13 de junho de 2015

DESEJO

(Karen Aghamyan )

                           
                                Não mais se contentam as mãos
                          Com dedos entrelaçados
                          Querem percorrer o corpo
                          Reduzindo, pouco a pouco,
                          Da distância a saudade

                          Não mais se contenta a boca
                          Com o delicado beijo no rosto
                          Quer, de novo, a liberdade
                          De pousar em cada canto
                          Que lhe chamar a vontade

                          Não mais se contenta o ouvido
                          Com o som de palavras doces
                          Quer o sussurro de outrora
                          A acordar a loucura
                          Que a mente segura, agora

                          Não mais se contenta o sangue
                          Com o morno de seu trajeto
                          Quer as veias percorrer sem lentidão
                          Fazendo do coração um bailarino
                          Incansável, pulsante e desgovernado,
                          Girando descompassado
                          Nos passos de uma paixão



                                                         Marilene





35 comentários:

  1. Uma paixão intensa que quer mais e mais, não apenas sussurros, palavras, pulsações... Linda poesia, mais uma vez,Marilene! Adorei! bjs, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Uau! Que delícia de poesia, que excitante paixão, bom demais!
    Parabéns pela linda inspiração Marilene.
    Um abraço e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  3. Linda poesia Marlene! Tudo que uma boa relação necessita!
    Beijos, tudo de bom!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  4. Marilene, sempre o coração pode bater de compassado, que seja sempre por bom presságio, como se deseja e o poema configura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Não mais se contenta a musa
    Em ser musa tão somente
    E de seu talento abusa
    Nesta poesia quente...

    Beijo, menina.

    ResponderExcluir
  6. Um poema intenso de amor e paixão.
    gostei muito!
    beijo
    :)

    ResponderExcluir
  7. Que grande paixão!
    Parabéns pelo bonito poema.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá mana,

    Que se cale a mente para que possam falar os sentidos. Que excitantes momentos sejam vividos, pois fazem parte do amor.
    Belíssimo!!

    Linda imagem.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  9. Todos os sentidos estão presentes quando se trata de uma verdadeira paixão.
    Um poema intenso que reflecte bem a sua sensibilidade amiga Marilene.

    Um beijinho com carinho

    ResponderExcluir
  10. Um amor ardendo no fogo da paixão.
    Um chamamento do corpo e da alma para
    cumprir um sentimento que congrega céus
    e terra na sua realização.

    Um poema belíssimo!

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
  11. SIEMPRE LINDAS TUS LETRAS!!!
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  12. O título é o resumo cabal do conteúdo: o afeto precisa de se externalizar no outro, juntando as peles do sentir... Um poema em crescendo na intensidade (mãos, boca, sedução, entrega).
    Parabéns!
    Bjo, Marilene :)

    ResponderExcluir
  13. Um poema onde o amor só se contenta com a paixão...
    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. A paixão é devoradora, incansável. Lindo. bjs

    ResponderExcluir
  15. A paixão é uma coisa assustadora! E como disse o eu lírico...nada é suficiente...
    Na paixão sempre queremos mais!!!

    Bjus

    ResponderExcluir
  16. Olá Marilene,
    Lindo poema que apresenta
    um erotismo sutil e refinado.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  17. Sempre que o Amor se manifesta, é pressuposto o desejo se intrometer.
    Um Poema que é um Cântico.
    Parabéns.


    Beijos



    SOL

    ResponderExcluir
  18. Oi Marilene,quanta sensualidade e delicadeza há em seus versos.
    Adorei.
    Bjs e um ótimo inicio de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  19. Um poema lindo!!

    Fiquei encantada com a construção poética no conteúdo, melodia e na forma
    delicada e sensual crescente do Desejo em sua dinâmica na paixão.
    A imagem sensacional que complementa o poema na sua profundidade
    e originalidade.
    Uma semana radiante, Marilene!
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  20. Uma paixão forte sempre quer mais e mais.
    Muito lindo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. A imagem é linda e o poema apaixonante.
    beijogrande

    ResponderExcluir
  22. Corpo e alma..inteiros na poesia!!!beijos a ti Marilena

    ResponderExcluir
  23. Quando é assim sinal de que o amor se faz pra lá de acordado.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  24. Belos momentos expressos em versos. Parabéns pela poesia e um abençoado dia.

    ResponderExcluir
  25. Belos momentos expressos em versos. Parabéns pela poesia e um abençoado dia.

    ResponderExcluir
  26. Um desejo quente e forte.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  27. Apaixonante! :)

    Vim deixar um beijo.

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  28. Bom dia, Marilene.
    Que lindos versos de amor, desejos que não querem ficar contidos, necessitam de voar e encontrar a essência da paixão, sem o medo que pode segurar-lhe os pés, amarrar suas mãos, bloquear os desejos do coração.
    Que venham todas as loucuras de amor, pois viver em liberdade é muito bom.
    Amei.
    Tenha um fim de semana.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  29. Bom dia, Marilene.
    Que lindos versos de amor, desejos que não querem ficar contidos, necessitam de voar e encontrar a essência da paixão, sem o medo que pode segurar-lhe os pés, amarrar suas mãos, bloquear os desejos do coração.
    Que venham todas as loucuras de amor, pois viver em liberdade é muito bom.
    Amei.
    Tenha um fim de semana.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  30. Marilene, minha linda e tão doce amiga, quisera ter um tempo maior para comentar cada postagem que ainda não tinha visto. No entanto, inexistem os comentários para cada, mas acredite que não me furtei de ler cada um dos teus belos poemas e de admirar cada imagem que tu sabes, como ninguém, associar a cada um deles. Fiquei simplesmente encantada com este de agora, onde falas das sensações afloradas quando a ternura/paixão/amor se fazem presentes na relação e provocam essa torrente muitas vezes desordenadas no DESEJO.
    Terno e envolvente o poema QUANDO ME ABRAÇA...
    O poema TEMPESTADE e também o E NOS CURVAMOS PELOS CAMINHOS possuem um ritmo tão gostoso de se ler, um cadenciamento que se torna música aos ouvidos.
    Enfim, meu anjo, amei este tempinho para atualizar a leitura das tuas publicações, mesmo impedida de comentários mais extensos.
    Quero agradecer o carinho de sempre no meu espaço, deixando um punhado de estrelas para brincar no teu olhar e milhares de sorrisos para enfeitar os teus caminhos, no carinho de sempre,
    Helena

    ResponderExcluir
  31. OI MARILENE!
    LINDOS TEUS VERSOS.
    VERDADEIRA VIAGEM DO DESEJO, INUNDANDO CORPO E SENTIDOS, RUMO AO AMOR.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Belos e sensuais versos, Marilene.
    Quando o desejo aflora, ele não se contenta com pouco. Quer sempre mais... Suga da paixão toda a intensidade.

    Otima semaninha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Paixão maravilhosa, beijo Lisette.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...