20 de abril de 2015

DENTRO DOS OLHOS

(Nik Helbig)

              


                           Há primavera
                           Dentro desses olhos
                           Que não consigo
                           Parar de fitar.
                           Há muito tempo
                           Rastreava tal perfume
                           Sem contudo poder,
                           Ainda que em louco sonho,
                           Imaginar,
                           Que ele habitava
                           O interior de um olhar

                           Banho-me nele, enternecida.
                           Descubro, agora,
                           A origem das flores,
                           A completude do ser,
                           A honesta verdade
                           Do amor e da vida
                           Que tanto busquei conhecer ...
                           Gotas de água cristalina
                           Já começam a descer


                                                  Marilene




35 comentários:

  1. Um belo olhar primaveril, gostei do poema.
    Um abraço.
    Uma boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Lindo encontrar primavera no olhar e de emoção, lágrimas tendem a rolar... Linda semana, beijos, tuuuuuuuuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Um olhar regenerador, complexo e delicado que encontra o caminho direto para a alma.
    O meu abraço,
    Jorge

    ResponderExcluir
  4. Olá, Marilene.
    Quando se encontra a primavera num outro olhar não se deve, jamais, abandoná-lo, é certo!
    Há que saber desfrutar da sorte que a vida oferece ;)
    bjn amg

    ResponderExcluir
  5. Nas gotas de agua cristalina moram as emoções,
    que somente pela sensibilidade pode-se sentir,ver, tocar.
    Lindo voo Marilene.
    Uma linda semana de paz e luz e inspirações afloradas.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. A primavera é linda, principalmente quando se encontra num outro olhar. Bela poesia. Um abraço, Élys;

    ResponderExcluir
  7. um olhar primaveril e apaixonado.
    o amor anda no ar.
    muito belo e terno!
    :)

    ResponderExcluir
  8. Os olhos são o espelho da alma e este olhar é o de uma alma apaixonada.
    Lindo poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  9. Oi Marilene! Como está?
    É maravilhoso e até incompreensível a capacidade do ver além do olhar. Somente acompanhado de sensibilidade é que esse simples gesto, tão corriqueiro, se torna o perscrutador da beleza verdadeira.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  10. A força de um olhar quando nos atinge o coração.
    Abraço

    ResponderExcluir
  11. Lindo! "Os olhos são o espelho da alma"...
    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. OI MARILENE!
    NOS OLHOS, AS ALMAS.
    QUE LINDO AMIGA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Lindo, Marilene! Penso que a conexão começa pelos olhos, são magnéticos. Pelos olhos de quem amamos vemos sentimentos, estações, vemos o sol e a lua, enfim, vemos vida. Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Quando os olhos de alguém nos fazem sentir assim, a poesia e a magia acontece.
    Amiga Marilene, brindou-nos com mais um belo poema de amor e também lhe dou os parabéns pela escolha da tela.

    beijinho com carinho e amizade

    ResponderExcluir
  15. Dizer que há primavera no olhar do outro, já tudo fica dito. Abençoado o olhar que nele vê toda a beleza que esta estação nos traz. É o bastante para provocar emoção...
    (Esqueço-me de parabenizar as escolhas das imagens, mas já sabes que são sempre felizes.)
    BJO, querida Marilene :)

    ResponderExcluir
  16. Lindo minha amiga! Você sabe agrupar as palavras! Parabéns, como sempre!

    ResponderExcluir
  17. Os olhos dizem tanto!
    Um lindo versar, Marilene! Lindo mesmo!

    Uma linda noite!

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Boa noite, Marilene.
    Essa descoberta da sensação, do amor, e emoção aflorada pelo olhar, chamando-se amor, de fato, condiz com a verdade de vida que gostaríamos num tempo de viver e não pudemos, mas que manifesta-se para nós na oportunidade que temos.
    Muito bonito.
    Tenha uma semana de paz.
    Beijos na alma.

    http://refugio-origens.blogspot.com.br/2015/04/repouso-by-patricia-pinna.html

    http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/2015/04/a-mais-intensa-dor.html

    ResponderExcluir
  19. Lindo olhar que encontro magnífico no olhar!
    Amei querida Marilene, já estava com saudades do seu poetar.
    Grande beijo no coração cara amiga.

    ResponderExcluir
  20. Boa noite Marilene,
    Nem todos os olhares possuem
    primavera. Estes certamente são pra lá de especiais...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  21. Marilene, mais um poema para entrar pra lista dos mais sensíveis. Lindo demais. Bjs e bom restinho de semana.

    ResponderExcluir
  22. Que linda sensibilidade deste encontro desejado por todos. bjs

    ResponderExcluir
  23. Descobrir a origem das flores no olhar de alguém... Que ideia linda!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  24. De um verdadeiro encontro diversa é a maneira do nosso transpirar.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  25. Confesso que já sentia saudades deste belo poetar!
    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Seu poetizar continua lindo Marilene!
    Primavera dentro dos olhos, romântico por demais!
    Parabéns querida!
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Que romântico, mana!
    Há olhares que magnetizam, mas ver neles uma Primavera é lindo demais.
    O poema é um encanto.
    Parabéns!

    Beijão.

    ResponderExcluir
  28. O regresso do bom tempo, o renascer da vida, com flores e fruto, o perfume que inunda a natureza, a vinda das andorinhas, o chilrear os passarinhos...huuum como é bom ver isto tudo no olhar de alguém. E conseguiu fazer-nos reviver estas benesses através das suas palavras, de uma forma maravilhosa!

    Obrigada, cara Marilene. :)

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
  29. Já de volta, feliz com suas idas ao Cadinho.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  30. Uma construção imagética belíssima:
    "Há primavera dentro desses olhos que não consigo parar de fitar."
    Como é belo o caminho do olhar, neste caminho encontra-se
    a verdade das palavras...
    Bjo, querida Marilene.

    ResponderExcluir
  31. Que lindo, entre tantas atrocidades e vergonhas na vida brasileira, nada mal poder ver flores, primavera através de um olhar. Estamos precisando muito de doçura, de verdades, de justiça, de honestidade... já que é impossível, vamos ler poesia, acrescenta bem mais do que olhar para essa dura e vergonhosa realidade.
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  32. Flores no olhar!! Que lindo, uma explosão de sensibilidade para dizer do amor verdadeiro, semente que não morreu. bjs.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...