olhos do amor cada nuance e forma de uma adorável e intensa magia, da entrega de almas que amam e corpos como o palpável do toque num segundo que mais parece eterno.
    Luzes para quê?
    Lindo.
    Tenha um dia de paz!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  11. GUAU... UNA OBRA HERMOSAMENTE COLOREADA.
    BESOS

    ResponderExcluir
  12. Poema cheio de ternura e inspiração

    Gostei muito

    Cumprimentos
    *******************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  13. Querida Marilene é com imensa alegria que estou retornando hoje aos blogs, já estava com saudades mas o tempo foi necessário para colocar a vida no lugar rsrs, te ler é sempre um prazer e uma inspiração! Bjossss

    ResponderExcluir
  14. Oi mana,

    Um poema regado a romantismo e doce sensualidade nessa entrega 'nada solene'.
    Muito lindo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Olá,Marilene
    Satisfação e meu carinho em revê-la... e muito obrigado pela sua gentileza , carinho e apoio !
    Linda noite de amor!
    penso que quando há amor , essa ou aquela ou outra noite. Nunca poderia ter um fim .
    vim agradecer pelo carinho e força, muito obrigado,belo dia,beijos!

    ResponderExcluir
  16. Ai, o amor, o amor, vestido de tantas roupagens e outros tantos mistérios... será sempre amor.

    BJ

    Olinda

    ResponderExcluir
  17. Querida Marilene!

    Fiquei ausente, resolvendo problemas pendentes, entre outros. Esquecer de vc não faz parte da eterna amizade e carinho que tenho por ti.

    Poesia tão linda, o Amor pode ser na noite de lua cheia, de Sol dourado e vc escreveu lindamente com um toque de romantismo e sensualidade,

    Deixo aqui meu carinho ,e uma boa noite.
    Beijos
    Nati

    ResponderExcluir
  18. Que fiquem os amantes assim suspensos aos versos da poetisa que não deixam de encantar…
    Parabéns, Marilene! :)
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  19. Desejo-te muita paz e que deus te proteja sempre em todos os dias da tua vida,tudo de bom para ti. Muitos beijinhos e até breve!! http://musiquinhasdajoaninha2.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  20. Doce e gostosa escuridão, solidão, só se for assim.. a dois. O mundo fica pra depois. Ainda rimei sem querer rs rs. Beijos

    ResponderExcluir
  21. OI MARILENE!
    ATÉ A NATUREZA CONSPIRA E RETARDA O DIA, POR MAIS ALGUNS MOMENTOS DE AMOR...
    LINDO TEU TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Nossa!!! Você se superou mesmo!!! Que versos lindos!!!
    O amor e a intimidade combina mais com a noite, (no escurinho do cinema...), como dizia a música...

    Beijos e bom carnaval!

    ResponderExcluir
  23. Lindo, Marilene! Estou encantada!
    Beijos e bom feriado,
    Renata

    ResponderExcluir
  24. Os toques de amor não precisam de luz...
    Um magnífico poema.
    Gostei das tuas palavras.
    Marilene, tem um bom fim de semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Vim desejar um final de semana cheio
    de muita alegria, um bom carnaval se gostar, bom feriado
    e uma semana repleta de realizações
    Um abraço com meu carinho de sempre

    Bjuss de agradecimentos

    •°*”˜˜”*°•.ƸӜƷ ✶*¸.•*´✶♥ Rita!!

    ResponderExcluir
  26. Nem os mais poderosos holofotes podem contra um toque de amor,que faz cada instante eterno.
    Muito lindo Marilene.
    Abraços e bom sábado e domingo com alegrias.
    Beijo de paz e luz.

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Lindo! Estrelas mudam de lugar; chegam mais perto só pra ver. E ainda brilham de manhã, depois do nosso adormecer. E na grandeza deste instante o amor cavalga sem saber; E na beleza desta hora
    O sol espera pra nascer". (Roberto Carlos).

    ResponderExcluir


  29. No hay que tener miedo de hacer lo imposible,
    aún cuando los demás no piensen
    que lo podremos lograr.

    Recordemos que la historia está repleta
    de logros increíbles alcanzados
    por aquellos que fueron lo suficiente decididos,
    para creer en sí mismos.

    Un abrazo de sencillas flores
    Para finalizar la semana
    Con aromas de primavera…

    Atte.
    María Del Carmen


    ResponderExcluir
  30. Lindo poema e maravilhosa imagem. Gostei muito.
    Desejo amiga que esteja bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  31. A noite escreve palavras
    Com escrita tão serena
    Como aquelas que tu lavras
    No papel, com tua pena.


    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudade imensa de encontrar em meu espaço os seus versos. Obrigada, poeta querido. Bjs.

      Excluir
  32. O amor sempre inspira, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  33. Querida amiga


    Quem passa
    pela vida e encontra o amor,
    encontra também para sua vida,
    o mais verdadeiro dos sentidos...


    Que o amor nos vista a vida.

    ResponderExcluir
  34. Oi Marilene minha querida


    Lindo demais o poema...
    Realmente tem momentos em que a luz não se faz necessária...

    Se você curte o Carnaval, aproveita bastante e caia na folia.
    Se você não curte muito, aproveita o feriadão para ficar juntinho das pessoas que você gosta...

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  35. Só depois. Só muito tempo depois, acendam as luzes do dia...

    Lindo!!!!!

    Beijokas,

    Nel

    ResponderExcluir
  36. Obrigada amiga pelas suas visitas, inclusivé no meu sinfoniaesol. Sim o Nilson me cede a sua
    poesia e eu de vez em quando abuso.Tem razão não está nada fácil na Croácia.Um beijinho
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  37. Sabe, amiga, para as novas gerações, parece que já isso importa pouco...
    Beijinho para si!

    ResponderExcluir
  38. Que assim seja querida amiga!
    Maravilha de poema!
    Bjs

    ResponderExcluir
  39. Minha querida

    Que o luar ilumine essas noites. sempre maravilhoso.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  40. Pra que acender as luzes do dia, quanto mais se demorar melhor...lindo demais querida Marilene.
    Um beijo em seu coração.

    ResponderExcluir
  41. Seres amados e amantes tem luz própria, emitida pelo fogo e brilho da paixão. Pra que o sol ou a lua? Quem ama tem luz própria.
    Abraço, Marilene.

    ResponderExcluir
  42. Lindo o seu poema!
    Que a paixão permaneça sempre viva em nossos corações,amiga!
    bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...