29 de setembro de 2014

MOMENTO NO TEMPO

(foto pessoal)
                                                           
                                                      
                                                                   
                                                                                      
          Se existe um tempo
          Ao qual me prendo, é esse,
          No qual feliz e em paz
          Olho-o a dormir, 
          Tranquilamente.
          Em minha mente
          Vagam  lembranças
          Que ainda são presença
          Na emoção que insiste em ficar,
          E que passeia leve 
          Pelo meu pensar

          Momentos nossos
          De intenso amor  
          Que abraço,
          Sem os querer deixar.
          Outros virão, por certo,
          Num amanhã diverso,
          Mas nesse tempo
          Em que o observo
          E sonha dormindo,
          Fico eu, desperta,
          A me entregar ao voo
          Dos sentimentos,
          Com a alma liberta

             Morfeu que espere ...
          É sempre o agora
          A verdadeira hora
          Pra me alegrar


                                            Marilene



42 comentários:

  1. O tempo é o hoje, o agora... sempre. Parabéns pelo lindo poema. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo poema minha amiga Marilene, o agora é o que importa, Morfeu, o deus grego dos sonhos, que espere não é mesmo? Adoro mitologia, conheço todos os deuses, assim vivo com meus pés no chão, mas quando quero vou de livre vontade ao mundo rico dos mitos!
    Minha linda amiga, é mágico poder estar no "aqui e agora", usufruímos de cada momento, a vida fica muito melhor, poder comer um alimento delicioso bem devagar, saboreando, sentindo esse maravilhoso prazer, pois é assim que me dou cada instante que é meu, isso é sim possível, não importa a que ritmo anda o mundo, podemos sim e como podemos viver bem!
    Amei ler!
    Abraços bem apertados!

    ResponderExcluir
  3. Quando vemos a pessoa que amamos dormindo qual criança em toda a pureza, sentimo-nos
    guardiães do embalo dos seus sonhos. São momentos que preenchem a vida como doce música. É neles que bebemos a água que nos tira a sede e nos prepara na grande caminhada.

    Belo poema, cara Marilene. Parabéns.

    Beijos

    Olinda

    ResponderExcluir
  4. Olá mana,

    Não devemos protelar momentos que nos fazem felizes. Agora será sempre o momento certo para desfrutar o que nos preenche alma e coração. No caso, Morfeu que espere-rsrs.
    Lindo o poema.
    Também lindas e significativas as palavras inseridas no cartão. Ressalto: "... o agora, o hoje, contém nossa mais preciosa opção de felicidade."

    Beijão.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo, Marilene!
    Acho que (ontem pensava sobre isso) existem sempre mais coisas para nos deixar alegres do que para nos destruir e entristecer. Basta no quê focamos.

    ResponderExcluir
  6. É bom pensarmos, que, com o passar do tempo, mudamos os pensamentos, evoluímos, e, quando, percebemos, somos outros, numa busca incessante da evolução espiritual. O bom dessa evolução é que aprendemos a compreender o ser humano ao evoluir nessa missão que Deus dá a cada um em sua vida. Todos mudamos. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  7. Oi Marilene

    E quem disse que o ontem não pode alegrar o agora? Desde que não se esqueça do agora o ontem pode ser uma boa fonte.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Belíssimo!... Foste clara: que Morfeu espere, o mais importante é que sejas feliz...

    ResponderExcluir
  9. O nosso aparente dormir, é sonho, é vida, é recordação...
    Logo, acordados para viver os sonhos e adormecer de cansaço: nós e o Morfeu.
    Magnífico, Marilene

    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  10. A sua poesia é muito boa, já lhe disse várias vezes, minha amiga. Eu não sou crítica
    literária, leio uma poesia e ou gosto ou não gosto. Mas gosto sempre da sua.
    Desejo que se encontre bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  11. Um PRESENTE lindo este teu poema .
    Eternizou o momento na sua poesia.

    beijinho

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde Marilene,
    Só temos 'o agora',
    o momento seguinte não nos pertence.
    Muito bonito seu poema!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  13. Olá, querida Marilene
    Viver o presente é sempre de grande sabedoria...
    Morfeu que espere... rs...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  14. Marilene, muito boa noite poetisa!!
    Ah, faz tempo que eu não vinha ao seu blog de poesias e ele está lindo com rosas e flores pérolas!
    Ficou liiindo! Deu uma suavidade peculiar!
    Exatamente como a sua poesia, linda, leve, suave...
    Deixemos a noite para aproveitar, para vibrar!!
    Para que pensar no futuro?
    O presente é a chave de tudo..
    E que o deus dos sonhos espere... haverá outra oportunidade para ele...
    O que importa agora é ser feliz de verdade!!

    Perfeita para uma linda noite de sonhos...
    Terei eu, com certeza, depois de ter lido e apreciado tanta beleza!
    Beijinhos e uma semana maravilhosa amiga!! ♥

    ResponderExcluir
  15. Olá minha amiga! Sabe eu acho que nos temos que viver o presente... o futuro que venha e o passado não há nada que façamos poderá mudá-lo. Então... Vamos viver!

    ResponderExcluir
  16. Boa noite, Marilene.
    Viver a presença do amor no hoje, no tempo agora, que lindo isso, onde as lembranças são detalhes e o amor uma grandiosidade.
    O tempo não tem nada a ver com a entrega.
    O futuro, nem nós sabemos, portanto, o melhor é amar e se entregar mesmo.
    Parabéns.
    Tenha um mês abençoado de Outubro.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  17. Pois Marilene, morfeu que espere, leia e releia, que acho maravilhoso poema romântico. Verdade que sempre fui e sou fã da tua poesia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Que lindo Marilene.
    O tempo é o agora e olho-o a dormir tranquilo na minha mente, a emoção fica e Morfeu que espere.
    Um encantamento.
    Beijos cheios de luz.

    ResponderExcluir
  19. Linda poesia! Creio que sempre o melhor momento é o aqui e agora.

    ResponderExcluir
  20. É sempre um momento mágico observar o ser amado dormindo... Senti-lo naquele abandono como se o nosso olhar estivesse ali a protegê-lo, como se o nosso amor estivesse a guiá-lo pelos recantos mais bonitos do mundo dos sonhos... E neste momento nos sentimos poderosas, pois estamos a cuidar do nosso amado... e não existe nada mais encantador do que sentir que ele adormece sem pudor e numa doce entrega, justamente por saber que estamos ali a cuidar para que o seu sono se faça num mundo de paz...
    Que belo poema criaste, minha amiga! Tens toda razão ao dizer que o importante é o momento presente, o agora, e viver este momento cuidando do ser amado no seu adormecer sereno nos faz plenas de vida, e que Morfeu se contente em apenas nos esperar para acolher nos seus braços, pelo tempo que nos aprouver.
    Nos sorrisos e nas estrelas, meu anjo, todo o meu carinho,
    Helena
    (http://helena.blogs.sapo.pt)

    ResponderExcluir
  21. OI MARILENE!
    O TEMPO "AGORA" É O QUE TEMOS, POIS O QUE PASSOU, FOI EMBORA E O QUE ESTÁ POR VIR, AINDA NÃO NOS PERTENCE.
    QUE LINDO ESTE OBSERVAR O SER AMADO A DORMIR, MUITO POÉTICO, AMEI.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Nossos momentos, nosso tempo. Cada um tem o seu.
    Bonito!

    ResponderExcluir
  23. O "Agora" ganhou ares de sofisticação, sedução e romance. Que belo poema Marilene. Pleno como só esta hora, no agora.
    bjs.

    ResponderExcluir
  24. Marilene, meu marido disse a frase certa do seu poetar: A poesia desta moça é gostosa de ouvir, faz bem aos ouvidos e eu completei e bem ao coração.(Declamei para ele).
    Beijinhos no coração poetisa linda.

    ResponderExcluir
  25. Olá querida Marilene, passei para lhe
    dar meus parabéns, por mais esta linda poesia!
    Abraço Fraterno em Cristo!
    Josélia

    ResponderExcluir
  26. TÚ TIENES GRANDES SENTIMIENTOS!!!!
    BESOS

    ResponderExcluir
  27. De facto não conseguimos fugir aos tempos da vida. Podemos e devemos encará-los como oportunidades de gizar outros rumos ou fazer deles momentos enriquecedores. O antes é sempre importante mas o agora é o que podemos abraçar com intensidade emocional, embora nem sempre o consigamos. Contudo, há que fazer um esforço, pois, à medida que o tempo avança, não podemos desperdiçar o agora...
    Gostei imenso de te ler, Marilene. Identifico-me neste teu poema...
    Meu beijo :)

    ResponderExcluir
  28. Perfeito Marilene, o tempo é agora, o lugar é este.
    Ser feliz pela simples mania de fé na vida.
    Lindo demais.
    Abraços e bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  29. Maravilhoso pensamento e lindo poema, Marilene. Ia até escolher um melhor, mas os dois estão tão bons que nem farei isso. Bjs e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  30. Ah, Marilene... imaginar a cena de ficar observando o homem amado ao lado me fez ter uma saudade incrível de quem amo... #issonaosefaz, kkkk. Estou sem palavras, sorry. É simples ser feliz quando estamos com a pessoa certa.
    Um abraço, ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  31. Marilene, tudo bem?
    Com saudades daqui, mas a vida tem me levado a muitos caminhos... e pouco tempo:)
    Impossível não me lembrar da clássica frase: "quem sabe faz a hora não espera acontecer".
    Mas é uma das citações mais certas nessa vida.

    Grande beijo e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  32. Olá, bom tudo, para você
    Neste dia de sábado, doado-nos graciosamente pelo Criador, estou cá, com o sentimento de amizade, respeito e alegria, à saudar-te.
    Viva, o dom da Vida.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  33. Amiga de novo aqui e deixo-lhe os votos de um bom fim de semana.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  34. Tempo é o momento real vivido, beijo Lisette,

    ResponderExcluir
  35. Lindo poema,parabéns!
    Aprendi a viver o HOJE, o tempo é HOJE!
    Depois de algumas perdas, não penso no AMANHÃ, só VIVO o HOJE e AGORA!
    bjus e bom final de semana,querida!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  36. Que lindas flores brancas.

    Me perdi ao ler-te e apreciar a delicadeza de tua casa.

    Gosto muito de tudo por aqui.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  37. Não podemos esperar nem adiar a felicidade.LINDO!! bjs, chica

    ResponderExcluir
  38. Verdade, Marilene. Do passado, o aprendizado e as boas recordações. Do futuro, quem o saberá? O que vale mesmo é cultivar a vida de agora, o amor, o amor!

    Poema lindo.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  39. Enquanto uns vivem no passado e outro sonham com o futuro você vive aqui e agora...Lindo isto!
    É no aqui e agora que as coisas acontecem...


    Bjusssssss

    ResponderExcluir
  40. Oi querida Marilene, vim lhe desejar um ótimo final de semana, beijos e fique com Deus!!

    ResponderExcluir
  41. Lindo poema,Marilene!
    Concordo com você,amiga!O HOJE e o AGORA que me importa e que vivo intensamente!
    Bjus e bom final de semana!
    feliz dia das crianças!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...